Como escolher a casinha de cachorro

1 de abril de 2021

Cachorros
Como escolher a casinha de cachorro

Escolher a casinha de cachorro adequada para o seu amigo peludo é mais importante do que possa parecer. Junto com a caminha, esse é um acessório fundamental para que o seu amigo se sinta seguro e acolhido em todos os momentos.

Nesse artigo vamos falar sobre os diferentes tipos de casinha de cachorro, os materiais de que elas são feitas e o que você precisa levar em consideração para fazer sua escolha. Vem com a gente!

Casinha de cachorro de madeira, de plástico ou de tecido?

Cada tipo de material tem suas vantagens e desvantagens. A casinha de cachorro de madeira é excelente para cachorros que moram em locais frios, pois ajuda a manter o interior quentinho. O maior problema é o apodrecimento da madeira, que irá absorver a água da chuva se for colocada em uma parte do quintal que não tenha cobertura, por exemplo.

Já a casinha de cachorro de plástico costuma ser bastante resistente ao tempo e é muito durável, mas pode se tornar uma estufa nas cidades onde faz muito calor. Alguns modelos têm dupla função e servem, também, como caixa de transporte para o cão. Se você não tem espaço para os dois objetos, essa pode ser uma boa opção.

A casinha de cachorro de tecido se parece com uma cabaninha, e é ideal para cães que vivem dentro de casa. Costuma ser leve e o tecido pode ser lavado, eliminando facilmente poeira e outras sujeirinhas. Só não é recomendada para cachorros ainda em fase de treinamento ou que são conhecidos por destruir as coisas, pois é bastante frágil.

Escolhendo a vizinhança da casinha de cachorro

Escolhendo a vizinhança da casinha de cachorro

A principal função da casinha de cachorro é ser um porto seguro para o seu amigo peludo. Por isso, ela deve ficar em um local da casa que seja tranquilo, protegido do sol forte e da chuva, longe de correntes de vento e afastada do local onde o cachorro faz suas necessidades fisiológicas.

É muito importante que a casinha de cachorro seja acessível ao pet. Por isso, se você tem um cachorro filhote, idoso ou de uma raça que tenha patinhas curtas, não coloque a casinha em um local alto sem providenciar uma rampinha de acesso. O objetivo é facilitar, e não complicar a vida do seu cão.

Uma dica importante: se você tem piscina em casa, não coloque a casinha de cachorro perto dela a não ser que a piscina seja cercada de maneira a impedir totalmente a entrada do cachorro sem supervisão. Previna acidentes!

Como escolher o tamanho certo da casinha de cachorro

Você pode ter um cão mini ou um gigante: de um jeito ou de outro, a casinha de cachorro precisa ser adequada ao tamanho dele. A melhor maneira de saber se uma casinha comporta o seu amigo peludo é com as medidas dele em mãos ou, se for possível, fazendo um “test drive” na loja.

O cachorro precisa conseguir ficar totalmente em pé dentro da casinha, sem que o pescoço esteja abaixado. Ele também deve poder dar uma volta completa em torno de si mesmo com facilidade. Ao deitar, é necessário que o cão caiba no espaço disponível sem apertos, para evitar qualquer tipo de acidente. Se o cachorro se sentir confinado, pode querer levantar e sair correndo bem rápido, derrubando a casinha e se machucando no processo.

Conforto e higiene da casinha de cachorro são fundamentais

Conforto e higiene da casinha de cachorro são fundamentais

Uma vez que você tenha encontrado o modelo perfeito de casinha de cachorro para o seu peludo, chegou a hora de garantir o conforto: um colchãozinho, colchonete, cobertor ou almofada no chão da casinha vai dar ao seu cão um lugar fofinho para deitar. Você também pode colocar um brinquedo para que seu amigo entenda que aquele cantinho é só dele.

Só tome cuidado para não exagerar. Lembre-se de que a casinha de cachorro, assim como qualquer outro lugar que seja frequentemente utilizado pelo seu cachorro, vai precisar ser limpa com regularidade. Fique de olho caso seu cão desenvolva o hábito de levar alimentos e petiscos para dentro da casinha e remova esses restinhos de comida o quanto antes, para não atrair insetos.

Gostou do artigo? Continue sua leitura com mais alguns temas selecionados: