Aves do paraíso: saiba mais sobre esses lindos pássaros

Compartilhar:


aves do paraíso

Imagine um pássaro que, por sua beleza incomparável e suas características únicas, foi chamado de ave do paraíso pelos primeiros seres humanos que o viram. Impressionante, não é mesmo? E não é pra menos! As aves do paraíso formam um grupo de 42 espécies conhecidas de pássaros, nativos da Papua Nova Guiné e da Austrália. A marca registrada dessas aves são as plumagens coloridas em tons variados e as penas alongadas em algumas partes do corpo.

Características gerais das aves do paraíso

As principais cores presentes nas penas das aves do paraíso são vermelho, azul, verde e amarelo, mas recentemente foi descoberta uma nova espécie com a maior parte das penas em uma cor preta muito densa e brilhante.

Os machos das aves do paraíso costumam ter penas mais alongadas, que também podem ser chamadas de serpentinas. Essas penas compridas, junto com outras plumagens de cores vibrantes na cabeça, no peito e na cauda são artifícios para chamar a atenção e conquistar a fêmea quando chega a época do acasalamento.

As fêmeas também são muito bonitas, mas não costumam ter colorações tão marcantes quanto os machos das espécies.

Onde vivem e do que se alimentam as aves do paraíso

As aves do paraíso costumam ser encontradas nas florestas tropicais da Papua Nova Guiné, uma ilha repleta de montanhas que equilibra perfeitamente o clima quente das regiões próximas às praias com temperaturas mais baixas quando nos aproximamos do topo das colinas. Com isso, além delas, algumas outras espécies únicas no mundo se desenvolveram nesse local especial, como certos tipos de canguru e cachorros selvagens. 

A alimentação das aves do paraíso é composta, basicamente, por uma variedade de frutas e pequenos artrópodes, como aranhas. Muitas delas não conseguem digerir as sementes das frutas que ingerem. Assim, essas sementes são expelidas junto com as fezes, caindo no solo e contribuindo diretamente para o surgimento de novas árvores.

Reprodução

Boa parte dos machos das espécies de aves do paraíso executam rituais elaborados de conquista das fêmeas. Algumas dessas espécies fazem o chamado acasalamento lek, quando vários machos se apresentam ao mesmo tempo para serem escolhidos por fêmeas fortes que exercem esse poder de seleção.

A construção do ninho, a incubação e os cuidados com os filhotes dependem inteiramente da fêmea. Os ovinhos levam entre 16 e 22 dias para chocar, e os bebezinhos das aves do paraíso deixam o ninho entre os 16 e os 30 dias de idade.

Muitas espécies de aves do paraíso estão em risco de extinção por serem caçadas por seres humanos que buscam obter suas penas únicas para fazer adornos de roupas e objetos. Infelizmente, como espécie, nós somos uma grande ameaça aos animais que habitam nosso planeta.

Você pode combater essas atitudes se informando cada vez mais e respeitando a natureza, assim como todos os seres vivos que fazem parte dela. Faça a sua parte!

Confira outros artigos selecionados para você:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

1 Comentário

  1. Renan Rosa Meneguci disse:

    Essas aves são bonitas, 39 espécies que encantam

Deixe o seu comentário