Adoção de animais deficientes: uma nova chance de viver | Adoções Especiais

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:
Bob é um gato branco e é um dos disponíveis para adoção de animais deficientes
Bobi tem 1 ano e não tem três dedos da pata. Ele é da ONG Acalanto, São Paulo/SP.

Hoje chegamos ao fim da primeira temporada da série “Adoções Especiais”, em que tivemos a oportunidade de dividir com vocês lindas histórias de vida e esclarecer as principais dúvidas sobre adoção de animais deficientes e os cuidados no dia a dia.

Mostramos desde cães surdos e cegos, até pets com deficiências mais complexas, como a paraplegia e tetraplegia. O que cada uma dessas histórias têm em comum? Animais felizes com muita vontade de viver e tutores apaixonados!

Com cada uma das histórias, buscamos mostrar como a adoção de animais deficientes salva a vida desses cães e gatos. Também tivemos a oportunidade de concluir que não é tão diferente assim ter um pet especial em casa. Os cuidados variam entre cada um deles, mas muitas vezes são menos exaustivos do que ter um animal sem deficiência em casa.

Se você se encantou com as histórias e a adoção de um animal deficiente não parece mais algo tão distante, separamos alguns cães e gatos especiais que estão para adoção. Todos ansiosos para mudar de vida e ter um final feliz! Vamos lá?!

Adoção de animais deficientes

Reunimos 14 lindos animais que estão em busca de uma família. Se você se interessou na adoção de algum deles, entre em contato diretamente com a respectiva ONG ou projeto.

Manquinha | 7 anos

Cadela preta com pelos longos sentada olhando
Manquinha tem 7 anos e, como o nome já diz, anda de forma especial.

De temperamento dócil e submisso, Manquinha tem uma deficiência leve. Essa cadelinha de 7 anos anda com um pouco de dificuldade, mas sem atrapalhar suas atividades. Ela consegue fazer todas as suas necessidades sozinha, ou seja, não é necessário realizar o esvaziamento da bexiga.

Ela adora brincar com outros cães, mas não dispensa carinho e uma bela caminha para descansar. A Manquinha é porte pequeno e está castrada e vacinada. Só falta uma família!

ONG responsável: Faça o bem que você pode

Localização: Florianópolis/SC

Quer adotar a Manquinha? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Clarita | 3 meses

Gata filhote branca com um olhinho
Clarita é uma filhote de 3 meses que tem apenas 1 olhinho.

Como não se apaixonar por essa pequena gatinha de apenas 3 meses de vida? A Clarita é dócil, carinhosa e adora ficar no colo. Essa pequenina possui apenas um olhinho, mas sua deficiência não afeta em nada seu dia a dia. Ela corre, brinca e escala como qualquer outro gato. A Clarita está vermifugada e será castrada pela ONG Acalanto quando chegar na idade recomendada pelo médico veterinário.

ONG responsável: Acalanto

Localização: Distrito Federal

Quer adotar a Clarita? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Cotoca | 1 ano

Cotoca é uma gata preta e branca que está para adoção de animais especiais
Cotoca é uma gata de 1 anos de idade. Ela não possui uma das patas da frente.

Existem diversas complexidades de deficiências. A da Cotoca é baixa, pois ela tem uma patinha amputada, mas não precisa de nenhum cuidado especial. Assim como os outros gatos, essa fêmea de 1 ano de idade, agora subir em lugares altos e é muito curiosa. A Cotoca tem o temperamento dócil e é carinhosa.

ONG responsável: União SRD

Localização: São Paulo/SP

Quer adotar a Cotoca? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Seu Madruga | 9 anos

Seu Madruga é cego e esse foi o motivo do seu abandono. Será que ele não consegue uma família que o ame de verdade do jeito que ele é?!

O Seu Madruga é mais um cãozinho com deficiência de baixa complexidade. Ele tem glaucoma e, por isso, não consegue enxergar. Inclusive, sua cegueira é o motivo pelo qual ele foi abandonado na rua pelos antigos tutores.

Apesar do histórico de maus-tratos, Seu Madruga é muito carinhoso e adora carinho. Ele é um cão calmo que não faz bagunça. Ele gosta mesmo é de passar o dia deitado na sua caminha ganhando carinho.

ONG responsável: Aliança com a Vida

Localização: São Paulo/SP

Quer adotar o Seu Madruga? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Gin | 4 anos

Gin é paraplégico e tem 4 anos de idade. Ele é dócil e carinhoso.

O Gin é um cãozinho paraplégico. Ele vivia no Rio de Janeiro/RJ e seria eutanasiado antigo tutor. Quando o projeto Cãodeirante soube, o trouxe para São Paulo e desde então cuida dele com acompanhamento de ortopedista e fisioterapia semanal. Apesar de não ter o movimento das patas traseiras, ele tem ótima mobilidade e sua vida é muito parecida com a de outros animais.

Esse cãozinho de porte médio é dócil e divertido!

ONG responsável: Cãodeirante

Localização: São Paulo/SP

Quer adotar o Gin? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Bolinha | 8 anos

cadela caramelo com três patas
Bolinha tem apenas três patas, mas não possui nenhuma necessidade de adaptação na rotina.

Infelizmente é muito normal encontrar animais deficientes e idosos para adoção. Não que as duas condições sejam um problema, mas expõem como esses pets sobram nos abrigos Brasil afora. A Bolinha é mais um desses casos. 

A Bolinha é uma fêmea de porte médio e 8 anos. Ela é amputada, uma deficiência leve que não exige nenhuma mudança na rotina do tutor. Muito dócil e carinhosa, a Bolinha está castrada e vacinada. Só precisa de um lar!

ONG responsável: Faça o bem que você pode

Localização: Florianópolis/SC

Quer adotar a Bolinha? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Bobi | 1 ano

Bobi é um gato branco e é um dos disponíveis para adoção de animais deficientes
Bobi não tem três dedos em uma das patas. Sua deficiência não exige nenhum cuidado especial.

Até as deficiências mais leves são vistas com preconceito. O Bobi é um gatinho de 1 ano, que com apenas 3 meses sofreu um acidente e prendeu a pata na grade de uma janela. Ele teve que amputar 3 dedos da patinha. 

Negativo para FIV e FeLV, Bobi é um doce! Um pouco medroso, as pessoas têm que ganhar a confiança dele. Ele está castrado.

ONG responsável: Acalanto

Localização: Distrito Federal

Quer adotar o Bobi? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Juca | 6 anos

Juca não possui a audição de um dos ouvidos.
Juca não possui a audição de um dos ouvidos.

Juca é de porte médio e tem 6 anos de idade. Ele foi abandonado na Estrada de Itapecerica, em São Paulo. Portador de uma deficiência leve, Juca não tem a audição de um dos ouvidos. Por causa de graves otites, ele teve que tirar o conduto auditivo do lado direito. Ele só tem o conduto auditivo esquerdo, por onde ele consegue escutar. Além disso, ele tem uma dermatite severa, que exige banhos constantes e medicação. 

Ele é muito carinhoso e fofo! Só que não tem um bom relacionamento com outros cachorros machos.

ONG responsável: Aliança com a Vida

Localização: São Paulo/SP

Quer adotar o Juca? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Mara | 5 anos

Mara está para adoção de animais deficientes
Doce e brincalhona, a Mara tem 5 anos e 15 kg e foi resgatada pela ONG Cãodeirante.

A Mara é uma cadelinha muito especial. Ela tem 5 anos e 15 kg. Aprox 5 anos, 15 kgs. Extremamente sociável com humanos, ela é alegre e brincalhona, mas demora um pouco para fazer amizade com outros pets. Mara é paraplégica e precisa do esvaziamento da bexiga entre 3 e 4 vezes ao dia.

Ela foi atropelada e viveu por anos acorrentada para não se arrastar. Após seu resgate teve uma das patinhas amputadas, mas tem ótima mobilidade.

ONG responsável: Cãodeirante

Localização: São Paulo/SP

Quer adotar a Mara? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Blond | 7 anos

Blond é um cãozinho amputado muito dócil e carinhoso.

O Blond é muito carinhoso e dócil. Adora carinho e companhia de pessoas. Ele tem 7 anos, é porte médio, e é castrado e vacinado. Ele possui apenas 3 patinhas, mas isso não atrapalha sua mobilidade ou exige cuidados especiais.

ONG responsável: Faça o bem que você pode

Localização: Florianópolis/SC

Quer adotar o Blond? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Tete | 8 meses

Tete foi intoxicada e isso afetou seu neurológico. Sua deficiência é andar tremendo.

A tete é uma gatinha de apenas 8 meses que sofreu uma intoxicação, deixando-a deficiente. A intoxicação afetou seu neurológico e, por isso, ela anda tremendo. Ela não precisa de nenhum cuidado especial e é completamente saudável. Negativa para FIV e FeLV, a Tete está castrada, vacinada e vermifugada. Ela é muito dócil e carinhosa.

ONG responsável: Acalanto

Localização: Distrito Federal

Quer adotar a Tete? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Florinda | 10 anos

Adoção de animais deficientes como o Seu Madruga que é cego
Calma, doce e boazinha, a Florinda é cega dos dois olhos.

Com mais ou menos 10 anos, a Florinda é uma fêmea de porte médio e cega. Seus antigos tutores a abandonaram quando ela começou a perder a visão em decorrência da idade. Desde então ela vive na ONG Aliança com a Vida e procura uma família de verdade.

Ela é muito mansa e quietinha, mas adora carinho. Por ser cega, ela precisa de um pouco de paciência na adaptação até entender onde fica cada móvel e qual a dinâmica da casa.

ONG responsável: Aliança com a Vida

Localização: São Paulo/SP

Quer adotar a Florinda? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Bento | 1 ano

Bento sofreu um acidente e ficou paraplégico. Ele tem 1 ano e é porte pequeno.

Esse cãozinho de 1 ano e de pequeno porte sofreu um acidente e fraturou a coluna. Isso resultou na perda de movimento das patas traseiras. O Bento é paraplégico e não consegue andar, mas mesmo assim adora correr por aí e se divertir.

A adoção de animais deficientes salva vidas!

ONG responsável: Faça o bem que você pode

Localização: Florianópolis/SC

Quer adotar o Bento? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Pixilinga | 9 meses

Pixilinga não possui um patinha, mas nem liga para isso! Tem uma vida normal!

A Pixilinga tem apenas 9 meses e é muito boazinha. Ela adora colo e é carente. Além disso, ela é brincalhona com outros pets. Uma fofa!

A deficiência da Pixilinga é não ter uma das patas traseiras.

ONG responsável: Acalanto

Localização: Distrito Federal

Quer adotar a Pixilinga? Clique aqui e entre em contato com os responsáveis.

Adoção de animais deficientes

Agora que você já conhece mais sobre esses 14 animais que estão em busca de um lar. O que lhe parece a adoção de animais especiais? Vamos da uma nova vida para cada um deles? Adote!

Saiba mais sobre adoção no canal da Cobasi no YouTube:

Gostou do conteúdo? Confira todos os posts da série “Adoções Especiais: Animais Deficientes”:

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

4 Comentários

  1. Olga disse:

    Bom dia. Adoro animais mas tenho rinite alérgica inclusive a pêlos porém gostaria de adotar gata ADULTA ,com necessidades especiais,que fosse dócil e gostasse de carinhos.Qual a opinião de vcs?Obrigada

  2. Cibele Esperancini disse:

    Oi bom dia!
    Vcs tenho uma cadeirinha de cachorro nova p doar vcs aceitam?
    Favor entrar em contato
    Caso não precisam podem me indicar alguém que precise.obrigado
    Tem também uma carrocinha p transporta o animal

Deixe o seu comentário