Sarna em cachorro: O que é e como tratar este problema?

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:
Filhote se corçando

A sarna em cachorro é uma doença cutânea que causa coceira, feridas, infecções e pode causar muito incômodo e desconforto no animal, por isso, precisa ser tratada assim que identificada. 

Existem três tipos de sarna em cachorro, mas para saber o tratamento adequado para esta doença, é importante consultar um veterinário, afinal, apenas ele saberá indicar a melhor forma de tratar o problema. 

Continue lendo para saber o que é sarna, o que é bom para sarna de cachorro e quais os principais medicamentos para tratar este problema tão comum em animais de estimação.

O que é sarna e como o cachorro pega essa doença?

A sarna é uma doença cutânea de pele causada por ácaros e parasitas que se alojam na pele do animal e vão se desenvolvendo. Além da coceira intensa, a sarna de cachorro pode causar feridas e até infecções se não for tratada. 

No entanto, nem toda sarna é igual, e cada uma delas necessita de um tratamento diferente. 

Existem três tipos de sarna canina: a sarna otodécica que atinge os ouvidos, a sarna negra ou sarna demodécica e a sarna sarcóptica, que podem acometer todo o corpo do animal.

Veja a diferença entre cada uma delas

Dos três diferentes tipos de sarna existentes, apenas dois deles são possíveis de curar e tratar: a sarna otodécica e a sarna sarcóptica. Já a sarna demodécica ou sarna negra, pode ser mantida sob controle, mas não pode ser curada.

Além disso, outra diferença é que a sarna negra é transmitida apenas de mães para filhos, ou seja, ela não é transmitida entre animais. 

Já os outros dois tipos da doença, podem ser transmitidos tanto para animais quanto para humanos. Por isso, os cuidados com a higiene são importantíssimos no tratamento das sarnas sarcóptica e otodécica. 

Continue a leitura e saiba mais sobre cada tipo de sarna em cachorro.

Sarna negra ou demodécica

A sarna demodécica ou sarna negra, costuma aparecer em forma de manchas em uma região específica ou por todo o corpo do pet. É comum que ela atinja ao redor dos olhos, boca, calcanhares, cotovelos e no queixo.

A sarna negra em cachorro é uma doença que não tem cura. Em compensação, também é transmitida apenas geneticamente através da mãe para os filhotes. 

Sua prevenção deve ser feita através da castração de animais doentes, evitando que a cadela cruze dando à luz a filhotes contaminados. 

Os principais sintomas da sarna negra são fragmentos de pele sem pelo, coceira intensa, descamação, inchaço e até ferimentos. 

O diagnóstico e o tratamento devem ser feitos por um veterinário, no entanto, não existe um remédio para esta modalidade da doença. Seu tratamento é feito através da melhora do aspecto da pele e dos cuidados com a saúde geral do animal. 

Apesar de não ter cura, é possível controlar a doença para que ela não se manifeste.

Sarna sarcóptica

Este é o tipo mais conhecido da doença, ele atinge principalmente as orelhas, peito e barriga do animal. Os sintomas da sarna começam a aparecer aos poucos e em pouco tempo, podem acometer todo o animal.

Ela também é chamada de sarna vermelha, por causar manchas avermelhadas na pele do animal. Seus sintomas são coceira, manchas e bolhas, queda de pelo e falta de apetite. 

Esta sarna de cachorro, pode ser transmitida tanto para animais quanto para seres humanos,  portanto tenha cuidado ao manipular animais doentes.

O tratamento deve ser acompanhado por um médico veterinário e é feito por meio de shampoo e sabonete para sarna, além de remédios para sarna de cachorro.

patas de cachorro com sarna

Sarna otodécica

A sarna otodécica é um tipo da doença  que aparece no ouvido dos cachorros. É comum que animais com esta doença se cocem com frequência, além de terem um acúmulo maior de cera na região

Esta doença normalmente é causada pelo ácaro Otodectes Cynotis, que naturalmente vive no ouvido dos animais, se alimentando de tecidos e causando irritações. 

As feridas e machucados causados pelo ácaro podem trazer outros problemas de saúde, como otites ou infecções graves, portanto, é necessário tratar a sarna assim que identificada, pois se evoluir, pode trazer complicações para a saúde do pet.

Quais os sintomas de sarna em cachorro?

Entre os principais sintomas da sarna em cachorros estão:

  • O surgimento de coceira
  • Vermelhidão
  • Crostas na pele
  • Feridas
  • Queda de pelos
  • Inflamações e lesões
  • Incômodos e coceira nos ouvidos

No caso da sarna negra, é comum encontrar pontos escuros na pele, como uma micose, além disso, a perda de pelagem nas regiões dos olhos e da boca. 

Vale ressaltar que estes sintomas também podem ser semelhantes no caso de outras doenças de pele, como as dermatites, portanto, é importante que ao observar os sinais, os animais sejam levados ao veterinário para uma avaliação completa. 

Para diagnosticar a doença, é possível que o veterinário peça exames de ele, como raspagens e análises de ferimentos. 

Remédios: o que é bom para sarna de cachorro?

Existem vários medicamentos e tratamentos para sarna, no entanto eles só podem ser administrados após uma visita ao veterinário e o diagnóstico correto da doença

Apenas um profissional qualificado pode diagnosticar qual o tipo da doença, identificar seu estágio e qual o tratamento mais adequado.

Por isso, é fundamental procurar um veterinário para fazer a avaliação da doença e receitar o medicamento de acordo com as necessidades do animal. 

No entanto, entre os principais métodos de tratamento para sarna, estão o uso de sabonetes, comprimidos, pomadas e shampoos. Conheça alguns remédios para sarna de cachorro:

  • Ivermectan Pet: É um comprimido mastigável indicado para o tratamento de sarna sarcóptica e demodécica. Este medicamento age paralisando e causando a morte dos parasitas responsáveis por esta doença. 
  • Tiuran: Este medicamento pode ser encontrado em forma se solução, spray aerossol ou em formato de sabonete, é indicado para o tratamento de sarnas e fungos, podendo ser utilizado em diversas regiões do corpo do pet de acordo com a recomendação médica. 
  • Sarnavet: Outro medicamento que pode ser encontrado em forma líquida ou em pomada é um sarnicida que elimina os parasitas causadores da sarna, micoses e fungos nos animais de estimação. 
  • Amipur ou Amitraz: São remédios para sarna de cachorro indicados para o uso tópico. Este medicamento também age como carrapaticida e deve ser usado a cada 7 ou 14 dias ou de acordo com a recomendação. 
  • Tetisarnol: é um spray indicado para o tratamento de sarnas, micoses, picadas de inseto, alergias na pele e eczemas. 

Quanto tempo dura a sarna de cachorro?

A sarna sarcóptica e a ortodécica costumam ser tratadas em cerca de quatro semanas, no entanto, a pele do animal pode levar mais tempo para ficar totalmente curada. 

Já a sarna negra é uma doença genética e não tem cura, mas pode ser tratada e o animal viver sem apresentar sintomas.

Como prevenção da sarna em cachorro transmissível, fique de olho nos ambientes que o seu pet frequenta e com quais animais ele tem contato. Além disso, mantenha a sua casa sempre limpa, principalmente o local onde o animal faz as necessidades.

Não deixe o cão em contato com outros animais que possam estar infectados e no caso da sarna negra, a castração é uma ótima escolha, afinal, evita o nascimento de outros cães com a doença.

Quer saber mais sobre a saúde do seu pet? Confira os posts abaixo:

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

2 Comentários

  1. Francisco Pires de Camargo disse:

    Será que de todas essas dicas falam tanto e não dizem nada e impressionante todos conduzem para o veterinário se e para levar para o veterinário não precisa nada

    • admin disse:

      Olá, Francisco! Como vai? Orientamos sobre protocolos e primeiros socorros ao animal, mas para garantir a saúde do seu pet a visita ao veterinário é fundamental. É muito perigoso medicar seu pet sem orientações de um especialista que examinou o animal presencialmente. Agradecemos a sua mensagem.

Deixe o seu comentário