Cacto Mandacaru: conheça o símbolo do Nordeste

Compartilhar:


Cacto mandacaru: conheça o símbolo do Nordeste
O mandacaru é um dos símbolos do Nordeste do Brasil

O cacto mandacaru, também conhecido como cardeiro ou jamacaru, é uma planta nativa do Brasil, muito comum no Nordeste. Inclusive, nessa região o mandacaru nasce e cresce livre, sem qualquer tipo de cuidado ou cultivo por parte do homem.

Os pássaros espalham suas sementes, que também podem ser levadas pelo vento, e a plantinha é capaz de crescer em praticamente qualquer lugar. A exigência de água é mínima, mas mesmo assim o mandacaru cacto pode chegar aos cinco ou seis metros de altura.

Símbolo da caatinga e do nordeste, o cactus mandacaru vem conquistando cada vez mais pessoas pela beleza transformadora que traz a todo tipo de ambiente, e por ser uma planta relativamente fácil de cultivar.

Fique com a gente até o final da leitura para descobrir como cuidar de cacto mandacaru e, quem sabe, começar hoje mesmo a plantar o seu.

Cacto mandacaru: características e curiosidades

Cacto mandacaru: características e curiosidades
Uma rara flor banca nascendo no mandacaru

Além de ser uma planta muito representativa da resistência e da força da região nordeste do nosso país, o mandacaru ajuda a restaurar o solo da região, muito degradado pela seca. Também pode servir de alimento para alguns animais, especialmente nos períodos em que a falta de chuva torna a sobrevivência difícil na região.

A flor do cacto mandacaru é de uma beleza ímpar, que desabrocha durante a noite e murcha com os primeiros raios do sol. O mandacaru também tem um fruto, que serve de alimento para as aves e os habitantes da região.

A prática de queimar o mandacaru e oferecer aos rebanhos como ração é muito antiga. nas piores fases da seca, esse é o único alimento que mantém os animais vivos.

Como fazer mudas de cacto mandacaru

Como fazer muda de cacto mandacaru
Um exemplo de mandacaru em seu habitat natural

Se na sua cidade não é possível encontrar pequenas plantas de cacto mandacaru, uma planta da espécie das suculentas, à venda e você quer cultivar essa espécie em casa, é possível fazer uma muda de uma planta adulta. Corte um pedaço do caule, passe um pouco de canela em pó na parte de baixo e deixe secando à sombra por uma semana.

Para quem não conta com área externa para fazer o plantio, como um quintal ou jardim, o ideal é escolher um vaso bem grande e fundo para o cultivo, e garanta que o modelo escolhido tenha furos no fundo para drenar a água da rega.

Forre o vaso com argila expandida ou brita, coloque uma terra de boa qualidade misturada com areia Com pás e ferramentas adequadas, cave a terra e faça um buraco de aproximadamente 10 centímetros para abrigar a raiz do seu cacto. Cerque a muda com terra, apertando um pouco para que ela fique firme e não caia para os lados.

Regue apenas o bastante para umedecer a terra. Lembre-se de que o mandacaru é um cacto, então a terra encharcada irá apodrecer suas raízes. Em cerca de um mês e meio o seu pé de mandacaru vai enraizar, brotar e começar a crescer. Durante esse período inicial, mantenha o vaso na sombra, mas depois do brotamento você pode colocá-lo no sol.

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário