Conjuntivite canina: saiba os sintomas e como tratar o seu pet

Compartilhar:


conjuntivite-canina

Muito comum, a conjuntivite canina é um desconforto que afeta bastante o seu cão. Embora não seja, na maioria das vezes, uma situação grave, requer cuidados para não deixar o seu animal de estimação sofrendo. Mas nem sempre o tutor percebe o que está acontecendo. Continue a leitura e venha saber mais sobre a conjuntivite canina! 

​O que é conjuntivite canina?

A conjuntivite canina é uma inflamação nos olhos dos cães, com foco na mucosa que reveste a pálpebra e parte branca dos olhos, conhecida como conjuntiva. Esta região serve para a proteção ocular. Quando inflamada, deixa o animal incomodado e é capaz de causar sérios problemas em sua visão, como a cegueira. 

​O que causa a conjuntivite canina?

Normalmente, não existe apenas uma causa para a conjuntivite canina. Pode ser uma série de fatores que leve o cão a sofrer com isso, tais como: 

  • Ressecamento ocular, originado por poluição do ar, cheiros fortes ou efeitos do clima;
  • Corpo estranho, uma irritação que pode ser provocada por sujeiras e poeiras;
  • Traumas, a partir de alguma colisão ou choque que venha afetar os olhos; 
  • Bactérias, vírus e fungos;
  • Alergias, sobretudo naqueles cachorros mais peludos; 
  • Produtos químicos; 
  • Doenças, como leishmaniose e cinomose, além de tumores. 

Como curiosidade, sabe aquelas rajadas de vento que todo cachorro adora sentir na janela do carro? Pois é, tome cuidado nessas horas. Embora seja um momento divertido para o seu pet, caso o vento esteja muito forte, pode ocasionar uma conjuntivite canina. 

Vale explicar que, caso um cachorro esteja com conjuntivite, não é comum dele transmitir a outros pets, vide que as causas costumam ser externas. Além disso, o cão não passa essa inflamação a algum humano e vice-versa. A conjuntivite que as pessoas são acometidas é diferente da que o animal enfrenta. 

Quais os sintomas da conjuntivite canina?

conjuntivite-canina

É muito importante o tutor estar atento aos sinais que o seu cachorro esteja apresentando, antes de levá-lo ao veterinário para saber o diagnóstico correto. Para ajudar, listamos os sintomas que podem indicar a conjuntivite canina, confira: 

  • Olhos vermelhos; 
  • Excesso de remelas; 
  • Maior dificuldade para continuar os olhos abertos;
  • Piscar com muita frequência; 
  • Lacrimejar; 
  • Secreção ocular; 
  • Coceira; 
  • Estar sensível à luz. 

Como tratar a inflamação nos olhos?

O tratamento mais adequado vai depender da causa que provocou a conjuntivite canina. Para isso, o tutor deve levar o seu cão ao veterinário para ele conseguir realizar a avaliação necessária e recomendar o melhor procedimento, inclusive podendo solicitar o pedido de exames para investigar algum outro problema. 

Ou seja, apenas com esse profissional será possível descobrir o tratamento a ser seguido. O que pode variar desde o uso de colírios e limpeza da área inflamada com algodão e soro fisiológico até mesmo a administração de remédios, como antibióticos.

O tutor não deve medicar o pet sem a indicação do veterinário. Tomar a decisão sozinho do tratamento e escolher remédios caseiros pode proporcionar um problema muito maior ao seu cão. Procure um veterinário pensando na saúde e bem-estar do seu animal de estimação! 

Quer saber outros cuidados com a saúde do seu pet? Confira outros posts de nosso blog:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário