Aranha: descubra tudo sobre esse animal

1 de abril de 2021

Fauna e Flora, Outros animais
Aranha: descubra tudo sobre esse animal

Existem muitas espécies de aranha ao redor do mundo. Algumas delas, ainda que grandes e assustadoras, podem oferecer menos riscos aos seres humanos do que outras, menores e venenosas.

Existem até mesmo as aranhas que podem ser animais de estimação, você sabia? Nesse artigo, vamos falar mais sobre as espécies mais comuns de aranhas venenosas encontradas no Brasil e os cuidados que você precisa ter.

Aranha-marrom

Existem três espécies de aranhas perigosas que podem ser encontradas no Brasil. A primeira delas é a aranha-marrom, que pode chegar a três centímetros de comprimento, em média. Apesar de não ser uma aranha grande, nem ter um comportamento agressivo, a aranha-marrom vai se defender se seu corpo for comprimido.

Por isso, a melhor maneira de evitar sustos é com a organização: evite acúmulo de entulhos, tijolos, caixas, garrafas e outros materiais, especialmente em locais onde não bata luz com frequência e que sejam pouco movimentados. Mesmo com esses cuidados, a presença delas pode acontecer, então bata sapatos e roupas antes de usar, por precaução. 

A picada da aranha-marrom muitas vezes não provoca dor, então a pessoa tende a perceber o ocorrido de 12 a 24 horas depois do contato. É possível que aconteça o surgimento de bolhas, inchaço, coceira, aumento de temperatura e mal-estar, além da necrose do tecido, ou seja, a morte das células provocada pela ação do veneno.

Os perigos da aranha-armadeira

Essa, sim, é uma aranha que merece muita atenção e cuidado. Além de ser considerada a aranha mais perigosa do mundo, a aranha-armadeira, também conhecida como aranha de macaco ou aranha de bananeira, é facilmente encontrada no Brasil, principalmente nas regiões Sul e Sudeste.

Seu tamanho é de cerca de 4 centímetros, mas pode chegar a 15 cm quando as patas estão esticadas. A aranha-armadeira é encontrada principalmente em locais escuros e pode se esconder dentro de sapatos, atrás de móveis, entre as roupas, dentro de armários e por aí vai.

Seu veneno é muito poderoso e pode ser fatal para crianças e idosos. Geralmente, as pessoas picadas sentem muito mal estar, com febre, suor, dificuldade para respirar e vômitos. É fundamental correr para o hospital diante da menor suspeita de que houve uma picada, para evitar problemas mais graves e até mesmo a morte.

Uma dica é tomar cuidado extra ao entrar em contato com locais onde haja mata, especialmente onde existem bananeiras. Inclusive, verifique com cuidado os cachos de banana, pois elas costumam se esconder entre as frutas.

Aranha viúva-negra

Aranha viúva-negra

Uma das aranhas mais famosas, sem dúvidas, é a viúva negra. Apesar de não ser grande, podendo chegar a cerca de três centímetros de comprimento, é bem distinta por ter manchas vermelhas que pintam seu corpo preto.

A picada de uma aranha viúva-negra provoca muita dor, aumento de pressão e variação nos batimentos cardíacos. A pessoa que foi picada deve ser levada rapidamente ao hospital para receber tratamento o quanto antes.

Aranha caranguejeira

Essa aranha você provavelmente já viu, nem que seja em algum filme. Além de serem bem grandes, podendo chegar a 26 cm de comprimento, tem uma aparência bastante assustadora devido aos pelos que cobrem quase todo o seu corpo.

São justamente alguns desses pelos que provocam coceira, irritação e sensação de queimadura quando entram em contato com a pele. Apesar da dor e do incômodo, o contato de uma aranha caranguejeira com a pele humana não costuma provocar grandes estragos.

Já com os olhos é preciso tomar muito cuidado, pois se os pelos da caranguejeira se soltarem e tiverem contato com a vista, podem causar uma grave inflamação da córnea.

Aranha de estimação

Aranha de estimação

Apesar de tudo isso, existem algumas espécies de aranhas que são inofensivas para o homem e podem até mesmo se tornar bons animais de estimação. De maneira geral, o custo para manutenção tende a ser relativamente baixo e elas podem ser mantidas em aquários parecidos com os utilizados por peixes.

A tarântula é a mais conhecida dessas espécies. No Brasil pode ser bastante difícil encontrar estabelecimentos autorizados a comercializar esses animais, então você pode se aventurar a caçar sua própria aranha desde que saiba muito bem o que está fazendo. Pesquise bastante e vá adiante apenas se tiver certeza de que não está colocando a si mesmo e às pessoas que moram com você em risco. Em caso de dúvida, não se prossiga! Levar uma aranha venenosa para casa por engano não vale a pena.

Quer continuar a leitura? Confira esses artigos selecionados para você: