Saiba qual é a maior cobra do mundo

Compartilhar:


a maior cobra do mundo

Saber o tamanho exato de uma cobra não é uma tarefa simples, principalmente porque as serpentes crescem durante toda sua vida. Sendo assim, elas podem crescer muito mais que seu peso médio, alterando a classificação com o passar do tempo. Mas qual será a maior cobra do mundo?

Atualmente, a maior cobra do mundo é Píton-Real, superando a Sucuri (muito conhecida como Anaconda). As adultas podem chegar à incrível marca de 9 metros. No Guiness Book (Livro dos recordes), a maior Píton-Real encontrada mede 10 metros. Mas, além dela, muitas outras alcançam números chocantes. Confira agora!

Cobra-real (Ophiophagus hannah)

Essa é a espécie de cobra mais venenosa entre todas, sendo um pouco mais magra do que as que sufocam sua presa. Fazendo jus ao nome, a cobra é a rainha em comer outras serpentes. Seu veneno é totalmente capaz de matar um elefante, ou seja, caso encontre uma, não pense duas vezes antes de se afastar.

Anaconda amarela (Eunectes notaeus)

Essa espécie é mais comum em pântanos do Paraguai. Ela mora em zonas alagadas e ataca presas que arriscam se aproximar. Além disso, é uma cobra muito solitária, descartando possibilidades de encurralamento entre duas.

Jiboia (Boa constrictor)

A Jiboia é outra espécie grande. No entanto, diferentemente das citadas acima, ela não tem o costume de comer pessoas. Sua pele destaca beleza, e normalmente é a escolhida por quem deseja ter um animal de estimação exótico.

Píton-indiana (Python molurus)

A Píton-indiana é astuta e está sempre se enrolando em torno de sua presa. Dessa forma, ela aperta cada vez mais até sufocar. Após esse procedimento, ela engole a presa inteira e faz uma sesta. A cobra presente em O Livro da Selva, por exemplo, é uma Píton-Indiana.

a maior cobra do mundo

Píton-africana (Python sebae)

A Píton-africana não é uma boa escolha como animal de estimação. Isso porque é extremamente difícil domesticá-la. Além disso, elas podem engolir uma criança sem dificuldades. Ou seja, tornam-se ainda mais perigosas. Diferente da maioria das Pítons, essa serpente guarda seus ovos e cuida de suas crias nos primeiros dias de vida.

Píton-ametista (Morelia amethistina)

A Píton-ametista é a maior espécie que vive na Austrália e, muitas vezes, acaba comendo os típicos cangurus do país. Ela não tem o costume de se alimentar de seres humanos, porém, também não é recomendado brincar com ela. Além do nome Píton-ametista, também pode ser chamada de Píton da Papua.

Sucuri (Eunectes murinus)

A Sucuri, ou Anaconda Verde, mesmo não sendo a maior em comprimento, possui um peso que é praticamente o dobro de outras Pítons. Seus números são assustadores, já que ela pode ter a mesma largura que um homem. Ela não gosta de comer seres humanos, mas, ainda assim, evite se arriscar.

De um modo geral, é sempre importante tomar muito cuidado com esse animal, pois além de muitas espécies venenosas, outras conseguem matar pessoas sufocando ou simplesmente engolindo. Em caso de picadas, não pense duas vezes antes de correr para o hospital e, se possível, sabendo por qual espécie foi atacado.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

1 Comentário

  1. Nathaly disse:

    A Verde é linda né

Deixe o seu comentário