Como conseguir um cachorro de graça

Compartilhar:


cachorro de graça

Seja qual for a cidade em que você mora, certamente existem lugares que disponibilizam cachorro de graça para adoção.

Com diferentes características físicas e comportamentais, esses pets passam boa parte da vida em abrigos à espera de um lar.

Ainda que cada vez mais pessoas estejam se conscientizando sobre a importância da adoção, muitas se preocupam apenas em como conseguir o cachorro de forma gratuita e se esquecem dos cuidados necessários.

Onde conseguir cachorro de graça

A maioria das cidades do país têm diversos centros de adoção de cachorros, lugares mantidos pela prefeitura de cada município, pelo governo ou por iniciativas privadas.

É possível se candidatar para ser tutor e conseguir um cachorro. Geralmente é feita uma entrevista para ter certeza de que o candidato tem condições de manter o pet.

São avaliados aspectos como espaço disponível, média de horas que o pet ficará sozinho, se já há experiência na criação de cachorros e se há outros animais no local.

Cuidados necessários após adoção do cachorro

Ainda que a pessoa não gaste dinheiro pagando por um filhote de raça e opte por um cachorro de graça, é preciso ter consciência sobre os cuidados e os gastos envolvidos.

Procedimentos necessários, como vacinação, castração, entre outros, fazem parte das obrigações que o tutor assume ao adotar um animal.

Além disso, há despesas recorrentes com alimentação, higiene, medicamentos e até brinquedos, para garantir que o cachorro tenha uma vida digna com saúde e alegria.

O que constitui a posse responsável

Além de tudo que já mencionamos, é preciso considerar o fornecimento de espaço adequado para o cachorro se locomover com segurança e conforto, abrigo do sol, da chuva e do frio.

Por isso, ainda que você saiba como conseguir cachorro de graça, precisa ter em mente que se tornar tutor de pet é um compromisso sério.

Abandonar animais de estimação, assim como praticar maus tratos, além de ser muito cruel, constitui crime previsto na legislação.

Se você quiser ajudar animais abandonados, mas não tiver condições de ser tutor, considere apadrinhar animais. Assim estará ajudando a dar abrigo, alimento e carinho aos pets.

Essa é uma maneira responsável de contribuir, caso você mesmo ainda não esteja pronto para ser tutor de pet.

Quer continuar a leitura? Confira outros artigos selecionados para você:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

6 Comentários

  1. Daniel disse:

    quero cachorro!!

  2. Heloisa disse:

    Adotei uma cachorrinha vira lata mais tem uma escamação no pele qua acaba afetando o pelo dela lavo com sabonete especias dei o presidente mais não fica curada ela vai fazer dois anos .chama se nina

  3. Juraciara Sales da Silva disse:

    Gostaria de adotar um cachorro de porte pequeno pois já tenho um de porte médio.fiquei sabendo que tem lugares que doam cachorro matriz, se possível entre em.

Deixe o seu comentário