Bambu da sorte como cuidar: saiba tudo sobre a planta

Compartilhar:


bambu da sorte como cuidar
Aprenda a como cuidar do bambu da sorte.

Bambu da sorte como cuidar? É uma pergunta frequente para quem ama essa planta, mas ainda não sabe exatamente como cuidar delas perfeitamente. Isso acontece porque o bambu da sorte é uma espécie um tanto quanto rara, que tem uma aparência diferenciada e que pode causar um impacto em quem está acostumado com plantas mais populares. Mas, calma! Essa é uma planta muito simples de cuidar. Nós vamos te mostrar tudo sobre ela. Vamos lá!

O que é o bambu da sorte?

O primeiro ponto de destaque para quem quer conhecer mais sobre o bambu da sorte é: esqueça, essa planta não é uma espécie de bambu. Como assim? Vamos lá:  o bambu da sorte é uma espécie que pertence a mesma família da pata de elefante, a Ruscaceae.  Por este motivo, ela tem um caule mais firme, que lembra a espessura de um bambu.

Outro ponto relevante sobre a planta é que ela é funciona perfeitamente a base da hidrocultura, ou seja, podem crescer muito bem sem a necessidade de terra, apenas água no vaso. 

E qual a sua origem?

Essa planta tem origem no continente africano, porém, foi no Oriente que ela se tornou mais popular, principalmente na cultura chinesa. 

De acordo com a lenda oriente, essa é uma espécie que atrai sorte, por isso o nome e, além disso, colabora com a fartura, prosperidade e boas energias aos ambientes onde estão instaladas. Ou seja, tá explicado o motivo dela ser tão vista no interior das residências, né?

Reza a lenda, porém, que para que esses efeitos sejam concretos, esse é uma planta que deve ser recebida como presente e não comprada. Na China é muito comum que o bambu da sorte seja dado como presente em momentos de início de ciclos, por exemplo:

  • Nascimentos;
  • Casamentos;
  • Mudanças de residência;
  • Novos trabalhos.

Bambu da sorte como cuidar?

bambu da sorte como cuidar
O bambu da sorte tem origem africana.

Embora seja comum certa insegurança ao dedicar cuidado ao bambu da sorte, essa é uma tarefa muito simples. Elas precisam apenas de um vaso de qualidade que consiga hospedá-la de forma que suas raízes tenham espaço para crescer. Além disso, para garantir a longevidade da planta, é importante considerar:

  • Podas: quando as folhas se mostrarem muito grandes ou danificadas, é importante podá-las. Para isso, conte com tesouras pequenas, sempre as deixando com uma estética harmoniosa. Procure sempre estetizar as tesouras antes e após o uso;
  • Luminosidade: o bambu da sorte é uma planta de meia sombra. Por isso, jamais as deixe expostas à luz direta do sol, por exemplo. Isso pode fazer com que elas fiquem mais amareladas ou ainda se queimem. Elas são plantas muito indicadas para o interior de ambientes, afinal, crescem com mais saúde e ainda colaboram com a decoração do local;
  • Regas: caso elas não sejam cultivadas na água, as regas precisam ser bastante frequentes. Afinal, essa planta precisa de um solo úmido para o seu desenvolvimento. Procure criar um intervalo diário entre as regas e utilize sempre água mineral ou filtrada.

Gostou desse post? Leia mais sobre em nosso blog:

Antúrio: uma planta exótica e exuberante
Como fazer uma horta vertical em casa
Quais são os tipos de orquídeas?
Jardim dos sonhos: 5 dicas para florir

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

1 Comentário

  1. Ronaldo disse:

    Excelentes dicas! Tenho em casa o bambu da sorte e estava preocupado em como cuidar. Com as dicas ficou mais fácil! Grato!

Deixe o seu comentário