Broncodilatadores para gatos: o que são e como administrar

Compartilhar:


broncodilatadores para gatos, gato deitado olhando para frente

Você sabia que os felinos têm mais chances de desenvolver doenças respiratórias do que outros animais? Por isso, saber o que são e como administrar medicamentos broncodilatadores para gatos é uma excelente maneira de manter a saúde do seu bichinho em dia.

O que são broncodilatadores para gatos?

Os broncodilatadores são medicamentos que atuam nos brônquios, isto é, aquela parte dos pulmões responsável por realizar trocas gasosas. De maneira geral, remédios do tipo relaxam os órgãos e permitem que o gato respire bem outra vez.

Para que serve o broncodilatador?

A principal função dos broncodilatadores para gatos é ajudar o animal a respirar melhor. Para isso, esses medicamentos são usados quando felinos não conseguem expandir os brônquios com facilidade ao inspirar, como acontece em quadros de asma, bronquite ou tratamento pós-cirúrgico de pneumotórax.

Como dito, gatos têm maior probabilidade a desenvolver doenças respiratórias. Entre eles, felinos siameses e obesos, ou com sobrepeso, têm mais predisposição a enfrentar distúrbios respiratórios.

Além disso, cachorros também podem usar broncodilatadores, desde que prescritos pelo médico-veterinário.

Nebulizadores também são broncodilatadores?

Nebulizadores não têm função broncodilatadora. No entanto, eles auxiliam na desobstrução e umidificação das vias aéreas dos animais. Como ajudam a excretar secreções com facilidade, são comumente usados em conjunto com medicamentos broncodilatadores.

Quando usar os broncodilatadores em gatos?

gato deitado olhando para frente

Asma e bronquite são duas doenças que acometem gatinhos. Em ambos os casos, o animal tem dificuldades para respirar e tosse de maneira esporádica ou contínua.

Esses problemas são derivados de diferentes fatores, como alérgenos (poeira, pólen e pó, por exemplo), causas alimentares ou infecciosas. Por isso, é indispensável que os tutores estejam atentos às condições ambientais e aos hábitos do pet.

Ademais, outros sintomas comuns das doenças são:

  • espirros;
  • respiração de boca aberta;
  • respiração rápida;
  • emagrecimento;
  • intolerância a exercícios.

Como administrar o medicamento

A administração dos broncodilatadores para gatos deve ser feita sob orientação e prescrição de um veterinário. Nunca medique seu animal por conta própria, afinal, ao fazer isso, ao invés de ajudá-lo, você poderá piorar o quadro.

Portanto, ao notar qualquer sinal clínico, leve o pet ao médico-veterinário.

Quando gatos estão com bronquite ou asma, é comum que o tratamento seja feito à base de corticoides, antibióticos e supressores de tosse, além dos broncodilatadores.

O uso do nebulizador também é recomendado, porque reduz a incidência de possíveis efeitos colaterais de remédios administrados via oral.

Então, o tutor deve levar o animal ao veterinário com maior frequência, para ajustar as doses das medicações, conforme o pet melhora.

Como evitar problemas respiratórios em felinos

Você pode evitar problemas respiratórios em felinos de maneiras simples e práticas, como:

  • evitar fumar perto do animal;
  • não usar desodorizantes de ambiente ou perfumes fortes;
  • utilizar produtos de limpeza sem cheiro e sabão neutro ao higienizar os itens utilizados pelo gato, como caminha e mantas;
  • manter toda a casa sempre limpa, sem mofo ou bolor, e bem ventilada;
  • manter o peso ideal do felino.

Onde comprar broncodilatador para gatos?

Na loja da Cobasi você encontra remédios com princípios ativos que atuam como broncodilatadores. Mas, como dito, o uso deve ser feito apenas sob prescrição médica.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário