Gato com fraqueza: descubra possíveis causas

Compartilhar:


gato com fraqueza

É difícil identificar o motivo de um gato com fraqueza, afinal, há várias possibilidades para que isso aconteça. Assim, muitas vezes pode se tratar de algum problema muscular ou até mesmo um mau jeito que o seu felino deu.

No entanto, é preciso ter bastante atenção! Isso porque existem problemas sérios que dificultam o andar do gato, sejam alterações no sistema motor ou problema das articulações.

Por isso, é preciso buscar explicações que vão além das suposições. Dessa forma, procure um veterinário para que ele possa dar o diagnóstico correto. Somente assim você poderá encontrar a verdadeira causa e iniciar o tratamento mais adequado para o animal. Confira a seguir as possíveis causas de gato com fraqueza e cuide bem do seu pet. Boa leitura!

Gato com fraqueza: o que pode ser?                           

Normalmente, os veterinários relacionam gato com fraqueza nas pernas com infecções no ouvido, alimentação errada, uma possível pancada ou problemas na coluna vertebral. São várias razões que esse desconforto pode surgir no seu pet, veja só!

Otite em gatos      

Assim como o equilíbrio humano é controlado através do aparelho auditivo, o equilíbrio dos animais também é. Assim, é possível que um problema no aparelho auditivo do animal provoque a perda de estabilidade das patas. Nesse caso, o animal não só para de andar como também não fica em pé. 

A otite é uma infecção no ouvido apontada como uma das causas do desequilíbrio em gatos.

Apesar das infecções do ouvido mais leves e externas não provocarem sintomas muito preocupantes, quando a infecção se agrava e acomete o ouvido médio, ela pode desencadear uma ataxia. Isso significa a perda de controle muscular, e o resultado é o gato com fraqueza nas patas traseiras e dianteiras.

Traumatismo                    

Esse é mais um caso que pode causar fraqueza nas patas traseiras do gato. Isso porque pancadas e quedas podem causar danos internos e, por muitas vezes, é até difícil para o tutor identificar alguma ferida. 

Portanto, em caso de mau funcionamento nos membros do gato, ainda que não seja possível ver o machucado, leve o animal para um veterinário.

Afinal, o que define a gravidade de uma lesão pode ser não é o tamanho do machucado. Sendo assim, quando notar algo diferente no comportamento do felino, não deixe de procurar a orientação de um profissional.

Problema na coluna          

O problema também pode ser originado do sistema nervoso, resultando no gato com fraqueza nas pernas, com poucos movimentos ou cambaleando.

Existem órgãos do corpo dos felinos que se localizam na cabeça e são encarregados pela movimentação do animal. Por isso, quando o gato tem problemas nervosos e cerebrais é comum acarretar quadros de dificuldade na locomoção.   

Também é importante lembrar que o equilíbrio possui uma relação íntima com os órgãos da orelha. Dessa forma, além da otite, qualquer dificuldade apresentada no sistema que controla a anatomia do felino pode ser interpretada como causa de oscilação do animal. 

Qual é o tratamento ideal para gato com fraqueza? 

São várias as disfunções que um gato com fraqueza pode apresentar, portanto os tratamentos também são variados e apropriados para cada patologia. 

Conforme a causa do problema, o tratamento pode ser estabelecido através de antibióticos, anti-inflamatórios, analgésicos ou até mesmo uma dieta especializada, caso a raiz do problema seja deficiência nutricional. Por fim, em situações mais graves o animal pode precisar de uma intervenção cirúrgica. 

Além disso, algumas condições podem acarretar sequelas neurológicas ou traumas severos. Por isso, é recomendável para o animal passar por terapias complementares como a fisioterapia, que podem auxiliar na qualidade de vida do animal. Entre essas atividades fisioterápicas, estão:

  • cinesioterapia;
  • laserterapia;
  • hidroterapia;
  • eletroterapia;
  • fototerapia;
  • magnetoterapia;
  • massoterapia.

Como evitar que o gato fique com fraqueza?                      

De forma geral, a falta de nutrientes apropriados para a idade e o porte do gato é parcialmente responsável pela diminuição da imunidade completa do organismo. Isso acaba tornando os órgãos, as estruturas e cartilagem mais fracas e vulneráveis a futuros problemas.

Portanto, uma das principais formas de evitar o gato com fraqueza é ter atenção à qualidade dos alimentos que oferecemos a ele.

Assim, você deve focar em rações naturais e que não possuem conservantes. Além disso, priorize os ingredientes especiais que agem de forma equilibrada e fornecem todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento do gato. Além, é claro, de reduzir as situações de falta de apetite do animal.                             

Inclusive, aqui na Cobasi você pode encontrar rações 100% naturais sem conservantes e sem corantes artificiais, contando com sabores irresistíveis para o seu gatinho e que proporcionam uma vida de qualidade e mais saudável.     

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário