Qual a gaiola ideal para calopsita?

Compartilhar:


gaiola para calopsita

Na hora de escolher uma boa gaiola para calopsita é importante levar em consideração alguns fatores como tamanho, material e quantos pássaros vão viver dentro dela. 

Escolher a gaiola ideal para a ave é uma tarefa muito importante na hora de promover o bem estar do pet, afinal, a gaiola nada mais é do que o lar da calopsita. 

Outro fator importante a considerar, é que nem todos os pássaros vivem e se adaptam da mesma forma. Por isso, uma gaiola para calopsita deve ser equipada especialmente para ela. 

O que é preciso na hora de escolher uma gaiola para calopsita

Antes de escolher a gaiola ideal, é preciso analisar todos os detalhes que diferenciam os modelos, como material, tamanho, mobilidade e quais acessórios serão colocados nela.

Material da Gaiola

As gaiolas podem ser encontradas em diversos tipos de materiais. As mais comuns são as de madeira, no entanto, hoje em dia, mesmo as gaiolas de madeira possuem grades de metal. 

No entanto, as gaiolas de madeira não costumam ser muito indicadas, madeira pode ser um material sensível às ações do tempo, sendo assim, elas podem acabar se deteriorando muito rápido.

Além disso, algumas aves adoram bicar, com isso, a própria ave acaba desgastando a madeira, correndo o risco de ingerir alguma farpa ou até mesmo, escapar, caso o tutor não esteja atento. 

As gaiolas de metal costumam ser pintadas, o que também não é muito recomendável. Com o tempo, a ave pode remover e ingerir a tinta, causando intoxicação por culpa da substância. Sem contar que as gaiolas de metal podem enferrujar com mais facilidade. 

As gaiolas feitas em aço galvanizado são as mais indicadas, elas possuem grades mais resistentes, não descascam a pintura e não enferrujam com facilidade. Apesar de o custo desta gaiola ser um pouquinho mais alto do que as anteriores, é importante pensar no custo benefício e na saúde do pet. 

Tamanho da Gaiola

O principal cuidado que devemos ter na hora de escolher uma gaiola para calopsita, é o tamanho. Em seu habitat natural, as aves estão acostumadas a voar e pular livremente, no entanto, isso não será possível dentro do cativeiro. 

Mas podemos amenizar isso. Embora a calopsita não seja uma ave muito agitada, e de muitos tutores deixarem a ave solta, passeando pela casa, uma hora ela precisará de espaço para dormir, se alimentar e fazer suas necessidades. 

Por isso, é importante garantir que este espaço seja confortável para ela. Uma calopsita adulta pode medir entre 30 e 35 cm. Portanto, na hora de escolher a gaiola, é importante se certificar que, no mínimo, a ave caiba dentro da gaiola com as asas abertas. 

Desta forma, ela terá espaço para brincar, pular e dar pequenos voos dentro da gaiola. Mas é claro, se você tiver condições de escolher uma gaiola maior ótimo!

Além disso, não se esqueça de observar o espaço entre as grades. Evite espaços muito grandes para que a ave não consiga escapar. No entanto, tome cuidado para que as grades não sejam muito estreitas, para evitar que as garras fiquem presas. 

Brinquedos e Acessórios

Assim como qualquer animal, a calopsita precisa exercitar seu corpo e sua mente. A melhor forma de fazer isso, é brincando com a calopsita, permitindo que ela interaja com você e com o restante da família. 

No entanto, ela também pode se divertir sozinha! Mas para isso, é importante anexar à gaiola alguns brinquedos, como balanços, escadas, poleiros e playground para aves. 

Outros acessórios importantes são os que dizem respeito às necessidades da ave, como é o caso dos comedouros e bebedouros. É fundamental que as grades tenham espaço para que esses itens sejam encaixados nela ou que a gaiola possua espaço suficiente para que eles possam ficar expostos na base da gaiola. 

O ideal, é que os poleiros da gaiola sejam de madeira natural, desta forma as calopsitas podem afiar suas garras e seu pico. 

Saiba mais sobre calopsitas no nosso canal no YouTube:

Quer continuar lendo sobre aves? Então confira alguns posts que selecionamos para você:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário