Conheça as cores de calopsita e saiba como identificar sua mutação

Compartilhar:


calopsita arlequim

Atualmente podemos encontrar diversas cores de calopsita, isso porque suas variações surgiram a partir de quando estas aves passaram a viver em cativeiro

A mudança de cores de calopsita ocorrem de acordo com o seus cruzamentos, se você quer conhecer cada espécie e suas variações de cores, continue lendo. 

Conheça as cores de calopsita e suas mutações

As calopsitas são aves originárias da Austrália, e embora muita gente não saiba, a realidade é que existe apenas uma espécie desta ave, conhecida por Nymphicus hollandicus

No entanto, podemos encontrar diversas mutações de calopsita, composta por cores diferentes, o que facilita na hora de identificar os tipos de calopsitas

Calopsita Silvestre

Podemos dizer que a calopsita silvestre é a ave que originou todas as mutações de cores das calopsitas. 

A calopsita silvestre é encontrada em uma coloração cinza, com uma faixa branca em cada asa, cabeça e crista amarela e bolinhas alaranjadas na bochecha. 

A diferença entre os machos e fêmeas desta ave se dá através do dimorfismo sexual, neste caso, as bochechas das fêmeas possuem uma coloração mais pálida

Calopsita Arlequim

Conhecida por Pied, esta é a mutação de calopsita mais antiga que existe, criada em meados de 1949 na Califórnia. 

Esta calopsita pode ser encontrada em cores muito semelhantes a silvestre, no entanto, algumas podem conter tons cinzentos em uma plumagem amarelo claro

A maioria das calopsitas arlequim possuem asas cinza escuro e o restante mais claro. Elas também possuem marcações simétricas, facilitando na hora da identificação da ave. 

Calopsita Lutino

Uma das mutações mais populares, esta mutação é originária dos EUA, em meados de 1958.

A calopsita lutino possui plumagem branca, cabeça amarela e manchas alaranjadas nas bochechas.  

Neste caso, os machos e fêmeas possuem a mesma aparência. 

Calopsita Pérola

A calopsita pérola é uma variação muito popular, nesta mutação, as aves são caracterizadas por conter manchinhas cinzas pelo corpo. No caso dos machos, essas manchas podem se perder ao longo da vida. Já as fêmeas, possuem a mesma coloração

calopsita silvestre

Calopsita Canela

Esta mutação é que pode ser mais variável quando o assunto é coloração. As aves adultas possuem maior quantidade de melanina, fazendo com que suas cores sejam mais fortes e escuras. 

Nestas calopsitas, as pernas e os olhos costumam chamar a atenção por serem mais claras do que as das outras. 

Sua plumagem possui um tom de cinza mais claro do que a calopsita silvestre, o amarelo é mais radiante e a tonalidade de suas bochechas costuma ser um alaranjado mais quente

Calopsita Cara branca

Também conhecida como albina, esta ave não possui coloração aparente. A calopsita cinza e branca não possui bico colorido e nem bolinhas alaranjadas nas bochechas

Algumas aves desta mutação podem conter tons próximos do marrom. 

Como pudemos ver, as calopsitas possuem diferenças em suas colorações, desta forma, é possível identificar cada tipo de calopsita a partir de uma análise de sua coloração

Gostou de conhecer sobre as cores e tipos de calopsita? Acesse nosso blog e leia mais sobre aves:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário