Peixe Betta pode ficar junto: principais cuidados

Compartilhar:


Peixe betta sozinho no aquário com plantas

O peixe betta é uma espécie resistente e fácil de cuidar, por isso é considerado um dos animais favoritos dos aquaristas. Contudo, a fama de agressivo faz com que muitos fiquem isolados em aquários menores. Afinal, peixe betta pode ficar junto?

Peixe betta pode ficar junto?

O peixe betta pode ficar junto de animais de outras espécies. Nunca deixe dois machos betta no mesmo aquário! Como são peixes extremamente territorialistas, é possível que os dois briguem. 

Portanto, para evitar problemas e acidentes, prefira manter o peixe betta macho sozinho.

Peixe beta fêmea pode ficar junto?

Em contrapartida, enquanto machos são considerados agressivos, as fêmeas têm a personalidade diferente: são dóceis e pacíficas, por isso podem ficar juntas em grupos de cinco a sete.

Além disso, a convivência com outras espécies também costuma ser comum e tranquila, basta garantir o ecossistema ideal e condições necessária para sobrevivência de todos.

Ainda no caso das fêmeas, o peixe betta pode ficar junto em casal. Uma fêmea e um macho, ou várias fêmeas e um macho se dão bem. No entanto, ainda assim é preciso atenção a convivência de ambos.

Um teste comum, antes de juntar os dois bichinhos, é colocá-los frente a frente, em aquários diferentes. Então, se a reação for pacífica, não haverá problemas!

Diferenças entre betta fêmea e macho

Peixe betta com barbatana grande em aquário sozinho

Para não errar e garantir que dois machos não ficarão no mesmo aquário, é necessário diferenciar os peixinhos.

A melhor maneira de descobrir o sexo do animal é através da barbatana. Enquanto os machos possuem caudas longas, a fêmeas possuem barbatana curta.

Os machos têm cores mais fortes e brilhantes, e são maiores em comprimento. Já as fêmeas são menores, em tons escuros e opacos.

Qual peixe pode ficar junto com o beta?

O peixe betta macho torna-se agressivo na presença de outro macho no mesmo aquário e espécies parecidas. Isso significa que, na hora de montar um aquário maior, com peixinhos coloridos, nunca coloque animais com cores similares ou com caudas longas. O Guppy, por exemplo, deve ser evitado, porque possui características semelhantes aos bettas.

Algumas espécies pacíficas que vivem bem com este pequeno animal são:

  •  Corydoras
  • Cobrinha Kuhli
  • Rasbora arlequim
  • Cascudinho

O peixe betta pode ficar junto deles, sem estresse! 

O número de companheiros também deve ser avaliado, de modo a evitar estresse. De qualquer maneira, aquaristas atentos observam o aquário de perto. Verifique o comportamento de todas as espécies para garantir que os peixinhos, crustáceos e outros animais convivam em harmonia.

A melhor maneira de garantir um convívio harmonioso é oferecendo um aquário grande. Se sua ideia é ter um aquário comunitário, prefira modelos maiores, que facilitem o nado de todos os animais.

Não se esqueça de oferecer a alimentação correta para todos e manter a temperatura da água entre 24º a 27ºC. O aquário do betta não deve ser exposto à luz solar direta, portanto, prefira deixá-lo em ambientes a meia luz. 

Deixe o ambiente mais confortável, com acessórios e plantinhas, ideias para estimular os bettas e diverti-los.

Gostou das dicas? Saiba tudo sobre aquarismo no blog da Cobasi:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário