Tapete Higiênico: seu guia completo

31 de março de 2020

Cachorros
Cachorro fez xixi no tapete higiênico

O tapete higiênico é uma verdadeira ferramenta para auxiliar os tutores na educação e no treinamento de seu cãozinho. Eleito pela maioria deles como um artigo fundamental para manter a casa limpa e organizada, a fralda ou o tapetinho são ideais para aqueles que dispõem de um espaço mais restrito para seu cão utilizar como “toillete”. Continue a leitura e saiba tudo sobre o tapete higiênico.

O que é tapete higiênico?

O tapete higiênico é um produto muito parecido com uma fralda. Ele possui uma área gel absorvente e é revestido de material plástico na parte inferior para evitar que resíduos sujem o piso. O tamanho das bordas varia de acordo com o fabricante e elas servem para ampliar seu espaço.

Algumas marcas ainda possuem adesivos para fixar o tapete e impedir que o cachorro leve ele por aí. O tamanho e aditivos com neutralizador de odores, perfumes e educadores higiênicos também variam de acordo com o modelo e a marca.

Benefícios do tapete higiênico

Os tapetes higiênicos oferecem muitos benefícios e entre os mais elogiados está o controle de odores. As tecnologias são diferentes de acordo com a marca e algumas são mais eficientes neste quesito. Se o odor da urina do seu cachorro é forte, temos uma boa dica para ajudar você a escolher uma opção de tapetinho com neutralizador de odores mais potente. Normalmente, tapetes mais grossos com mais gel absorvente possuem um controle maior de odores porque a urina é absorvida mais rapidamente. 

Outro benefício do tapete higiênico é que seu pet não suja as patinhas com a urina. O alto poder de absorção do tapete sanitário também limpa as patas do cachorro. Alguns ainda possuem sistema de ranhuras, que também auxiliam na absorção, principalmente quando a urina tem um volume maior.

Tanto o tapete higiênico descartável quanto o lavável podem ser utilizados diversas vezes. No caso do primeiro, o tutor precisa substituir por um novo e no segundo caso, fazer a higienização. Diferentemente do uso dos antigos jornais, quando a troca geralmente era feita a cada uso. 

Em muitos casos, a troca da fraldinha pode ser feita com intervalos de até 2 dias. O que influencia neste intervalo é a frequência e volume da urina, o que será relativo ao porte, idade e saúde do cãozinho.

A maioria dos tapetes higiênicos possuem o que chamamos de atrativo canino, que nada mais é do que um odor característico similar ao da urina do cão, “convidando-o” a utilizar o item. Assim fica muito mais treinar seu pet para o uso do tapetinho.

O que é melhor jornal ou tapete higiênico?

Enquanto algumas pessoas se lembram como era usar o jornal velho para o pet fazer as necessidades, outras não conseguem sequer pensar sobre isso. A prática era muito comum, mas com a redução nas tiragens de periódicos impressos e o surgimento do tapete higiênico, ela é cada dia mais rara.

O tapetinho higiênico substituiu o jornal, pois oferece muitas vantagens. Enquanto o jornal só absorve pequenas quantidades de urina, o tapete higiênico tem um grande poder de absorção. Com o jornal, o chão ficava molhado de xixi e manchado com tinta. O tapete protege o piso. Também era comum encontrar pegadas pela casa de patinhas com uma mistura de urina e tinta. A fraldinha mantém a pata do cachorro limpa.

Outro fator incomodava bastante os adeptos do jornal: o odor da urina. Por isso, os tutores eram obrigados a substituir o item diversas vezes ao dia. Por fim, cachorros brincalhões adoravam picar o jornal e fazer uma verdadeira bagunça pela casa. O adesivo existente no tapete higiênico dificulta esta arte.

Mas, o jornal não tem nenhum benefício? Se você lê jornal todos os dias, ele não tem custo nenhum. Se você prefere investir no custo-benefício, aproveites os descontos em tapete higiênico na Cobasi.

Como ensinar o cachorro a fazer as necessidades no tapete higiênico?

os tapetes higiênicos possuem atrativos que ajudam a direcionar o cachorro na hora de fazer as necessidades. Independente disso, a participação dos tutores é fundamental, principalmente quando nos referimos aos filhotes. Quanto maior a dedicação no processo de educação, maior a chance de sucesso e de alegria e satisfação para toda família.

Diferente do que muitas pessoas pensam, os tapetes podem ser utilizados por todos os cães, independentemente de idade ou porte, e não somente por filhotes.

Para ajudar você a ensinar a usar o tapete higiênico, a médica veterinária Talita Michelucci separou dicas incríveis. Confira!

Dica 1: Reforço positivo

filhote faz xixi no tapete higiênico

O cachorro utilizará o tapete principalmente em alguns momentos do dia, como ao acordar, alguns minutinhos após as refeições e quando ficar eufórico ou feliz.

Nestes casos e sempre que ele fizer as necessidades no tapete higiênico, lembre-se de recompensá-lo. Pode ser com um petisco, um carinho ou até uma brincadeira. O reforço positivo será um dos melhores aliados no aprendizado.  E o melhor é que a recompensa pode ser feita por qualquer pessoa da casa, fazendo com que a interação entre a família e o cão seja muito positiva.  

Dica 2: Escolha bem o local

Lembre-se de colocar o tapete higiênico distante do local de dormir (caminha ou casinha) e do local de alimentação (comedouro e bebedouro), porém o suficientemente perto para que o cão tenha tempo de chegar ao quando sentir necessidade de usá-lo.

Nos casos de ambientes grandes onde o cãozinho muitas vezes se vê longe do tapete considere o uso de mais de um tapete em locais diferentes. Isso vale principalmente para os filhotes e durante a noite. Vale sempre oferecer meios para que o cão acerte e tenha chance de ser recompensado.

Dica 3: Escolha o tapete do tamanho adequado

Qual o melhor tapete higiênico? A escolha deve ser feita considerando algumas características do cão ou cães que moram na casa.  Vamos lá…

Apesar de pequeninos, os filhotes urinam com mais frequência do que os adultos. Já os cães idosos têm mais chances de ter algum desequilíbrio no funcionamento do trato urinário. O volume urinário de um cão adulto de porte grande é consideravelmente maior do que o de um adulto de porte mini ou pequeno…e assim por diante.

Por isso, quanto maior a área de absorção do tapete, mais urina ele suporta e maior será o intervalo entre as trocas. Para os cães de porte médio ou grande, os tapetes maiores são a melhor opção.

Dica 4: Use tapetes para filhotes

Mesmo sendo menores, os tapetes para filhotes são os mais adequados para os pequeninos. Eles estão na fase de educação e aprendizado, talvez os tapetes menores sejam uma boa opção pelo espaço que ocupam e pelo fato de estarem em vários locais diferentes.

São apenas sugestões, lembrando que cada caso é um caso, e que cada tutor identificará qual a melhor opção para seu cão e sua casa. 

Meu cachorro não usa o tapetinho. O que fazer?

xixi no tapete

Alguns cães apresentam o comportamento de fazer xixi e coco em locais indesejados pelos seus tutores. Nestes casos, o uso de produtos que auxiliem ele a “desaprender” é importante.  Os eliminadores de odor são ótimas opções. Estes têm como função neutralizar o odor da urina. Sugere-se, portanto, que sejam utilizados onde o cão urinou e o tutor não quer que ele repita este comportamento. Lembrando que a limpeza prévia é fundamental.

Outro produto interessante nestes casos é o repelente de local. Ele tem um odor característico que faz que com que o cão não se sinta confortável e deixe de frequentar o espaço.

Um terceiro e tão importante quanto são os atrativos caninos. Estes possuem odor característicos e simulam o odor da urina, fazendo com que o cão seja atraído a utilizar o local. Apesar da maioria dos tapetes já possuir esse atrativo, muitas pessoas optam por reforçar o seu uso, dependendo do comportamento do cão.

Lembrando que os tapetes não são mágicos e que a participação da família é fundamental para ensinar e reforçar as boas atitudes e comportamento do cão. Então aproveite o tempo da família junto com seu pet! Será importante e gratificante para todos!

Informações: Talita Michelucci, Médica Veterinária da equipe de Educação Corporativa da Cobasi

Gostou do conteúdo? Confira outros posts com dicas para cuidar ainda melhor do seu pet: