Regador: conheça os principais tipos para jardim ou horta

Compartilhar:


Para quem gosta de plantas, saber quando e como regar cada uma é essencial para que elas se mantenham saudáveis. Manter o jardim ou a horta hidratado na medida certa é tarefa a ser aprendida com o dia a dia, e os maiores aliados nesse trabalho são os bons acessórios para jardinagem. O regador é um dos mais importantes entre esses equipamentos.

Para um jardim bem cuidado, é necessário buscar saber qual a necessidade de hidratação de cada planta que você está cultivando. Sabendo disso, você entenderá qual o fluxo de água que elas demandam, podendo oferecer a quantidade correta e evitando que sejam danificadas.

E é aí que entra a escolha pelo melhor tipo de regador, pois, apesar de parecer um objeto comum e facilmente substituível, ele é construído especialmente para que as plantas sejam hidratadas da maneira certa.

O material, o tamanho e o tipo de saída de água são algumas das características que variam de um modelo para outro e que devem ser observados no momento da compra.

Aqui estão as principais características que devem ser levadas em conta na hora de escolher o regador.

Saída de água do regador

A maior vantagem dos regadores é o fato de seu jato de água não ser muito forte e ao mesmo tempo ser capaz de chegar a praticamente toda a área de terra.

Para que isso ocorra, atenção à primeira e principal dica: dê preferência aos modelos de regador que tenham saída de água com furinhos na extremidade, e com bom espaçamento entre os furos, porque assim mais regiões da planta serão atingidas.

Material do regador

Quanto ao material de que são feitos, há regadores de plástico, de alumínio e até de metal disponíveis no mercado. Os de plástico costumam ser os mais comuns, bastante leves, práticos e resistentes, são fáceis de lavar e, no final, podem até ser reciclados.

Em relação aos preços, esses variam de acordo com o volume de água que comportam: quanto maior, mais caro ele vai ser.

Existem também regadores de alumínio, que costumam ter um design mais elaborado para que sejam usados também como artigos de decoração, servindo de suporte para flores, por exemplo. São mais caros que os de plástico e normalmente mais pesados, no entanto sua limpeza é simples e eles não enferrujam.

Um outro tipo de regador disponível no mercado, esse menos comum, é o de metal, que também costuma ser usado como objeto de decoração, às vezes pintado em cores chamativas. Ele não é recomendado para rega constante, porque enferruja com o tempo.

Comprimento do cano

Se o espaço a ser regado for menor e de acesso mais difícil, opte por um regador de cano longo, assim você não precisará se embrenhar tanto pelo jardim para chegar a todas as plantas. Os modelos de cano curto são bons para hortinhas e jardins fáceis de serem acessados.

Capacidade do regador

A capacidade dos regadores, em geral, varia bastante. Na média, encontram-se disponíveis itens que comportam de 2 a 15 litros de água.

Leia mais sobre em nosso blog:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário