Gato com respiração ofegante: o que fazer?

Compartilhar:


Gato deitado na cadeira
Ao perceber alguma alteração na respiração do felino, atente-se aos sinais

Caso você encontre o seu gato com respiração ofegante fique atento. Afinal, esse pode ser um sinal de que ele precisa da sua ajuda.

Isso porque a respiração acelerada pode ser um indício de que alguma doença mais séria está acometendo o seu bichinho. Porém, isso varia de caso para caso.

Mas não é preciso se desesperar. Basta tomar as medidas necessárias para que o seu pet seja assistido o mais rápido possível.

Quer saber em detalhes tudo o que você precisa fazer ao se deparar com gato com respiração ofegante? Então continue com a leitura do conteúdo a seguir. Ele foi escrito especialmente para tutores apaixonados por seus pets.

Gato ofegante: entenda melhor

É provável que o gato ofegante esteja inalando quantidade insuficiente de ar enquanto respira. Trata-se de uma dificuldade de fazer com que chegue aos seus pulmões a quantia necessária para a sua respiração.

Por essa razão, seu pet começa a respirar com maior rapidez, com inspirações mais curtas. Esse é um mecanismo de defesa natural do bichinho, uma tentativa de preencher a necessidade de oxigênio.

Gato com respiração ofegante: causas

É importante pensar que o gato ofegante não necessariamente sofre de algum tipo de doença. Isso porque, antes de tudo, esse é um sinal clínico que precisa ser investigado.

O gato com respiração ofegante pode estar sofrendo de nível de estresse elevado. Dessa forma, a causa é diretamente emocional. Porém, trata-se de um sintoma que requer todo o cuidado, por isso, a melhor escolha é analisar melhor a situação.

Outros sintomas

Em determinadas situações, a dificuldade de respirar pode vir acompanhada de outros sintomas, por exemplo, apatia e constante perda de peso.

Existem também doenças que fazem com que o gato com respiração ofegante também apresente outros sinais clínicos.

Por este motivo, perceber sintomas como febre, vômito, coriza, perda de peso e tosse são sinais de que o seu pet precisa passar por uma consulta veterinária.

Possíveis doenças

O gato ofegante pode estar com algum tipo de doença grave, pois a dificuldade ao respirar representa um risco à vida do bichinho. Dessa maneira, estar atento é o primeiro grande passo para que o seu pet tenha a recuperação esperada.

Entre as doenças que podem estar relacionadas ao gato com respiração ofegante, é possível destacar:

  • Pneumonia;
  • Processos alérgicos;
  • Tumor;
  • Processos alérgicos, entre outras.
gato lambendo a pata
Um veterinário ajudará tudo ficar bem

Há suspeita? Leve ao veterinário

A primeira atitude indicada ao perceber que o gato está ofegante é evitar soluções caseiras milagrosas. A automedicação pode prejudicar o seu pet e agravar o seu quadro de saúde. Para haver um diagnóstico certo, é necessário levar o seu gatinho até um veterinário de sua confiança.

Na clínica, o profissional irá avaliar o histórico de saúde de seu bichano. Além disso, ele pode averiguar se a sua vacinação está em dia. Por fim, o médico-veterinário irá solicitar exames para identificar com precisão o problema.

Caso seja necessário, outros tipos de exames complementares podem ser realizados. Por exemplo, radiografia, ultrassonografia, hemograma e outros.

Assim sendo, mantenha a calma, confie no seu veterinário e procure cumprir suas orientações médicas para que o seu pet volte a respirar normalmente e encha a sua casa de afeto e amizade.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

3 Comentários

  1. Regina disse:

    PRESISo de ajuda pra salvar o Gatinho de minha filha!!

  2. Elzir de Abreu Ferreira disse:

    Meu gatinho apareceu com sintomas de envenenamento e agora está muito ofegante; não sei o que fazer, estou muito apreensiva!

Deixe o seu comentário