Cachorro assustado: o que fazer para ajudar?

Compartilhar:


Cachorro assustado: o que fazer para ajudar?

Os cães, assim como nós, podem ser surpreendidos por situações com as quais não estão acostumados e ficar abalados. Um cachorro assustado pode se recuperar naturalmente do desconforto provocado pela situação, ou precisar de uma ajudinha do tutor para se sentir melhor e voltar ao seu estado normal.

Nesse artigo, vamos conversar sobre as principais causas que deixam um cachorro assustado, e orientar você para que consiga ajudar o seu amiguinho peludo.

O que deixa um cachorro assustado

Ainda que os cães sejam indivíduos únicos, cada um com suas particularidades, existem alguns fatores bastante conhecidos por deixar um cachorro assustado. São eles:

  • barulhos altos e inesperados: uma panela que cai de repente, o escapamento de uma moto, trovões e fogos de artifício são exemplos de barulhos que o deixam com medo e são muito incômodos para os cães, pois seus ouvidos são bastante sensíveis.
  • novidades e mudanças: alguns cãezinhos são muito apegados às suas rotinas e podem se sentir inseguros diante de mudanças. Pode ser a troca da ração, um brinquedo diferente, um móvel novo na sala ou uma mudança de casa – tudo isso pode demandar tempo até que ele se acostume.
  • pessoas e animais: lidar com pessoas diferentes dos seus tutores e encontrar com outros animais pode deixar um cachorro assustado simplesmente porque ele não sabe o que esperar dessas interações ou em alguns casos, esse comportamento pode ser resultado de traumas decorrentes de experiências anteriores.

Se você tem um cachorro assustado e as causas para as atitudes dele não se encaixam nessas descrições, observe atentamente o que acontece com o cão e serve como gatilho para o medo. Isso é fundamental para você conseguir ajudá-lo.

Como ajudar um cachorro assustado

Como ajudar um cachorro assustado

A maneira como você conduzir a situação pode influenciar diretamente o comportamento do cachorro assustado. Por isso, a primeira coisa a fazer é manter a calma e a tranquilidade, passando segurança para o cão. O pet precisa saber que pode contar com você para protegê-lo se for necessário.

Se você já sabe que vai ver seu cachorro assustado quando ele ouvir o caminhão de lixo chegar, permita que o cão se abrigue em um cantinho da casa considerado seguro. Pode ser a caminha dele, o vão do armário ou embaixo da sua cama. O importante é garantir a integridade física do cão, enquanto o que o assusta vai embora.

Nas situações imprevistas, tudo o que você pode oferecer para o seu cachorro é o seu amor, carinho e paciência. Mas nas circunstâncias recorrentes, que você consegue antecipar, oferecer petiscos e brinquedos pode ajudar seu cachorro assustado a se sentir melhor.

Prevenir e amenizar as situações

A ideia é que um cachorro assustado se sinta melhor com o tempo, e conforme for recebendo apoio e carinho dos seus tutores. Se você agir preventivamente evitando as situações que assustam o cão, e permanecendo ao lado dele quando elas não puderem ser contornadas, a tendência é melhorar. Confie no seu cão tanto quanto ele confia em você.

Se você não tem um cachorro assustado em casa, e quer evitar que seu cão desenvolva esse perfil, invista em técnicas de socialização que sejam cuidadosas e respeitosas, e dê tempo ao pet para evoluir. Faça acompanhamento regular com um médico veterinário e peça ajuda caso ele permaneça assim por muito tempo.

Continue sua leitura com outros artigos selecionados para você:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário