Como dar banho em cachorro: passo a passo

Compartilhar:


Manter o cachorro limpinho é fundamental para o seu bem-estar. Afinal, a falta de higiene do animal abre as portas para que parasitas se instalem em seus pêlos, podendo ocasionar incômodos e até doenças graves. Neste contexto, é fundamental que cada tutor saiba como dar banho em cachorro.

Uma parcela considerável dos tutores age como se higienizar o cachorro fosse uma questão relacionada aos humanos da casa. Neste contexto, não são raras as situações em que o pet acaba tomando banhos muito esporádicos, apenas quando está mal cheiroso ou a sujeira já está aparente.

De acordo com os veterinários esta é uma prática contraindicada. Na visão destes profissionais, os cães devem tomar banho uma média de uma vez a cada quinzena. Essa frequência pode variar, no entanto, a depender da rotina do animal.

Cães que passam muito tempo no quintal ou em áreas abertas podem ter a frequência aumentada. Enquanto aqueles que são mais pacatos e vivem em apartamentos podem ter este prazo quinzenal prolongado.

Em qualquer situação, porém, a higienização deve ser levada a sério pelos tutores. Mesmo aqueles que não possuem condições para levar seus amigos peludos ao pet shop com regularidade.

A fim de auxiliá-los nesta questão tão importante, este artigo montou um passo a passo de como dar banho em cachorro em casa. Venha conosco!

Organize os itens a serem utilizados. Este é o primeiro passo da cartilha de como dar banho em cachorro

Tomar banho pode ser uma situação estressante para o animal. Sendo assim, é fundamental que o tutor se dedique em deixar o processo correr da maneira mais fluida possível.

Neste sentido, deixar separados os itens que serão utilizados durante o banho irá prevenir situações nas quais o humano tenha de sair no meio do banho para buscar algo que esqueceu.

O primeiro passo da cartilha de como dar banho em cachorro, portanto, se refere à organização.

Deixe separados shampoo, toalha de banho, escova e outros produtos antes de começar a higienização!

Escove o pelo e proteja os ouvidos do seu amigo

Animais com pelos longos podem sofrer com embaraços durante o banho e dificultar a lavagem da pele e da pelagem. Por isso, escovar os pêlos destes pets antes de iniciar o banho é uma medida importante.

Outra preliminar fundamental é a proteção dos ouvidos do cachorro. Eles são sensíveis e podem sofrer com inflamações caso estejam expostos ao contato com a água. Utilize um pedaço de algodão e evite acidentes!

Verifique a temperatura da água e comece a molhar o pet devagar

Cachorros possuem a temperatura naturalmente mais alta que a do ser humano. Por isso, evitar que eles sejam expostos à água quente é uma medida importante.

Antes de iniciar o banho, o tutor deve se certificar que a água esteja morninha. A partir disso, o próximo passo é passar a molhar o animal devagarinho, começando pela pata e indo para o restante do corpo.

Esse é um passo importante da cartilha de como dar banho em cachorro, pois irá evitar que o pet tome um susto com a água direto na cabeça sem que já esteja no clima.

Aplique o shampoo e massageie com paciência

Agora sim é a hora de aplicar o shampoo. Nesta fase, o tutor deve espalhar bem o produto recomendado por um especialista e massagear cada pedacinho de seu amigo peludo.

No caso de cachorros com pelagem longa, recomenda-se também a utilização de um condicionador e nova escovação para evitar que ocorram nós durante o processo.

Enxágue com calma e parta para a secagem

Depois que o cão estiver devidamente higienizado, é chegada a hora do enxágue. Essa esta etapa demanda tanta paciência quanto as outras, sempre preservando a cabecinha do pet para deixá-lo confortável.

É possível que o cão já esteja impaciente neste momento. Por isso, é de bom tom que o tutor utilize palavras de agrado e incentivo pelo bom comportamento.

Depois de enxaguado, o cachorro deve ser completamente secado. Primeiro com uma toalha fofa e depois com um secador, para garantir que seus pelos não permaneçam úmidos e não exponham o animal à friagem.

Quer saber mais sobre cuidados com os cachorros? Acompanhe o blog da Cobasi:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário