Gato abandonado: o que fazer quando encontrar um

Por Cobasi

Compartilhar:

Infelizmente, um gato abandonado junto com seus irmãos ainda é uma cena triste e comum se ver por aí. Muitos ainda vivem pelas ruas e, em alguns casos, nunca tiveram o carinho de uma família para saber como é a sensação.

Se você encontrou um gato abandonado, preparamos algumas dicas que podem ser importantes para lidar com esse tipo de situação. Alguns cuidados simples podem ser o suficiente para salvar a vida do bichano

Certas precauções precisam ser necessárias para ajudar da melhor maneira possível um pet indefeso, tanto para a segurança dele quanto a sua. Acompanhe o conteúdo para saber mais!

Ao ver um gato abandonado, observe e espere

Se você encontrar um gato abandonado, o primeiro passo é observar bem o que tem ao redor dele e esperar por alguns minutos. É importante lembrar que, por mais que não seja recomendado por veterinários, alguns donos de gato deixam eles passearem pelas ruas.

Portanto, em alguns casos, pode ser que o pet não seja um animal abandonado, apenas está dando algumas voltas.

No caso de um gato abandonado recém-nascido, é sempre bom observar se ele está realmente sozinho. Isso porque as gatas saem para buscar alimentos e deixam os filhotes sozinhos por alguns instantes.

Gato abandonado: o que fazer quando encontrar um

Mesmo que a rua não seja uma situação ideal, nunca é recomendado que separe o filhote de sua mãe. Portanto, observe bastante a situação até concluir que o felino realmente não tem uma família e tome as devidas providências.

Providencie um meio de transporte adequado

Quando você contatar que o felino está abandonado, é necessário buscar a ajuda de um profissional. Dessa forma, é preciso encontrar um meio adequado de transporte para que o gato abandonado seja levado a um veterinário.

Isso porque o gato de rua pode estar contaminado por alguma doença ou parasita, mesmo sendo filhotes. Além disso, o gato não está acostumado com carinhos e pode machucar você quando o pega no colo.

Para evitar maiores confusões, o melhor é utilizar uma caixa de transporte. Colocar um pouco de ração dentro da caixa vai fazer com que o bichano entre para comer e, com isso, você fecha adequadamente.

Fique atento nos primeiros dias

Se você for uma pessoa sortuda e puder ficar com o gato, saiba que adotar um pet é um gesto de amor e carinho imenso. Dessa maneira, o ex gato abandonado retribui esse amor e carinho da melhor forma possível. Porém, é bom ficar atento nos primeiros dias do bichano em sua casa.

Esteja ciente que os gatinhos de rua não estão acostumados com a vida doméstica e podem demonstrar insegurança e hostilidade nos primeiros dias. A melhor maneira de evitar os problemas é ficar atento.

Gato abandonado: o que fazer quando encontrar um

Portanto, providencie tudo que o animal precisa para se adaptar e fique atento às portas e janelas para que ele não fuja. Um veterinário de confiança é bom nesses casos, pois ele pode ajudar com algumas dicas de adaptação.

Com essas dicas, é possível ajudar os animais de rua e, em alguns casos, até adotá-los para cuidar, dando amor e carinho a eles.

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário