Canário belga: informações e cuidados

1 de abril de 2021

Aves
Canário belga: informações e cuidados

Muitas pessoas adorariam ter a companhia de um bichinho de estimação, mas não se imaginam cuidando de gatos ou cachorros. Nesses casos, um passarinho como um canário belga pode ser uma ótima opção!

Além de muito dócil, o canário belga, também chamado de canário doméstico, é dono de um canto potente e muito bonito! É bastante comum que receba seus tutores com lindas melodias quando chegam em casa, além de anunciar o nascer do dia com música. Vem com a gente saber mais sobre esse lindo pássaro!

Origem e características do canário belga

Origem e características do canário belga

Apesar do nome dar a entender que esse pássaro tem origem na Bélgica, na verdade ele é nativo das Ilhas Canárias. Também é comum ser chamado de canário do reino, por ter vindo de Portugal para o Brasil.

O canário belga tem o corpo pequeno, pernas fininhas e compridas, penas compactadas e lisas e o peito bem redondinho e cheio. Sua expectativa de vida é de impressionantes 40 anos quando bem cuidado e mantido em local tranquilo, para que não sofra de estresse.

O canário doméstico se adapta bem a diferentes tipos de ambientes, que podem ser gaiolas individuais ou grandes viveiros, habitados por outros animais também.

Cuidados com o canário belga

Assim como qualquer outro pet, o canário belga doméstico precisa ter a sua disposição água limpa e fresca em abundância. A ração própria para canários é um alimento balanceado que tem tudo o que o pássaro precisa em termos de vitaminas e minerais, mas você pode oferecer também jiló, alpiste, couve e ovo cozido. Eles adoram!

O canário belga gosta muito de tomar banho para se refrescar. Existem banheirinhas próprias para esse fim, e você só precisa tomar alguns cuidados: observar a temperatura da água, para que não esteja nem muito fria nem muito quente, garantir que esteja limpa e que a quantidade de água seja adequada ao tamanho do pássaro.

Mantenha a gaiola do canário doméstico sempre limpa. Faça a manutenção diária dos bebedouros e comedouros, removendo restos de alimentos que possam atrair insetos e predadores para a gaiola, além de prevenir a proliferação de fungos e bactérias.

O fundo da gaiola deve ser limpo para remover os dejetos. Utilize escovas próprias para essa limpeza e não as misture com outros utensílios.

Onde colocar o canário doméstico

Onde colocar o canário doméstico

A gaiola ou viveiro onde fica o canário belga deve ficar abrigada do sol e calor excessivos, bem como das correntes de ar e ventos fortes. Esses pássaros têm uma expectativa de vida bem grande, como já dissemos, mas podem desenvolver problemas respiratórios se forem expostos a condições desfavoráveis. Você pode permitir que o canário pegue um pouco de sol pela manhã, desde que não seja muito forte. Fique muito atento caso a cidade onde mora registre altas temperaturas logo cedo!

Além das condições climáticas, o local escolhido para colocar a gaiola ou viveiro do canário belga deve ser o mais tranquilo possível, mas não isolado das pessoas da casa. O equilíbrio é a chave: se for uma área muito movimentada, o canário pode ficar estressado e não cantar.

Caso pretenda ter um casal de canários belga, você pode colocá-los em gaiolas separadas e juntá-los apenas no período da reprodução, que costuma acontecer durante a primavera, ou mantê-los na mesma gaiola, separados por uma grade interna. Quando os pássaros derem sinais de que estão prontos para acasalar, coloque-os juntos e deixe a natureza seguir seu curso. Os primeiros ovos devem surgir em torno de 8 dias, e a fêmea gosta muito de preparar o ninho para os bebês.

Não deixe de fazer acompanhamento regular com um médico veterinário para garantir que esteja tudo bem com seus canários e siga as orientações do profissional.

Confira mais alguns artigos selecionados para você: