Substrato para aquário: qual o melhor?

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:
peixes de aquário nadando juntos

O substrato para aquário é aquele material utilizado no fundo do habitat dos peixes. Além da função estética de deixar tudo mais bonito, ele também tem papéis muito importantes para o equilíbrio do ecossistema e para a vida dos animais.

No geral, podemos dividir os substratos para aquarismo em quatro tipos. Continue a leitura, conheça cada um deles e aprenda tudo sobre o tema!

Tipos de substrato de aquarismo

Existem quatro principais tipos de substrato para aquário. Os mais comuns são cascalho, seixo, pedriscos, areia ou mesmo compostos orgânicos. Este último é chamado substrato fértil.

O substrato fértil para aquário é aquele que possibilita a utilização de plantas naturais. Ele fornece uma base que torna possível o cultivo e ainda ajuda a regular o pH da água. Ele pode ser de diversos materiais.

As pedras-cascalho de quartzo, por exemplo, ajudam a manter o pH da água e permitem que plantas sejam fixadas, bem como itens de decoração. Sua variedade torna-o muito apreciado, já que ele é muito usado também como decoração.

A areia para aquário é outro substrato fértil, ou seja, onde plantas podem ser cultivadas. Mais fino do que as pedrinhas de quartzo, ele colabora para evitar o surgimento de algas. Também é uma ótima opção para aquários com peixes que gostam de se enterrar.

Outro tipo muito popular é o quartzo ralado, que é semelhante ao cascalho, mas sua aparência é mais parecida com a areia. Ele também mantém o pH e é útil para fixar plantas.

Além dos substratos férteis, existem os inertes. Eles são ótimos para fixar acessórios. Os substratos férteis são utilizados em aquários plantados, pois oferecem nutrientes para o desenvolvimento das plantas. Alguns desses substratos podem exigir o uso de uma camada inerte, ou seja, não-fértil, por cima, separando-o diretamente da água. Neste caso, é possível usar cascalho ou pedriscos, por exemplo.

Qual é o melhor substrato para aquário?

Aquarismo_blog_cobasi

A escolha do substrato deve ser feita de acordo com o seu espaço, gostos pessoais e as necessidades específicas de cada espécie de peixe do seu aquário. O primeiro passo para montar um aquário é definir quem serão os seus habitantes. A partir daí você escolherá o tamanho do espaço, os acessórios e, é claro, o substrato para aquário.

O melhor substrato para aquário é sempre aquele que reproduz o habitat dos peixes, oferecendo um ambiente equilibrado e saudável. Isso depende principalmente das espécies.

Muitas vezes, o melhor substrato é a combinação de vários tipos. Para alguns peixes, é importante usar uma camada inerte para cobrir a camada de substrato fértil.

Antes de escolher qualquer o seu substrato, verifique a indicação do fabricante e peça informação a nossos especialistas em aquarismo em nossas lojas!

Quanto de substrato colocar no aquário?

Uma dúvida muito comum é qual a quantidade de substrato para aquário ideal. Por via de regra, evite exagerar para não tirar a área dos peixes. Mas em aquários que possuem somente peixes, a média é de 3 a 5 centímetros de substrato. Caso o aquário também tenha plantas, um volume maior de substrato pode ser utilizado.

E não é só colocar as pedrinhas e pronto! Para que o layout do seu aquário fique harmonioso, é recomendado que o substrato seja disposto em uma camada menor na parte frontal e maior na parte posterior. Esta inclinação favorece a visualização da decoração do aquário. Boa dica, não é mesmo?!

Para que serve o substrato para aquário?

O cascalho e os pedriscos possuem diversas funções que influenciam nos habitantes do aquário. O substrato para aquário vai muito além de uma decoração bonita!

É esse item que abriga parte da microbiota responsável pelo ciclo do nitrogênio e influencia diretamente no pH da água. Tudo isso impacta na qualidade de vida e na saúde dos peixes.

A escolha do substrato também tem função estética, deixando-o mais natural ou mais artificial de acordo com a sua escolha.

Gostou do conteúdo? Confira outros posts sobre aquarismo:

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário