Ganhe 10% OFF* na primeira compra. Use o cupom BLOG10
*Limitado a um uso por CPF

Tipos de hamster: conheça 4 espécies para ter em casa

| Atualizada em

Por Cobasi   Tempo de leitura: 3 minutos

Compartilhar:
Compartilhar:
Hamster castanho claro com os braços juntos

Quantos tipos de hamster você conhece que podem ser considerados animais de estimação? Descubra quais são as espécies de hamsters domésticos mais indicadas para fazer parte da sua família. 

Hamster é uma raça ou uma espécie?

Antes de contarmos quais são os tipos de hamster domésticos, é preciso esclarecer um tema que causa muita confusão em tutores de primeira viagem. Se referir a variedades de hamsters como raça, é correto ou não? A resposta é não, mas vamos explicar melhor.  

O termo espécie deve ser usado para se referir a grupos de animais que possuem características físicas, comportamentais, alimentares similares e genética semelhantes. Bons exemplos são cachorros, gatos e hamsters. 

Por sua vez, a palavra raça é indicada para se referir a variações de animais domésticos dentro de uma espécie. Fazem parte dessa categoria poodle, pug, pitbull, labrador ou persa, pois apresentam as mesmas características físicas e comportamentais, selecionadas por criadores.

No caso dos roedores, o que torna o hamster uma espécie única é a contagem de cromossomos, que varia de animal para animal. Essa diferença, presente nos diversos tipos de hamster, impossibilita a perpetuação das características do animal após o cruzamento entre espécies diferentes, gerando um filhote estéril. 

Conheça 4 tipos de hamsters domésticos para estimação

Há cerca de 24 tipos de hamster na natureza. Entretanto, apenas 4 espécies podem ser consideradas domésticas. Em nosso país, o cenário é ainda mais restrito, pois apenas duas espécies possuem a autorização do IBAMA para criação em cativeiro. Conheça mais sobre elas.

1. Hamster tipo sírio

casal de hamster sírio
Casal de hamster tipo sírio

O sírio é, provavelmente, o tipo de hamster mais popular no Brasil. Suas principais características são medir de 15 a 19cm e pesar até 140 gramas. Com uma personalidade calma e tranquila, essa espécie pode se apresentar com pelagem longa de tonalidade única ou até a combinação de duas ou três cores.

Se ele chamou a sua atenção, saiba que ele é um animal carinhoso, mas também territorialista. Isso significa que o tutor precisará ter uma gaiola exclusiva para ele, pois o roedor não gosta de dividir o seu espaço.

2. Hamster tipo anão russo

Hamster anão russo na serragem
O Hamster anão russo é famoso por seu tamanho

Um tipo de hamster doméstico fácil de encontrar nos lares brasileiros é o hamster anão russo. Além de ser liberada pelo IBAMA, essa espécie faz sucesso por seu porte compacto, sendo considerada a menor que existe.

As principais características do anão russo são o comportamento dócil e carinhoso, mas ao mesmo tempo, elétrico. Eles são animais de estimação que necessitam de interação com os tutores e estímulo frequente com brinquedos. Sua expectativa de vida é de 2 anos, aproximadamente.

3. Hamster chinês

hamster chinês entre as folhas
Devido ao seu tamanho, o hamster chinês é confundido com o não russo

Um tipo de hamster que, apesar de doméstico, não tem a sua criação em cativeiro liberada no Brasil é o chinês. Simpáticos, curiosos e territorialistas, eles podem ser encontrados em uma combinação de café, cinza ou branco com a região abdominal branca.

4. Hamster Roborowisky

mulher segurando hamster roborovskii
A mulher hamster Roborovskii mede aproximadamente 5cm

O Hamster Roborowisky é conhecido por seu tamanho compacto, que pode variar entre 4 e 6cm e a sua fragilidade, o que exige um cuidado maior do tutor durante as brincadeiras. Em contrapartida, ele pode ser considerado um tipo de animal doméstico com um perfil dócil e atencioso.

Gostou de conhecer os tipos de hamsters domésticos e as principais características deles? Então, conte para gente: entre o hamster sírio e o anão russo, qual deles tem mais chance de se tornar o seu animal de estimação?

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário