Saiba como fazer um jardim de rosas

Compartilhar:


Como fazer um jardim de rosas

É difícil não se encantar com as cores fortes e a delicadeza das rosas. Essa flor, que já se tornou símbolo do amor, promete alegrar ainda mais o seu jardim. No entanto, você sabe como fazer um jardim de rosas?

Se a resposta for não, então confira esse conteúdo sobre o cultivo dessa flor que promete ser a rainha do seu jardim.

Beleza protegida por espinhos

As rosas são uma das flores mais cultivadas pelo mundo. Além da rosa vermelha, também é possível encontrar essa flor em outras tonalidades.

Naturalmente são encontradas em arbustos perenes, com um crescimento ereto, que podem chegar a uma altura de 2m. As rosas também apresentam espinhos em seus caules, que servem como proteção e evitam a perda excessiva de água.

Por esse motivo, essas flores se desenvolvem melhor em climas com temperatura amena e ambientes mais arejados.

Mas não pense que somente as famosas rosas vermelhas podem estar em seu jardim. Pelo mundo, são conhecidas mais de 150 espécies dessa flor. 

Normalmente, elas podem ser diferenciadas pelo formato das pétalas, tamanho, cor e até mesmo os arbustos em que se desenvolvem.

Então, que tal saber como cultivar as rosas de forma correta na sua casa?

Cultivando um jardim de rosas

Como fazer um jardim de rosas

Antes de tudo, é importante saber que as rosas são flores que podem ser cultivadas de forma isolada ou em conjunto, mas com espaço entre elas. Além disso, as rosas precisam de um solo fértil e permeável para que se desenvolvam bem.

A temperatura do ambiente também é importante. Por isso, prefira montar seu jardim de rosas em um lugar com incidência de luz solar de 6 a 7 horas.

Primeiramente, prepare a terra em que as rosas serão plantadas. Fortaleça o solo com fertilizantes e nutrientes, que devem conter nitrogênio, fósforo e potássio

Não se esqueça que ao plantar suas rosas, deixe um espaço razoável entre uma flor e outra. Caso esteja cultivando seu jardim de rosa com sementes, também faça esse distanciamento.

No caso de cultivo de rosas em vasos, coloque apenas uma em cada recipiente. 

Em seguida, é hora de cuidar da irrigação. Como cada tipo de rosa precisa de cuidados especiais, se atente ao tipo de solo e tamanho das rosas. Dessa forma, será possível saber a quantidade e frequência que as flores serão regadas.

No caso de um jardim com rosa-do-deserto, a frequência de rega deve ter um bom intervalo de tempo. Ou seja, somente regue suas rosas quando a terra estiver seca. 

Para um jardim com rosas coloridas, se preocupe em manter o solo com uma boa drenagem. Assim, se evita que as raízes fiquem apodrecidas.

Durante o crescimento da flor, opte por regar ela todos os dias. Com seu desenvolvimento, a frequência de rega passa para uma vez por semana.

Incrementando seu jardim de rosas

Para uma melhor irrigação, uma boa dica é utilizar forração no local em que as flores foram plantadas. Além de retardar o nascimento de ervas daninhas, a forração ajuda o solo a ficar umedecido.

A poda das rosas também é importante para eliminar pétalas e ramos secos. Uma tesoura especial e luvas de jardinagem para se proteger dos espinhos acabam sendo itens essenciais no seu jardim.

Tome cuidado com insetos e doenças nas folhas das rosas. Nesse sentido, retire a vegetação caída perto das rosas e utilize inseticidas para afastar possíveis pragas.

Viu que para ter uma das flores mais chamativas de jardim alguns cuidados são indispensáveis? Por isso, não se esqueça que as rosas gostam de bastante espaço para crescer e que precisam de um lugar ensolarado. A atenção com o solo também merece sua atenção, para que as cores das suas rosas sejam bem fortes.

E que tal oferecer outras parceiras além das rosas para seu jardim? Para isso, acesse nossos demais conteúdos sobre dicas de cultivo de outras flores:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário