Vaso jardineira: Saiba 5 dicas de decoração

Compartilhar:


vaso jardineira

O vaso jardineira tem conquistado cada vez mais adeptos, graças aos diferentes benefícios que elas promovem no ambiente, entre eles, bom clima, ótima qualidade do ar e ainda espaços decorados e mais próximos da natureza. Ainda não sabe como contar com as jardineiras para a decoração do seu ambiente? Vamos te dar 5 dicas!

Dica 1: Estilos de vaso jardineira

A jardineira é um estilo de vaso retangular que pode ser encontrado em diferentes tamanhos e profundidade. Graças ao seu modelo, elas podem ser utilizadas na plantação de milhares de espécies, sempre garantindo às mudas um bom local para crescer.  Ao optar pela decoração com a jardineira, é indispensável escolher qual o modelo combina mais com o seu ambiente.

Elas podem ser encontradas com ampla variedade de acabamentos, materiais e cores, por exemplo, em madeira, plástico, cerâmica e entre outras. Por isso, a primeira dica é: escolha o seu modelo favorito.

Dica 2: Espécies para plantar no vaso jardineira

Tão importante quanto vaso em si, estão as plantas que serão cultivadas neles. A jardineira, como visto, possui uma infinidade de modelos com medidas variadas e, por isso, elas são ideais para inúmeros modelos de plantas. Para a sua decoração, o primeiro passo é compreender onde as jardineiras ficarão instaladas. Assim, é possível analisar a presença de luz do ambiente e, dessa forma, escolher as plantas ideais para o cultivo.

Se a sua decoração será na sala, por exemplo, procure por plantas de meia sombra. Isto é, aquelas que não precisam de contato direto com o sol e crescem bem em ambientes de luz indireta. Entre elas, por exemplo, estão:

  • Espada de São Jorge;
  • Samambaia;
  • Jibóia;
  • Véu de Noiva;
  • Zamioculcas;
  • Lírio da paz.

Se a sua jardineira, porém, for utilizada na criação de um jardim suspenso, escolha plantas que crescem em cascata. Isso deixará seu jardim ainda mais bonito.

Dica 3: onde instalar a jardineira?

vaso jardineira

As jardineiras podem ser utilizadas em diversos locais. Isso porque, esse estilo de vaso é bastante versátil e seu formato retangular possibilita um bom encaixe nos cantos. Se utilizado para a plantação de mudas solares, por exemplo, as varandas podem ser ideais. No entanto, caso elas sejam utilizadas para a plantação de temperos, que tal um espaço na cozinha?

Dica 4: Estrutura

Na criação de jardins verticais, por exemplo, as jardineiras são peças-chave. É importante considerar neste caso, quais as estruturas utilizadas para que a instalação seja segura. É comum que na criação desses jardins, sejam utilizadas prateleiras, pallets ou estantes – o que deixa o jardim vertical ainda mais bonito e preparado para a instalação de diversas plantas.  Esse formato é indicado também para quem tem pouco espaço ou ainda precisa manter as plantinhas longe de crianças e pets. 

Dica 5: qual formato escolher

Ainda pensando na jardineira para a criação de um jardim suspenso, você pode pensar em estilos variados para a sua casa, que vão de encontro com a sua decoração. Já pensou em um jardim na vertical? Eles são ótimos, por exemplo, para o cultivo de plantas como samambaias. Já se você preferir um jardim suspenso horizontal, procure plantas volumosas, que crescem para cima ou ainda as espécies que dão flor.

Gostou desse post? Leia mais sobre em nosso blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário