Comprimido palatável: entenda sua utilidade

Por Cobasi

Compartilhar:
comprimido palatável

Medicamentos para os animais são sempre um problema, pois ele pode não conseguir engolir uma pílula por conta do gosto ou da sua consistência, fazendo com que esse momento seja um sacrifício. Com a criação do comprimido palatável, a hora do medicamento do animal deixa de ser um problema para o dono.

Dessa forma, trouxemos um conteúdo que fala um pouco mais sobre o uso desse comprimido para medicar os seus animais. Além disso, mostraremos como ele tornou a vida dos donos ainda mais tranquila. Com seu gosto especial, os cachorros e gatos não sentem que estão ingerindo um remédio, mas sim algo mais prazeroso.

Acompanhe o conteúdo para saber mais!

O que é o comprimido palatável?

Com a evolução da medicina veterinária, medicamentos foram criados com intuito de facilitar a vida dos tutores. O comprimido palatável foi uma delas, pois a hora de dar o remédio para os cachorros, principalmente por comprimidos via oral, sempre foi um grande problema.

Esse modelo de comprimido usa o mesmo conceito dos comprimidos tradicionais, porém com um sabor agradável para os animais, geralmente sabor carne ou frango. Dessa forma, o pet associa o medicamento a algum petisco e acaba ingerindo sem dificuldade.

Os comprimidos palatáveis são como petiscos-medicamentos, pois se parecem bastante com a ração que costumamos comprar nos pet shops. Esse modelo de medicamento é perfeito para tutores que não querem usar a “força” e ainda evita que o cachorro ou gato fique com a cara feia.

Como fazer o cachorro engolir os comprimidos palatáveis?

comprimido palatável

A forma mais fácil de fazer o cachorro engolir o comprimido palatável é transformá-lo em um petisco para o animal. Ou seja, pegar um punhado de alimento e colocar o comprimido dentro desse meio para que ele coma junto com a comida é a melhor saída para fazer com que ele engula o comprimido.

Uma pequena parcela dos cachorros come tudo sem perceber que junto da sua comida tinha um comprimido palatável. Existem aquelas pequenas parcelas – consideradas como os espertinhos – que percebem o comprimido no meio da comida e acabam não comendo naquele momento. Porém, percebem que é gostoso e comem.

Existem também os cachorros que são bonzinhos e treinados. O dono acaba pedindo para ele abrir a boca para comer o medicamento e ele acaba obedecendo.

Ao colocar o comprimido palatável na boca do animal, é recomendado que o dono tenha bastante confiança nele para abrir a boca e colocar o medicamento o mais fundo possível. Após isso, deve fechar a boca do cachorro ou gato e manter inclinada até perceber que ele engoliu algo.

Tudo isso é feito da melhor maneira possível e sem que o animal e nem o dono se estressem na hora da medicação. A hora do medicamento é de extrema importância e precisa ser feita da forma certa para que ele se recupere, assim como as pessoas.

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário