Ganhe 10% OFF* na primeira compra. Use o cupom 10BLOG
*Limitado a um uso por CPF

Manchas pretas na pele do cachorro: o que pode ser?

| Atualizada em

Por Cobasi   Tempo de leitura: 4 minutos

Compartilhar:
Compartilhar:
mancha escura na pele do cachorro

Conhecer cada detalhe no corpo do seu animal de estimação é um cuidado que todo tutor tem. Então, quando aparece alguma alteração, como manchas pretas na pele do cachorro, pode gerar dúvidas e preocupação. 

Você notou algumas manchas escuras na pele do cachorro? Para entendermos melhor sobre essas alterações, convidamos a médica-veterinária Joyce Lima. Então, a seguir, saiba o que pode ser, causas e quando é uma condição preocupante. Acompanhe!

O que pode ser manchas pretas na pele do cachorro?

Ao longo da vida dos animais, é comum que a sua pelagem altere de coloração e até mesmo textura por diversos motivos, que vão desde causas genéticas e hereditárias. 

E não é só isso, até a alimentação que está sendo oferecida pode interferir, visto que a qualidade dos alimentos pode impactar diretamente na saúde da pelagem. Além disso, há outros fatores a qual o animal foi exposto.

Por exemplo, se ele entra muito em contato com água do mar ou produtos químicos que não são indicados para seu tipo de pelo.

Também vale destacar quando trata-se de uma questão natural. Por exemplo, a raça dálmata, são cães conhecidos por suas pintas pretas por todo o seu corpo. Mas, você sabia que os filhotes de dálmata nascem todos brancos?

Sim, as manchas características surgem à medida que os cães crescem, ou seja, uma condição natural. 

Principais causas de pele do cachorro escurecendo

Manchas pretas na pele do animal podem ser desde as famosas pintinhas – que são acúmulos de melanina, comuns e fisiológicas – até mesmo reações inflamatórias, hematomas, doenças parasitárias (como sarnas e fungos) e tumores.

Já deu para entender que existem diversos fatores para a mancha escura na pele do cachorro. Abaixo, detalhamos as principais causas.

Acanthosis nigricans

A melanina é um pigmento natural produzido por células chamadas melanócitos que tem como função proteger a pele do animal contra os raios ultravioletas. Portanto as manchinhas, são formas de proteção contra o sol. 

Elas são comuns e genéticas, porém, é importante que o tutor fique sempre atento ao aspecto das manchinhas com o passar dos anos (assim como fazemos em nós, humanos).

Se elas mudarem de cor, tamanho, aspecto, começarem a coçar ou formar feridas, é sinal de alerta! Procure um dermatologista veterinário o quanto antes.

Lentigo

cachorro com manchas pretas na pele
As manchas escuras na pele podem ser influenciada por bactérias, fungos ou parasitas que infectam regiões do corpo canino.

Também conhecida como mancha solar, o lentigo é uma condição hereditária, que se apresenta como manchas na pele do cachorro. 

A condição dermatólogica pode ser lentigo senil (decorrentes da idade) ou ter origem genética, mais comum em animais jovens.

Alopecia X

Também conhecida como Black Skin, a Alopecia X é uma quadro dermatológico que causa a interrupção do ciclo folicular. Ou seja, regiões da pele do animal que ficam sem pelo, que deixam o cachorro com manchas escuras na pele.

Com a ausência de pelo, a Alopecia acomete mais frequentemente a região do tronco, cauda e a barriga do cachorro, que acabam escurecendo, principalmente pela exposição solar.

Essa condição é chamada de telógeno, quando os folículos pilosos ficam em fase de repouso. As raças mais afetadas pela Alopecia X são: Spitz Alemão anão, Husky Siberiano, Chow Chow e Malamute do Alasca. 

Outra doenças

Como vimos, as manchas pretas na pele do cachorro podem ser fisiológicas, como o acúmulos de melanina. Mas, também pode ter outras causas, como ressalta Joyce Lima: 

“A mudança de cor e/ou textura também pode ser indicativo de algumas doenças, que merecem atenção por parte do tutor. Como alergias, reações inflamatórias, mudanças hormonais, doenças parasitárias (sarnas, fungos e bactérias), medicamentos e até mesmo tumores”, disse

Então ao sinal de qualquer alteração, procure um médico veterinário especialista em dermatologia para que avalie de forma adequada seu animal.

Manchas pretas na pele de cachorro: quando devo me preocupar?

A especialista da Cobasi responde: “ A resposta certa é: depende. Por exemplo, quando as manchas surgem de forma inesperada ou são manchinhas antigas que evoluíram de tamanho e mudaram de aspecto, é fundamental o acompanhamento com um dermatologista”. 

A avaliação de um veterinário é essencial para que sejam analisadas as manchas para identificar adequadamente sua causa, e consequentemente, realizar o tratamento de forma assertiva.

É possível evitar manchas pretas em cachorro?

De modo geral, é possível evitar algumas causas para o surgimento das manchinhas, como destaca a veterinária:

“Evitar a exposição prolongada e em horário de maior intensidade de raios ultravioleta (entre as 10 horas da manhã e 16 horas da tarde) são cuidados essenciais com a saúde dermatológica dos cães”, afirmou. 

cachorro com mancha preta na pele
Mantenha uma rotina de cuidados com a higiene da pele e pelagem do seu cachorro.

Joyce Lima completa: “ É fundamental estar em dia com o uso de antiparasitários (como antipulgas e vermífugos), rações de boa qualidade adequadas ao porte e idade do animal, além da higiene do seu pet”, completou.

Pronto, agora você sabe que pode ser cachorro com manchas pretas na pele. Como também sabe a importância de cuidar da saúde do seu amigo. 

Aqui na Cobasi, além de muita informação, há tudo o que é essencial para o seu cachorro, como produtos para higiene, cuidados com a pelagem, alimentos e muito mais. Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários. Até a próxima!

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

2 Comentários

  1. Ivay disse:

    Comecei hoje o tratamento estou confiante

  2. Ivay disse:

    Darei retorno após o tratamento!

Deixe o seu comentário