O que cachorro come? Conheça os tipos de alimentos para cães

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:
O que cachorro come? Ração!

Ao comprar ou adotar um cãozinho, uma das primeiras dúvidas dos tutores é o que cachorro come. A alimentação da espécie Canis lupus familiaris é muito diferente da nossa e montar uma dieta balanceada é fundamental para a saúde e a longevidade do bichinho.

Nos dias de hoje, em que a obesidade afeta cada vez mais cães de estimação em todo o mundo, as dúvidas em relação à quantidade e o tipo certo de alimentação também são frequentes entre os tutores de animais. Ao mesmo tempo em que o grande número de opções de alimento para cães permite que todos os pets tenham a nutrição adequada, tanta variedade também confunde os donos.

Pensando nisso, apresentamos um guia completo com os principais tipos de ração para cachorro que você encontra aqui na Cobasi!

Qual o melhor alimento para o cão?

Não existe uma única ração melhor para todos os cães. Neste guia, você aprenderá a escolher a melhor ração para o seu cachorro. O alimento ideal é definido pela idade, o porte e as características do seu pet. Só assim, ele receberá todos os nutrientes necessários para a sua fase de vida e suas particularidades.

Uma ração que faz muito bem para um filhote, não oferece todos os nutrientes necessários para um cão adulto. O mesmo vale para o alimento de um pet de pequeno porte, que não deve ser dado para cães grandes ou gigantes. Ainda existem as rações medicamentosas, que são usadas para complementar diversos tratamentos médicos e só devem ser dadas com a orientação de um veterinário.

Além de tudo isso, o tutor ainda precisa escolher entre as qualidades de ração disponíveis no mercado.

Tipos de ração para cães

Existem três tipos de alimentos para cães. As rações secas são aqueles grãos que costumam ser a base da alimentação. Muito práticos e nutricionalmente completos, eles estão disponíveis em pacotes de 1, 2, 3, 10, 12, 15 ou 20 quilos. Muito populares entre cães e tutores, essa ração seca possui uma enorme variedade que vamos explicar mais adiante.

Outro alimento que faz sucesso é a ração úmida. Disponível em latas e sachês, se o próprio pet pudesse responder o que cachorro come, certamente ele diria essa opção! No geral, são nutricionalmente completas, mas é necessária uma quantidade muito grande para conseguir oferecer os nutrientes diários que um cachorro precisa. Por isso, ela costuma ser uma opção para agradar o pet, estimular a alimentação de idosos e animais doentes. Altamente palatáveis, também são muito usadas para dar comprimidos para cães mais seletivos.

Por fim, ainda existe a comida de cachorro natural. Feita em casa, ela também é muito saudável e saborosa, mas exige bastante empenho do tutor, além de acompanhamento veterinário frequente. A alimentação natural, ou AN como é chamada, deve ser feita de acordo com as necessidades nutricionais específicas do seu pet. Apenas um médico veterinário pode solicitar os exames para verificar a saúde do animal e prescrever um cardápio nutricionalmente completo. Além disso, temperos e diversos ingredientes devem ficar de fora, já que fazem mal para os cães.

A resposta para o que o cachorro come é bem variada. Os alimentos secos para cães são divididos em quatro grandes grupos classificados por seus ingredientes, que resultam em um maior ou menor grau de digestibilidade.

Vamos conhecer um pouco mais sobre os tipos de rações secas, as preferidas dos tutores:

Ração comum ou econômica

Esses alimentos costumam ser mais econômicos porque são compostos por ingredientes mais simples, geralmente farelo de milho, soja, entre outros. O preço mais acessível resulta em uma qualidade inferior e também o menor grau de digestibilidade.

Este é um alimento que não deixa o cachorro ter fome, mas também pode não oferecer todos os nutrientes que ele precisa. Seu uso deve ser acompanhado por um médico veterinário para avaliar a necessidade de suplementação. Normalmente, as fezes do animal são maiores e ele precisa de uma quantidade maior de alimento para se satisfazer.

Essas rações populares normalmente estão disponíveis em poucos sabores, como carne e frango, e possuem variações apenas para adultos e filhotes.

Ração Standard

A resposta para o que cachorro come é ração, mas estas podem ser de vários tipos. Agora, falaremos um pouco mais sobre as rações Standard. Com o custo um pouco mais elevado, elas também são mais balanceadas e ricas em proteínas de origem animal.

Seus ingredientes possuem qualidade um pouco superior e sua formulação é mais completa, oferecendo mais saúde e proporcionando mais benefícios aos cães. Algumas delas possuem suplementos que ajudam a reduzir o volume e o odor das fezes.

No geral, as marcas de ração possuem opções para cães filhotes, adultos e idosos, além de formulações desenvolvidas para cães pequenos, médios e grandes. A alimentação mais direcionada também é mais saudável e completa para o seu pet. Esse alimento faz com que o cachorro não precise de tantos grãos para se saciar e isso resulta em fezes menores.

Ração Premium

Quanto mais qualidade nos ingredientes, maior os benefícios para os cães. Os alimentos de linha Premium são muito mais ricos em proteínas animais do que os Standard e Econômicos. Eles possuem maior digestibilidade, facilitando o funcionamento correto do organismo do seu animal. É muito comum que esses alimentos apresentem suplementos benéficos para os cães.

Estas são opções com custo-benefício que atrai muitos tutores. Apesar de ser uma ração com o custo mais elevado quando comparado às citadas anteriormente, também é um alimento que proporcionará uma vida mais saudável e longa para o seu bichinho. Com isso, o tutor até economiza com visitas ao médico veterinário, podendo manter as consultas animais para vacinação e avaliação.

Os alimentos Premium para cães são ainda mais específicos. Por isso, na hora de escolher, você deve procurar por um que corresponda às características do seu bichinho. Você encontrará opções para cães de porte mini e pequeno que vivem em apartamentos, animais grandes que praticam atividades físicas, entre várias outras oportunidades de dar um alimento rico e completo para o seu bichinho.

Além de mais saudáveis, essa classe de alimentos também é mais saborosa e costuma ser livre de conservantes e corantes. Os cães adoram!

Ração Super Premium

Por fim, os alimentos Super Premium são aqueles que possuem maior digestibilidade, ou seja, oferecem uma formulação mais elaborada e benéfica para os cães.

O que cachorro come quando o tutor oferece uma ração Super Premium? Uma dieta completa muito mais gostosa!

Estes alimentos são os mais ricos em proteínas de origem animal, aquelas mais indicadas para os cães. Isso impacta diretamente no valor, sendo também as opções mais caras.

Além do alto nível de proteínas de qualidade, esses alimentos possuem ingredientes selecionados para atender a todas as necessidades mais específicas dos pets. Fora isso, normalmente são livres de conservantes e várias delas não utilizam ingredientes transgênicos. Disponíveis nos mais diversos sabores, essas rações possuem a base de várias proteínas diferentes que o tutor pode escolher. Entre as opções estão:

  • Carne bovina
  • Frango
  • Salmão
  • Cordeiro

As rações Super Premium oferecem opções extremamente específicas para cada característica dos pets. Entre os maiores grupos estão as com formulações mais naturais, que estão ganhando mais adeptos a cada dia, e aquelas que foram desenvolvidas com a mais alta tecnologia para oferecer o alimento mais altamente nutritivo para o pet. Ainda existem as rações medicamentosas que fazem o uso terapêutico dos alimentos para dar suporte ao tratamento de saúde para doenças cardíacas, renais, urinárias, entre outras.

É fundamental, que as rações terapêuticas só sejam dadas com a indicação de um médico veterinário.

O que cachorro come quando filhote?

Ração para cães filhotes! Desenvolvida para cachorros a partir dos 45 dias de vida, a ração para filhotes pode ser seca ou úmida. Na Cobasi você encontra diferentes sabores contando com todos os nutrientes que um cachorrinho nesta fase precisa.

Essa é uma das fases mais importantes do pet, quando ele está em desenvolvimento e precisa receber uma nutrição completa. Por isso, nunca ofereça alimentos de adultos e, se possível, opte por rações de maior qualidade.

Além de saber o que cachorro come quando filhote, é importante entender como oferecer esse alimento. O mais indicado é que os filhotes se alimentem de três a quatro vezes por dia com pequenas porções.

O que cachorro come quando adulto?

Feita para cães que já passaram de um ano de idade, a ração para cães adultos deve ser dada em menor quantidade. Normalmente o cálculo é de 2,5% até 4% do peso corporal do animal, mas o correto é verificar a embalagem pois as indicações podem variar de uma marca para a outra. Além disso, veterinários indicam que as porções sejam divididas em duas refeições diárias.

A ração para cachorro adulto tem a função de alimentar e manter o corpo em perfeito funcionamento, evitando a deterioração de tecidos e o desenvolvimento de doenças. Quanto melhor a qualidade da ração, melhor será a saúde do seu pet.

O que cachorro come quando idoso?

Direcionada para os cães com mais de sete anos, a ração para cães idosos ou sênior reúne todo tipo de nutriente necessário para uma vida saudável na fase da ‘terceira idade canina’. Este é o momento em que a alimentação tem a importante função de repor nutrientes perdidos no dia a dia, aumentando a longevidade e dando mais qualidade de vida para os nossos velhinhos.

A regra da quantidade aplicada aos cães adultos também vale para os idosos. E ainda é importante ressaltar que, nesta fase, os tutores devem ficar atentos já que, em muitos casos, os pets podem se recusar a comer. Os alimentos úmidos são grandes parceiros nessa hora, bem como alguns complementos, como molhos para ração. Os cães idosos adoram!

O que os cães podem comer além de ração?

E não é só de ração que vive o cão! Os pets também podem se alimentar com petiscos, mas sem exageros e lembrando que eles não proporcionam a nutrição completa e adequada.

Alguns tutores podem optar por dar alimentos naturais, por isso, fizemos uma lista daqueles que podem fazer parte do cardápio do pet, desde que o veterinário responsável autorize:

  • Manteiga de amendoim sem sal ou açúcar
  • Arroz integral
  • Maçã sem sementes
  • Cenoura
  • Frango cozido

Agora que você já sabe tudo o que cachorro come, que tal aprender mais dicas de saúde para o seu bichinho?

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

2 Comentários

  1. Margareth disse:

    Marcas de ração vegetariana ou a base de peixe.
    O animal está com alergia aguda
    E o preço de saco de 1a 3kg

Deixe o seu comentário