Galgo italiano: saiba mais sobre a raça

Compartilhar:


Galgo italiano: saiba mais sobre a raça

O galgo italiano é uma daquelas raças de cachorros em que batemos o olho e, imediatamente, nos sentimos intrigados. Caracterizado por um porte muito elegante, esse cachorrinho fofo anda quase como se estivesse na pontinha dos pés.

Os registros sobre a raça indicam que ela surgiu em 500 antes de Cristo e que o galgo italiano era um cão de companhia, especialmente adotado por mulheres por suas características extremamente dóceis, tranquilas e amorosas. Na história recente, o galgo italiano se tornou um cachorro de corrida e de caça e, com o passar dos anos, entrou de vez para o rol dos cachorros domésticos.

Características do galgo italiano

O pelo do galgo italiano, mais comumente encontrado nas cores preto, dourado, prateado e chocolate, é liso e muito curtinho, mas tão curtinho que mal basta para manter o cãozinho aquecido e protegido. É muito frequente, inclusive, que o galgo italiano tenha machucadinhos na pele por conta de brincadeiras mais intensas, que podem arranhá-lo, por exemplo.

O formato do corpo do galgo é considerado quadrado: as patas são fininhas e muito compridas, e assim como o tronco. De todos os cães do tipo galgo, o italiano é o menorzinho: seu peso corporal não costuma passar dos 6 kg, mesmo na idade adulta.

Temperamento e brincadeiras com o galgo italiano

Temperamento e brincadeiras com o galgo italiano

O galgo italiano é considerado um cachorro inteligente, mas que pode ser um tanto teimoso por ter uma atenção relativamente dispersa.

Isso significa que você deve priorizar sessões de adestramento mais curtas e com frequência redobrada para que ele consiga fixar os comandos que você deseja ensinar. É um cão amoroso e delicado, então seja firme porém paciente em seus ensinamentos, e jamais agrida o animal nem física nem verbalmente.

O temperamento do galgo italiano é muito tranquilo, tanto para conviver com crianças quanto com outros animais, o que inclui os gatos.

As atividades físicas são necessárias e bem-vindas: por ser um cão naturalmente magro, a estrutura dos ossos e articulações do pet não foi feita para suportar excesso de peso.

No que diz respeito a brincadeiras, procure investir em caminhadas e corridas em vez de truques, e fique longe de brincadeiras que envolvam perseguir objetos, como bolinhas, frisbees e afins. Os instintos de caçador do pet podem aflorar e deixá-lo bastante estressado e ansioso.

Cuidados de saúde com o galgo italiano

Cuidados de saúde com o galgo italiano

Se você pretende adotar um pet desta raça, tenha em mente que essa raça gosta muito da presença e interação com seus tutores. Por isso, longos períodos sozinho em casa pode não ser uma boa ideia para o cãozinho, que vai acabar triste e deprimido.

Não deixe de fazer consultas de acompanhamento regularmente com um médico veterinário para garantir que esteja oferecendo ração de qualidade em volume adequado, bebedouro com água sempre limpa e fresca, brinquedos apropriados para o cachorro galgo italiano e petiscos para agradar seu amiguinho peludo, mas sem exagerar.

Além dos machucadinhos na pele, dos quais já falamos, uma preocupação que os tutores desta raça devem ter é com a manutenção da temperatura corporal dos bichinhos.

As mudanças bruscas que costumam acontecer no final de tarde dos dias mais frios podem provocar problemas respiratórios no cãozinho, então invista em uma roupa para cachorro que possa protegê-lo e deixá-lo bem quentinho e confortável.

Continue sua leitura com esses artigos selecionados especialmente para você:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário