Você sabe o que é ailurofobia

Compartilhar:


Gato de olhar amarelo mostrando língua
O que leva ao medo dos gatos?

A ailurofobia é definida, de forma geral, como o medo que as pessoas têm dos gatos sem saber ao certo o porquê, embora haja uma justificativa específica para cada caso.

Para início de conversa, cabe lembrar que o medo compõe as emoções instintivas dos humanos e tem como uma de suas funções gerar proteção diante de momentos que apresentem riscos.

Dessa maneira, o medo faz que as pessoas consigam encontrar uma solução para situações em que se encontram ameaçadas. Entretanto, há um conjunto de medos que são irracionais, dando surgimento as fobias.

Conheça melhor a ailurofobia, que nada mais é que medo de gato. Mas não se preocupe, essa é uma fobia mais comum do que se pensa.

O que é ailurofobia

Embora para boa parte das pessoas a companhia de um gato ou de gatos seja extremamente agradável, outras podem sofrer muito com isso. Cientificamente, a doença é caracterizada como o medo de nível intenso e irracional causado por gatos.

Por isso, é importante levar a pessoa com medo de gato a sério, já que ela pode passar a sofrer com sinais de ansiedade e, em casos mais extremos, com pânico. Isso pode acontecer quando a pessoa que sofre de ailurofobia está no mesmo ambiente que um gato ou quando simplesmente ela pensa em um.

Mesmo esse medo de gato sendo irracional, as pessoas sabem que sofrem dele não conseguem controlar a ansiedade que sentem.

O temor pode estar ligado a causas simples de medo, como:

  • De ser arranhado por um felino;
  • De tomar uma mordida;
  • Do misticismo que envolve o gato.

Porém, a ailurofobia pode ter causas mais profundas.

O que pode causar a fobia de gato

Fora as causas consideradas mais simples da ailurofobia, há outros fatores que podem explicar porque certas pessoas têm tanto medo de gato.

Um deles está ligado a experiência que causou traumas, uma experiência que tenha sido extremamente negativa com um gato ou com gatos, o que pode ter acontecido na infância e impactado mais a frente.

Outra causa está ligada a crianças que observam seus pais, desenhos ou qualquer outra pessoa que tenha medo de gato e passam a desenvolver a ailurofobia.

Cientistas não descartam o fato de que há pessoas com predisposição genética para certas fobias, sendo apenas uma predisposição pessoal.

Por fim, é inegável que existe todo um folclore em torno dos gatos, que é validado em contos, fábulas, desenhos e toda a sorte de histórias que retratam o gato como um ser maligno. São crenças populares que acabam fazendo com que pessoas desenvolvam o medo irracional de gatos.

Gato filhote fazendo cara de mal
Será que os felinos estão associados ao mal?

Como tratar a ailurofobia

Pessoas com medo de gato devem procurar ajuda profissional de um psicoterapeuta que irá avaliar o seu histórico.

Dessa maneira, o medo de gato pode ou não ser tratado com medicamento, cabendo ao psicoterapeuta diagnosticar a melhor solução para cada um de seus pacientes.

Um dos aspectos levados em consideração é a intensidade a que a pessoa está exposta quando se depara com um gato ou quando apenas pensa neles.

Esse tratamento aliado ao costume com a presença de um gato faz com que, com o tempo, a pessoa sofra menos a ailurofobia.

Gostou desse post? Então, leia mais sobre o tema em nosso blog:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário