Saiba se formiga é vertebrado ou invertebrado

Compartilhar:


formiga é vertebrado ou invertebrado

Por ser um animal muito ligeiro e que vive em comunidade, é comum encontrar as formigas andando em grupos. Apesar de sua popularidade, ainda existem questionamentos sobre esses animais, entre elas, a dúvida: afinal, formiga é vertebrado ou invertebrado?

Para você ter uma ideia, é possível afirmar que existem aproximadamente 18 mil espécies de formigas. Só no Brasil, são cerca de 2 mil espécies, sendo considerado o país com a maior diversidade de formigas das Américas.

Pois é, as formigas estão por todo canto, e é possível entendermos como elas costumam agir e viver. Pensando nisso, desenvolvemos este artigo para desvendarmos se a formiga é vertebrado ou invertebrado, além de suas principais características. Vamos nessa?!

Afinal, formiga é vertebrado ou invertebrado?

Por mais que existam tantas espécies de formigas no mundo, podemos afirmar que em todas elas o animal é invertebrado. Mas o que isso significa, afinal? Simples! As formigas não possuem nem desenvolvem uma coluna vertebral. 

Ainda sobre sua anatomia, podemos afirmar que elas apresentam três pares de pernas, um par de olhos compostos, um par de antenas e um par de mandíbulas. Dentro do par de mandíbulas é possível encontrar o seu aparelho bucal mastigador, essencial para os seus hábitos de vida. Essas características independem se a formiga é vertebrado ou invertebrado.

formiga é vertebrado ou invertebrado

Voltando ao assunto da alimentação, pode-se dizer que varia conforme a espécie. As formigas cortadeiras gostam de se alimentar de fungos que cultivam em seu formigueiro. Mas existem espécies que se alimentam de seiva de plantas, néctar, carapaças de insetos e restos de alimentos humanos.

Informações adicionais sobre as formigas

Talvez você não saiba, mas as formigas são consideradas insetos holometábolos. Isso significa que elas apresentam metamorfose completa, passando pelos estágios de ovo, larva, pupa e adulto.

Outro fato interessante sobre elas é que são consideradas insetos sociais, ou seja, que vivem em colônias. Dentro desse cenário elas costumam trabalhar com a divisão de tarefas. Em uma colônia encontramos a rainha, as operárias e os machos.

Não existe nenhuma espécie de formiga que não passe por todas as fases que mencionamos. Porém, o que determina se a larva fêmea se tornará rainha ou operária é a quantidade e a qualidade do alimento que receberá nesta fase. As rainhas recebem maior quantidade de alimento e de melhor qualidade.

Vale destacar que as formigas conseguem habitar praticamente todos os ambientes, com exceção dos polos terrestres. É assim que elas constroem seus ninhos e vivem em sociedade.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário