Aglaonema: você já ouviu falar dessa planta?

Por Cobasi

Compartilhar:
Aglaonema: você já ouviu falar dessa planta?

A planta aglaonema é uma representante incrível dos climas tropicais. Também conhecida como café-de-salão, é caracterizada por folhas verdes que podem ter manchinhas vermelhas ou cor de rosa.

Além de ser linda, a aglaonema também é muito resistente: fácil de cuidar e muito versátil no que diz respeito à necessidade de iluminação e até mesmo de água, é uma ótima opção para quem quer dar início a um cantinho verde em casa mas não tem muita experiência no cultivo de plantas.

A única exigência que ela faz é com a ventilação: os ambientes precisam ser bem arejados, com constante renovação de ar natural.

Vem com a gente conhecer melhor os tipos de aglaonema e se apaixonar por essa plantinha.

Características da aglaonema

Características da aglaonema

O que difere um tipo de aglaonema do outro é, basicamente, as características das folhas. A mais comum tem as folhas totalmente verdes, mas é possível encontrar aglaonema vermelha, aglaonema rosa e a chamada aglaonema lawan, que se parece bastante com a rosa mas tem tons mais suaves da cor.

A verdade é que todas são lindas! Você pode escolher vasos de diferentes tamanhos, uma terra de boa qualidade e iniciar o cultivo em casa. Mesmo que você more em apartamento e que não haja uma grande incidência de luz solar, é possível ter essa plantinha em casa sem maiores dificuldades. Que tal uma de cada cor?

Inclusive, a aglaonema vermelha é praticamente um símbolo natalino. Você pode dispor algumas na sua casa como parte da decoração para as festas de fim de ano!

Aglaonema: como cuidar?

A aglaonema precisa de pouca coisa para se desenvolver bem. Um ambiente com luz indireta é ideal, além de regas cerca de duas vezes por semana. Você pode utilizar um pequeno spray para pulverizar água sobre as folhas, mas tome cuidado para não deixar a terra encharcada demais.

Outra dica importante é ficar de olho para remover folhas secas ou quebradas com auxílio de uma tesoura de jardinagem. Assim você permite que a plantinha tenha força para continuar crescendo sem competir pelo espaço disponível no vaso.

Caso você more em casa, também é possível cultivar a aglaonema diretamente no solo, em um cantinho do seu quintal ou jardim. Apenas lembre-se de escolher o local com cuidado para que não haja incidência direta do sol, especialmente nas horas mais quentes do dia.

Como fazer muda de aglaonema

Como fazer muda de aglaonema

Se você já tem uma plantinha dessa em casa e quer fazer o transplante para outro vaso, para si mesmo ou para presentear, o processo é bem simples.

Pegue a sua aglaonema e observe cuidadosamente qual é o caule principal e quais são os adjacentes. Quando encontrar esses filhotes, faça um corte bem rente e coloque em um copo com água limpa.

Ao longo de alguns dias, vá observando o crescimento da raiz. Troque a água para evitar mau cheiro e insetos. Quando a raiz estiver grande e forte, chegou a hora de plantar em terra firme.

Escolha o vaso da sua mudinha e abra uma pequena cova com o auxílio de ferramentas de jardinagem. Coloque a muda e cerque bem com a terra, para que fique firme. Regue e pronto! Agora é só curtir a beleza que a aglaonema traz para a sua casa.

Quer descobrir outras plantas que você pode ter em casa? Confira o Blog da Cobasi! Lá está cheio de dicas para você começar hoje mesmo um jardim ou uma horta em casa. Veja algumas opções de flores para ter em vaso.

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário