Tartaruga Tigre d’Água: aprenda tudo sobre ela

Compartilhar:


tartaruga tigre d'agua

A tartaruga Tigre d’Água é uma das opções preferidas de quem quer ter um pet exótico em casa. Esse réptil cheio de charme é fácil de cuidar e pode viver até os 100 anos! Se você achou que as curiosidades sobre ela param por aqui, vamos contar só mais uma: o Tigre d’Água não é uma tartaruga!

Continue a leitura e saiba mais sobre este fantástico animal!

Tigre d’água não é tartaruga

O Tigre D’água tem carapaça, gosta de nadar, é um réptil e se movimenta bem devagarinho. Pode até parecer, mas esse bichinho não é uma tartaruga! Antes de conhecer os cuidados com esse pet, vamos entender a diferença entre as tartarugas, os cágados e os jabutis?

Essas três classes de animais pertencem à ordem Testudinata. Ficou complicado? É mais provável que o nome quelônio seja mais conhecido! Ele se refere aos répteis que têm carapaça, uma das características mais marcantes da tartaruga Tigre d’Água. 

Porém as semelhanças param por aí! As tartarugas são répteis que vivem a maior parte do tempo sob a água e só saem para desovar ou se aquecer no sol. A famosa Tartaruga Marinha, como o próprio nome diz, é realmente uma tartaruga!

Já o que chamamos de tartaruga Tigre d’Água é na verdade um cágado. Esses quelônios tem por característica a vida semiaquática, ou seja, ele vivem tanto na terra, quanto na água. Por fim, os jabutis são caracterizados pela vida terrestre.

As tartarugas e os cágados possuem cascos mais leves que os ajudam a nadar com destreza, já a carapaça dos jabutis é mais alta e pesada. As patas são diferentes nos três tipos de quelônios, se adaptando à água ou ao meio terrestre.

Agora que você já sabe a diferença entre cada um, que tal conhecer mais sobre o cágado Tigre d’Água?

Tartaruga de aquário

Não tem jeito. O termo tartaruga é o mais usado para os répteis domésticos que criamos em aquários. Mas, como já aprendemos, tartarugas, cágados e jabutis são diferentes.

Isso muda tudo nos cuidados que cada um deles precisa. O Tigre d’Água, ou Trachemys dorbigni, a famosa tartaruga de aquário, precisa de um habitat que ofereça água, mas também local seco para repouso. Por isso, os tutores desses pets precisam ter um terrário especialmente desenvolvido para eles. Os chamados aquaterrários possuem água e uma plataforma para descanso. A temperatura deve ficar entre 23°C e 26°C, por isso, use um termostato para controle.

Além disso, não use o tamanho do filhote de Tigre d’Água como referência. A tartaruga de aquário cresce e muito podendo chegar a até 6 vezes seu tamanho quando filhote.

Cuidados com o Tigre d’Água

O aquaterrário da sua tartaruga Tigre d’Água precisa te ruma plataforma para descanso e também para o pet tomar sol por pelo menos 15 minutos ao dia. Os raios solares são muito importantes para esse réptil, já que necessitam dele para metabolizar a vitamina D e absorver o cálcio evitando raquitismo e doenças ósseas, comuns na espécie.

A alimentação é outro ponto muito importante nos cuidados com essa tartaruguinha de aquário. O ideal são as rações flutuantes próprias para a espécie. Além disso, eles adoram pequenos crustáceos desidratados chamados Gammarus.

Agora que você já sabe tudo sobre a Tigre d’Água, acesse o nosso site e encontre tudo para esse pet com os melhores descontos!

Quer saber mais sobre pets exóticos? Confira os nossos posts:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário