Cistite em cães: o que é, sintomas e tratamento

Compartilhar:


cachorro com dor nas articulações

O percurso informativo para tutores é uma jornada incrível, não é mesmo? Um dia estamos procurando roupinhas, acessórios para nossos pets, em outro momento estamos querendo saber o que é cistite em cães. E está tudo bem. Afinal, nós amamos nossos amigos e queremos sempre o melhor para eles. 

Independentemente se você é um tutor novato ou com mais experiência, deve-se sempre manter o radar ligado e configurado para acompanhar determinados assuntos sobre nossos animais. E nesse caso, refere-se à saúde, o nosso assunto de hoje: o que é cistite canina? Quais os sintomas? Tem tratamento? Existe remédio para cistite em cães?

Fique tranquilo, vamos responder a todas perguntas e muitas outras para explicar tudo sobre essa condição que afeta cães de todas as idades e raças. 

Afinal, o que é cistite em cachorro?  

Para resumir a história, a cistite canina é uma condição que causa inflamação da bexiga urinária do cachorro. Geralmente ocasionados por agentes bacterianos, a doença pode acarretar muita dor e incômodo, atingindo bichinhos de qualquer idade, machos ou fêmeas, porém a predisposição mais comum é em cães idosos.


Existem algumas dúvidas sobre essa doença, comparando-a com a infecção urinária. Embora sejam duas patologias “parecidas”, elas não são sinônimas. Para ilustrar com mais clareza a diferença entre cistite canina e infecção urinária, que sim causa uma certa confusão, a verdade é que são duas condições diferentes.

Infecção do trato urinário (ITU) – está relacionada a problema com agentes infecciosos, ou seja, acomete todo o trato urinário. 

Cistite canina – inflamação na bexiga. Inclusive, a infecção no xixi constitui uma das causas que geram a cistite em cães. 

Cistite canina em cães: quais são as causas mais comuns

cistite em cães

Existem vários motivos para a cistite canina aparecer e se desenvolver, mas antes de detalhar as mais comuns, é preciso explicar que a bactéria que mais provoca a infecção é a  Escherichia coli. Em outras palavras, antes de colonizar e provocar a doença, o agente começa a habituar na pele na região anal do animal, antes de para passar através da uretra e chega até a bexiga. 

As principais causas para a cistite em cachorro são: 

Contaminação bacteriana: pode acontecer quando o pet tem contato com o chão para urinar ou defecar. No caso das fêmeas, após o cio.  

Origem medicamentosa: medicamentos, cálculos, tumores na bexiga e quimioterapia podem enfraquecer e reduzir a imunidade do cão, o que acaba facilitando a contaminação.

Outras doenças: outras condições clínicas também podem aumentar a predisposição à cistite canina, como: diabetes, tumores, cálculos ou fungos que podem causar a doença. 

Quais sintomas da cistite canina?

Os sintomas de cistite em cães mais frequentes e perceptíveis são no aumento da frequência de micção, incontinência urinária e dor ao urinar. Em algumas situações, o animal pode apresentar quadro febril, prostração e perda de apetite. Além disso, existem outros sinais comuns para essa condição, como:

  • mudança de comportamento;
  • choro e resmungo relacionado a dor para urinar;
  • aumento da frequência das micções;
  • o cachorro vai urinar mais, mas em menor quantidade;
  • xixi com sangue;
  • urinar no lugar errado.

Lembre-se que esses sintomas não são malcriação ou algum tipo de capricho, mas sim indícios da doença. Então, se notar algum desses sinais listados, procure imediatamente um médico-veterinário. Quanto mais cedo o problema for detectado, mais simples será o tratamento. 

Como é feito o diagnóstico da cistite em cachorro?

cistite em cães

O seu cachorro está apresentando um comportamento estranho ou está chorando quando está urinando? Não hesite, leve-o ao veterinário. O profissional irá realizar o exame de sensibilidade, para averiguar qual melhor tratamento. Além disso, é possível fazer outros testes, como ultrassonografia para verificar se há a presença de cálculos na bexiga.

Qual tratamento para cistite em cães? 

A princípio, o remédio para cistite canina é feito com a administração de antibióticos, receitados pelo veterinário. O diagnóstico definirá o tratamento para cistite canina

Então para saber como se cura a cistite é necessário consultar um profissional. Por exemplo, em casos de infecção não bacteriana, o tratamento pode ser diferente. Por isso, como é sempre recomendado para qualquer tipo de doença. NUNCA MEDIQUE O SEU ANIMAL SOZINHO.

Contudo, provavelmente uma das recomendações veterinárias será indicar que o cachorro beba água, em uma quantidade necessária. Solicitando aos tutores ficarem atentos e certificando que o pet está ingerindo corretamente ao longo do dia. 

É possível prevenir a cistite em cães?

cachorro com dor nas articulações

Por fim, um ambiente higienizado, limpo e aconchegante é fundamental para cuidar da saúde do seu amigo. Ou seja, contar com acessório de higienização canina e caminhas com a limpeza em dia são ações simples e que ajudam a prevenir não só o aparecimento da cistite em cães, mas também de outras doenças.

Outra dica importante é onde o seu animal de estimação faz as necessidades. Além do tapete higiênico, o ideal é limpar a região do ânus para evitar a entrada de bactérias, principalmente em fêmeas e idosos. 

Com o carinho e cuidados do seu tutor, acompanhamento frequente ao médico-veterinário e com os melhores produtos para cachorros, o seu amigo ficará feliz e saudável.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário