Vitória-régia: conheça mais sobre essa planta única

Compartilhar:


Vitória-régia: conheça mais sobre essa planta única

A vitória-régia é uma das plantas mais diferentes e lindas do mundo. Símbolo da região amazônica, recebeu esse nome em homenagem à Rainha Vitória quando os ingleses que vieram em expedição ao nosso país levaram sementes para os jardins do palácio britânico.

A enorme folha da vitória-régia flutua delicadamente na superfície da água. O que mais impressiona é o seu tamanho, que pode chegar a 2,5 metros de diâmetro. Uma planta desse porte consegue suportar até 45 quilos de peso sobre a sua superfície.

A vitória-régia tem o formato de uma grande bandeja redonda. A superfície plana e de cor verde é emoldurada por uma borda alta perfeita, que deixa ver um pouco das cores da parte de baixo. Os tons misturam um verde bem claro com o púrpura na parte da planta que fica em contato diretamente com a água.

A vitória-régia é encontrada em rios e lagos da bacia amazônica e se tornou cartão postal da região norte do Brasil. Está presente também na Bolívia e nas Guianas.

Muitas vezes confundidos com tipos de vitória-régia, os outros nomes pelos quais a planta é conhecida são: milho-d’água, cará-d’água, apé, irupé (guarani), uapé, aguapé (tupi), aguapé-açu, iapunaque-uaupê, iaupê-jaçanã, jaçanã, nampé, forno-de-jaçanã, rainha-dos-lagos, forno, forno-de-jacaré e forno-d’água, .

Características e curiosidades da vitória-régia

Características e curiosidades da vitória-régia

Além de ter um visual único e muito marcante, a vitória-régia tem também um papel bastante importante na alimentação. A população nativa das áreas em que ela se encontra consome uma espécie de batata, que pode ser extraída do rizoma da planta (a raiz, que fica submersa), suas sementes tostadas e até suas folhas.

Não bastasse a beleza da planta em si, as flores vitória-régia também são lindíssimas. Elas se abrem nos meses de verão e duram apenas 48 horas. Sua cor inicial é o branco, que depois se transforma em rosa.

Assim como a planta, a flor da vitória-régia também é gigante: seu diâmetro pode chegar aos 30 centímetros. A chamada mini vitória-régia é a mesma planta, mas ainda em fase de crescimento e desenvolvimento.

Se você tem vontade de ter uma ou mais vitórias-régias no seu jardim, precisa de um lago com bastante espaço. A planta dispensa o uso de ferramentas de jardinagem, mas necessita de temperaturas a partir dos 20 ºC para sobreviver.

A lenda da vitória-régia

A lenda da vitória-régia

Existem algumas lendas que os indígenas contam para explicar a origem da vitória-régia. A mais conhecida delas fala sobre uma menina que teria se apaixonado pela lua e pelas estrelas, tentando de toda maneira se aproximar delas.

Um dia, em uma linda noite clara de lua cheia, a menina teria visto o reflexo das estrelas e da lua na superfície de um lago. Mergulhou e nadou o mais fundo que pode para tentar encontrar suas amadas, e acabou se afogando.

Jaci, que é como os indígenas chamam a lua, teria ficado com pena da menina e transformado-a na mais linda planta amazônica. Por isso, a bela flor da vitória-régia também só abre quando chega a noite, como se fosse uma estrela.

Lindo demais, não é? Que tal continuar sua leitura com a gente com outros artigos selecionados para você em nosso blog? Confira:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário