Como acalmar um cachorro com medo de fogos?

22 de dezembro de 2020

Cachorros
cachorro com medo de fogos

Os fogos de artifício são umas das principais tradições nas festas de final de ano. No entanto, o que é diversão para uns, pode ser uma verdadeira tortura para os animais. Infelizmente é muito comum ver um cachorro com medo de fogos de fogos de artifício.

Latidos, tremedeira, agitação e buscas por esconderijos são alguns indicativos de que seu cachorro pode estar com medo dos fogos de artifício.

O medo de rojões e fogos de artifício pode ser extremamente desconfortáveis para os pets. O cachorro pode fugir no momento de desespero e quando está na rua ser atropelado. Existem casos de animais que pulam janelas, ficam presos em lanças e grades ou ainda se machucam gravemente com móveis que caem sobre eles. Não são poucos os casos de ataques cardíacos e machucados graves que acontecem quando o animal está extremamente assustado e estressado.

Os riscos são muito grande, por isso separamos algumas dicas de como ajudar seu pet a se acalmar durante as festas. 

Por que cachorros têm medo de fogos?

Antes de mais nada, vamos entender porque os cachorros têm medo de fogos de artifício. A audição dos cães é muito mais apurada do que a nossa e, por isso, eles são muito mais sensíveis aos barulhos altos. Esse é o motivo pelo qual seu pet sabe que você abriu um pacote de biscoitos mesmo sem estar na cozinha, mas também acaba deixando ele muito mais suscetível.

Esse é o grande fator que pode desencadear o medo que esses animais sentem com o barulho dos fogos de artifício. Além disso, outro fator bastante incômodo para os animais, são a grande quantidade de luzes que as explosões geram.

Agora que você já sabe dos perigos relacionados e os motivos pelos quais um cachorro com medo de fogos entra em desespero, vamos às soluções?

Como acalmar cachorro com medo de fogos?

Acostumar o cachorro com algum ruído é um processo gradual e que seja iniciado o quanto antes. Afinal, se o pet adquirir trauma do barulho é mais difícil de reverter.

Uma das melhores formas de acostumar o cão com o barulho é através do reforço positivo. O cachorro com medo de fogos deve ser recompensado com petiscos e seu alimento preferido. Porém, para essa técnica ter resultado, ela deve ser feita durante dias e muito antes da queima de fogos de artifício.

Reforço positivo para medo de fogos

Pegue seu celular, um punhado de petiscos e separe um bom tempo para seu cachorro. Comece oferecendo alguns petiscos e fazendo carinho nele. Use seu celular para colocar uma trilha sonora com barulho de fogos de artifício bem baixinho. Ofereça mais guloseimas e faça muito carinho.

Repita esse treinamento por vários dias e sempre que perceber que o cachorro não se incomoda mais com o som, aumente um pouco o volume. No dia dos fogos de artifício, repita o treinamento associando aquele barulho com coisas boas para o cão.

Devie o foco

Outro método, que também pode ser complementar ao reforço positivo, é o desvio do foco. O cachorro com medo de fogos pode ser envolvido em brincadeiras e atividades que o distraiam. Faça o treinamento diário também usando sons de fogos de artifício e aumentando a altura gradativamente.

Faça isso até notar que o animal continua se sentindo bem com os barulhos. Caso ele já esteja traumatizado com os ruídos, para acostumá-lo o procedimento será o mesmo, no entanto, é necessário um pouco mais de paciência.

Prepare o ambiente

Cães se sentem seguros no seu próprio ambiente e isso pode ajudar muito nos momentos de medo. O primeiro passo é garantir a segurança do pet, eliminando rotas de fugas, fechando janelas e portões. Isso inclui colocar uma coleira com placa de identificação e manter o animal na guia.

Procure não deixar o cachorro com medo de fogos sozinho no momento do barulho. Sua companhia é a maior ajuda que ele pode ter. Se for inevitável, garanta que portas e janelas estão fechadas, e não existe o riscos de móveis e outros itens cairem sobre o animal caso ele tente fugir.

Florais e terapias

Para completar o treinamento do cachorro com medo de fogos de artifício, existem florais e outros itens que podem ajudar.

Os florais são compostos feitos de flores com efeito terapêutico. Eles podem ser auxiliares no adestramento para animais com medos excessivos. Outra alternativa é o Adaptil, que auxilia na adaptação de cães em situações adversas. Ele possui um odor sintético semelhante de uma cadela com seus filhotes. É imperceptível para humanos e torna o ambiente mais reconfortante para cães.

Gostou deste conteúdo? Leia mais em nosso blog: