Cachorro pequeno pode comer ração de cachorro grande?

Compartilhar:


Cachorro pequeno pode comer ração de cachorro grande?

Descobrir se cachorro pequeno pode comer ração de cachorro grande é a dúvida de muitos tutores. Afinal, sendo tudo ração para cachorro, será que faz diferença dar um alimento elaborado para cães de porte grande para um pet pequeno ou mini? E com relação à idade do animal, será que um cachorro filhote pode comer ração de cão adulto sem problemas?

Neste artigo vamos falar mais sobre a alimentação adequada dos cães, o que considerar quando escolher o alimento do seu peludo e muito mais. Vem com a gente!

Cachorro pequeno pode comer ração de cachorro grande: verdade ou mito?

Cachorro pequeno pode comer ração de cachorro grande: verdade ou mito?

Cachorro não é tudo igual. Assim como um bebê tem necessidades nutricionais diferentes de uma criança maior, e um idoso precisa de cuidados distintos de um jovem adulto, os cães precisam ingerir alimentos em quantidade e variedade específicas, que considerem sua idade, seu porte e também a fase da vida.

Com relação à idade, é fácil de compreender a diferença. Um filhotinho descobrindo o mundo precisa ingerir muita energia para correr, brincar e formar seu organismo da melhor maneira possível. É nessa fase, inclusive, que são criados bons hábitos de saúde que vão perdurar até que o pet seja adulto ou sênior.

Já um cão idoso, que não passeia, corre ou brinca como antes, pode precisar de uma ajudinha para manter o peso ideal. Afinal, desse modo ele evita problemas como a obesidade e outras questões decorrentes dela.

Mas não é só a idade que conta na hora de escolher o alimento mais adequado para o pet. A fase da vida e o porte também são muito importantes. Uma cadela prenha ou que está amamentando requer certos cuidados, bem como um cãozinho que acabou de passar por uma cirurgia, por exemplo.

E com relação ao porte? Será que pode dar ração de cachorro grande para cachorro pequeno? Vamos descobrir!

Posso dar ração de raça grande para raça pequena?

Posso dar ração de raça grande para raça pequena?

As necessidades nutricionais e energéticas dos cães de porte pequeno e grande são bastante distintas. Dois cães adultos, com dois anos de idade, por exemplo, podem precisar ingerir quantidades de proteína, energia, fibra e vitaminas muito diferentes um do outro, dependendo do seu tamanho.

Segundo Mayara Andrade, médica-veterinária da BRF, independentemente do porte, os cães passam pelas mesmas fases da vida. Ou seja, o que muda é a idade em que eles chegam a cada uma delas. Entretanto, as necessidades energéticas e nutricionais também mudam nessas diferentes fases, e é aí que a escolha do alimento ideal se torna tão importante.

“O uso de um alimento específico para cada fase da vida é necessário, uma vez que, se não houver essa mudança ,podemos causar situações de deficiência ou excesso no fornecimento de energia e nutrientes”, afirma Mayara.

Além disso, os ingredientes que são utilizados na elaboração dos alimentos para cães também variam em quantidade de acordo com o porte. Um cachorro grande ou gigante precisa suportar sobre os ossos, músculos e articulações um peso muito maior do que um cãozinho pequeno ou mini.

Por isso, é uma boa ideia investir em alimentos que ajudam a proteger essas partes do corpo do cachorro, evitando problemas de locomoção.

O que considerar ao escolher a ração para o cachorro?

Outros fatores relevantes para escolher uma ração específica para o porte do cachorro são:

  • cães de pequeno porte têm metabolismo mais acelerado, e por isso precisam de mais energia e calorias do que um cachorro de grande porte ou gigante;
  • devido ao tamanho da boca e dos dentes, há uma maior predisposição dos cães pequenos para formação de tártaro. As partículas adaptadas facilitam a mastigação e ajudam a manter a saúde oral;
  • animais de porte menor tendem a viver em ambientes internos com mais frequência e podem se beneficiar de alimentos com maior absorção de nutrientes, que promovem fezes reduzidas em volume e odor;
  • o tamanho das partículas também é importante para uma melhor apreensão do alimento, evitando a ingestão de pedaços grandes ou mal mastigados, provocando problemas digestivos.

A linha de produtos da Ração Guabi Natural conta com essas partículas adaptadas. No caso dos pets de pequeno porte ou mini, isso é ainda mais importante, pois influencia diretamente na qualidade do processo digestivo e na absorção de nutrientes.

Por tudo isso, quando se fala sobre se cachorro porte pequeno pode comer ração de cachorro grande, a resposta é não!

Por que é importante saber diferenciar os tipos de ração para cachorro?

Por que é importante saber diferenciar os tipos de ração para cachorro?

Quando você aprende como os diferentes tipos de ração funcionam, tem melhores condições de escolher aquela que mais combina com as necessidades nutricionais do pet. É claro que é importante consultar o médico-veterinário para garantir que você está oferecendo um alimento adequado! Contudo, um tutor próximo do seu pet e inteirado dos seus hábitos, gostos e características é sempre melhor para todos!

Quando fica claro que tipo de ração você deve oferecer ao seu peludo, fica mais fácil também variar entre as diferentes ofertas de sabores e marcas. Lembre-se que, nesse caso, a troca deve ser gradativa e durar ao menos uma semana. Desse modo, o pet tem tempo de se adaptar ao novo alimento e você pode observar quaisquer efeitos indesejados, caso surjam.

Onde encontrar ração para cachorro mais barata?

Onde encontrar ração para cachorro mais barata?

No site, no app e nas lojas físicas da Cobasi você encontra ração, petiscos, brinquedos, medicamentos e acessórios para transporte de todos os tipos para cãezinhos mini, pequenos, médios, grandes e gigantes!

Vale a pena conhecer a nossa variedade de produtos e aproveitar as melhores ofertas e condições especiais de compra. Venha descobrir!

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário