Galo-de-campina: saiba tudo sobre a ave de cabeça vermelha

Compartilhar:


galo-de-campina o pássaro da cabeça vermelha

Conhecido pela sua chamativa cabeça vermelha, o galo-de-campina é um dos pássaros mais bonitos da família thraupidae. Assim como vários outros animais, cada região do país o chama de um nome diferente. Então ele também atende por cardeal-do-nordeste, campina, cabeça-de-fita e cabeça-vermelha, mas seu nome científico é Paroaria dominicana. Confira aqui tudo sobre a espécie e saiba como cuidar do galo-de-campina!

Características do galo-de-campina

O traço mais marcante desse passarinho é sua cabeça e garganta avermelhadas! As penas das suas asas possuem tons cinzas e pretos, contrastando com o branco do corpo. Seu nome científico é uma descrição de atributos físicos da espécie: paroara significa pequena ave vermelha e cinza, em tupi, e dominicana, do latim, faz referência às vestes de monges dominicanos.

Com cerca de 17 cm, o galo-de-campina é um pássaro originário do interior do nordeste brasileiro, no entanto também pode ser encontrado em outras regiões, como no sudeste, por conta da interferência humana.

O galo-de-campina é dono de um dos cantos mais belos do país e podemos ouvi-los principalmente no amanhecer dos dias de seu período reprodutivo. Na natureza, a espécie é encontrada em casal ou sozinhos, com algumas aparições em grupos pequenos. É uma ave que pode se acostumar com a presença de humanos e, por isso, tem uma tendência a ser dócil.

Qual a diferença entre o galo-de-campina e o cardeal?

galo de campina

À primeira vista, o galo-de-campina é bastante parecido com seu primo cardeal, também conhecido como cardeal-do-sul (Paroaria coronata). Então, para saber a diferença entre eles, basta observar um detalhe bem evidente: o cardeal ostenta um pequeno topete em sua cabeça vermelha que os galos-de-campina não possuem.

Eu posso criar um em casa?

Por conta da sua beleza única, o galo-de-campina infelizmente é uma das espécies mais contrabandeadas no comércio ilegal.

Mas, assim como outras aves silvestres, é possível ter um amigo com penas legalmente, desde que você tenha as autorizações do Ibama, de órgãos estaduais/municipais e seja um tutor responsável e cuidadoso.

O galo-de-campina precisa de espaço para se sentir bem, então uma dica é garantir o conforto com um viveiro ou gaiola grandes e mantê-la sempre afastada de correntes de ar onde você mora. Para dar mais alegria para seu pássaro, você também pode equipar a gaiola com um ninho aconchegante e uma banheira para ele tomar banhos!

O que galo-de-campina gosta de comer?

A alimentação do galo-de-campina é basicamente composta por sementes, principalmente alpiste e painço. A seriguela e o caju são algumas das frutas típicas nordestinas que agradam. Além disso, a espécie também se alimenta de pequenos insetos como a larva de tenébrio.

No entanto, eles aprendem a comer em comedouros artificiais e rações também podem ser introduzidas na sua alimentação, mas sempre sob orientação de um especialista para garantir o melhor para sua ave!

Por quanto tempo eles vivem?

galo-de-campina comendo

O galo-de-campina, quando bem bem cuidado em cativeiro, pode chegar até 15 anos de vida. A reprodução da espécie começa em torno dos 10 meses, quando atingem a maturidade sexual e as fêmeas colocam entre 2 e 3 ovos por período. Os ovos são chocados por 13 dias e dão origem a belos filhotes. No início da vida, a cabeça dos jovens é mais alaranjada, ganhando a característica cor vermelha somente depois de amadurecer.

Gostou de saber mais sobre o galo-de-campina? Confira outros posts do nosso blog sobre pássaros:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário