Borboleta: quanto tempo vive e como atrair para o seu jardim

Compartilhar:


borboleta em uma flor

A borboleta é um dos insetos mais prestigiados por conta da sua beleza e até simbologia. Isso porque são seres que trazem o sentimento de renovação e transformação. Um belo jardim com muitas espécies de borboletas é o sonho de todo apaixonado pela natureza. Além disso, esses insetos são fundamentais para a polinização das flores e produção dos frutos e sementes. 

Conheça mais sobre esses bichinhos que encantam por onde passam e que reúnem diversas curiosidades incríveis sobre sua existência.

Estágios da borboleta: uma linda transformação

No total, o inseto passa por 4 estágios antes de se tornar pura beleza. O primeiro deles é o ovo, que costuma ficar na parte inferior das folhas, que, após se desenvolver, vira uma lagarta. Neste momento, o animal precisa se alimentar bem para conseguir entrar no terceiro estágio, que é o pupal, ou melhor casulo. Inclusive, durante a fase de ovo e lagarta, que chega a durar até 3 meses e meio, é o momento que o inseto mais gosta de se alimentar. 

Após entrar dentro da crisálida, ela passa pela clássica metamorfose que dura cerca de 15 dias até a lagarta se transformar em uma linda borboleta.

O que borboleta come?

Aqui temos a primeira curiosidade, visto que ao longo da sua vida, que não é tão longa, ela não se alimenta. Contudo, na fase de larval, elas comem apenas as folhas das plantas, que fornecem as vitaminas e nutrientes necessários para ela se transformar em borboleta. 

As borboletas gostam muito das folhas de urtiga, mas também podem comer pequenas lagartas de outras espécies, néctar de flores e partes de frutas em decomposição.

Algumas espécies se alimentam de plantas específicas que são escassas, o que acaba colocando a vida da espécie em risco. A lagarta da couve e do maracujá, por exemplo, podem acabar sendo consideradas pragas e prejudicando as plantações.

Quanto tempo vive uma borboleta?

Infelizmente, a expectativa de vida de uma borboleta é curta, isto é, elas vivem de 2 a 6 semanas e possuem um único propósito que é acasalar e dar continuidade ao ciclo das borboletas. Porém, temos que concordar que elas vão muito além, pois embelezam qualquer jardim e ainda despertam sorrisos por aqueles que as observam.

Tipos de borboleta que existem por aí

Antes de mais nada, saiba que são mais de 20 mil espécies de borboletas por aí. Então vamos falar sobre as principais, ou seja, aquelas que chamam a atenção por suas cores, tamanhos e características.

A primeira delas é a maior borboleta que existe, no caso, a Rainha Alexandra, que vai de 28 a 31 centímetros quando é fêmea e até 19 centímetros se for do sexo masculino. É uma pena que esta espécie esteja em extinção por conta da perda do seu habitat natural.

Mas então, qual é a menor borboleta que existe?

O próprio nome já revela, pois é conhecida como Pigmeu Ocidental Azul, um inseto com menos de 2 centímetros que dificilmente chama a atenção por conta do seu tamanho.

Espécies de borboleta para conhecer

borboleta coruja em um tronco

A borboleta azul é uma das mais elogiadas por conta das suas cores vivas que se destacam ainda mais com as laterais das asas que são pretas. Por incrível que pareça, apenas os machos têm essa cor, as fêmeas possuem coloração marrom. Ela está predominantemente na região da Europa e Ásia.

Outra bela espécie é a borboleta-do-Manacá, sua reprodução é ampla na Mata Atlântica, mas é fácil avistar essas pequenas em centros urbanos. Agora, falando em popularidade, uma das mais conhecidas no Brasil é a borboleta coruja, uma das maiores do mundo, e que ganhou o nome por conta das suas características físicas. Suas asas se assemelham a grandes olhos e têm grande importância na defesa contra predadores.

Por último, não podemos deixar de comentar sobre a borboleta amarela, uma das espécies fáceis de encontrar em jardins e matas. Aliás, você já deve ter visto uma por aí. Com apenas 9 centímetros, ela chama a atenção em qualquer jardim.

Como atrair borboletas para o jardim?

Assim como a abelha, a borboleta é um inseto muito importante para manter o equilíbrio da natureza. Além de belas e coloridas, elas são grandes aliadas no processo de polinização das flores. 

A polinização é o processo de reprodução das flores, mas para isso é necessário a ajuda dos agentes polinizadores, no caso, borboletas, abelhas, morcegos ou aves. 

Esse processo, normalmente ocorre durante a alimentação do animal, que ao ser atraído pela planta, acaba levando seu pólen para outra, garantindo a variabilidade genética da espécie. 

Em geral, a borboleta é um inseto delicado, gosta de frequentar lugares com ar puro e vegetação. Além disso, elas são bem sensíveis à degradação ambiental, respondendo rapidamente a mudanças na vegetação e no clima. 

A borboleta tem facilidade em perceber tons vermelhos, alaranjados e amarelos, o que facilita sua atração pelas flores. Além disso, a melhor forma de atrair esses belos insetos, é através de plantas hospedeiras e com néctar. 

Isso porque as plantas hospedeiras são fundamentais para garantir abrigo aos ovos e casulos das lagartas. Já as plantas com néctar fornecem o alimento que elas precisam para concluir a metamorfose.

Além disso, se a intenção for atrair borboletas, possuir espaços com água são essenciais para que sejam como refúgio para elas descansarem. Fontes pequenas podem ser ótimas opções, mas é importante lembrar de nunca deixar água parada para evitar a proliferação de mosquitos, como o da dengue.

5 plantas que mais atraem borboleta

E para deixar o seu jardim ainda mais encantado com a presença desses bichinhos, saiba onde vivem as borboletas no geral. Isto é, em lugares que encontram as flores que adoram pousar e colocar seus ovos. 

Margaridas

As margaridas são flores de diversos tipos e cores, todas elas são muito atrativas para joaninhas, lagartas e borboletas. Além disso, são fáceis de cultivar através de mudas ou sementes.

Alfazema

Além de uma cor atrativa e um perfume exuberante, a alfazema também é conhecida por erva da cabocla ou lavanda. Por seu perfume calmante e gostoso, ela consegue atrair inúmeros insetos, como joaninhas, borboletas e pássaros.

Maracujá

Com flores belíssimas e frutos saborosos, a plantação de maracujá é uma das que mais chama a atenção dos insetos polinizadores.

Girassol

Uma flor linda e de fácil cultivo, o girassol necessita apenas de sementes para sua germinação e de muita luz solar. Ela chama muita atenção de insetos e pássaros, como o beija-flor. Inclusive faz bonito tanto em jardins como apartamentos.

Funcho

Também conhecido como erva-doce, é uma planta aromática, deliciosa no preparo de chás e doces. Ela atrai muitas abelhas e borboletas e pode ser cultivada em vasos ou hortas caseiras. 

Visite uma de nossas mais de 100 lojas e leve para casa plantas como Girassol, Margarida e Orquídea! Por fim, cuide bem do seu jardim, que as borboletas virão! Gostou do conteúdo? Veja mais dicas sobre jardinagem no nosso blog:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

2 Comentários

  1. Gustavo Woltmann disse:

    Que artigo interessante. Explicações muito importante.

  2. Sueli cortelassi disse:

    Adorei esse artigo!!
    Dicas simples para ter lindas visitantes e ajudar na preservação.
    Gratidão.

Deixe o seu comentário