Aves que não voam: descubra características e curiosidades

Compartilhar:


pinguim é uma das aves que não voam

Parece confuso pensar em aves que não voam, afinal, o grupo tem como principal característica o voo. Porém, algo longo da história, os animais se modificaram e evoluíram de acordo com seu ambiente. É o que chamamos de evolução das espécies.

E quando o assunto são as aves, existem diversas curiosidades sobre esses bichinhos que se diferenciam no seu tamanho, características e até personalidade.

Tem aves que não voam?

Sim! E mais, existe um grupo que reúne todas elas, o Ratitas, que pertence à Ordem Struthioniformes. Há milhões de anos atrás, as aves eram seres que voavam, mas com o tempo, as espécies sofreram alterações das suas ancestrais para se adaptar ao novo mundo.

Por que as aves não voam?

O que acontece com esse grupo de animais é que houve a perda da estrutura carena. Uma espécie de osso na região do peito que é responsável pelos batimentos das asas. Entretanto, uma vantagem competitiva dessas aves que não voam são suas pernas, por exemplo.

Quais são as aves que não voam?

avestruz é uma das aves que não voam

Entre as aves que não têm capacidade de voar, você deve conhecer, no mínimo, a maioria. E quando você pensa no assunto, quais as principais dúvidas? Avestruz voa? Galinha? Pinguim? Conheça quatro aves que não têm capacidade de voar.

Avestruz

Vamos começar pela maior ave do mundo que teve sua origem na África, o avestruz! Por mais que esteja na lista de aves que não voam, o animal é número um no quesito corrida, visto que alcança até 90 km/hora.

Ema

Já similar ao avestruz temos a ema, uma outra ave que não voa, e é bem conhecida na América do Sul. Assim como sua parceira de tamanho, a ema é uma corredora de primeira. A maior diferença entre a ema e o avestruz é seu tamanho, sendo a primeira bem menor.

Uma curiosidade é que um avestruz chega a pesar 150 kg, já a ema fica em torno de 40 kg.

Pinguim

Uma não tão surpresa na lista de aves que não têm capacidade de voar é o pinguim. Este pequeno, que é um excelente nadador, utiliza suas asas para turbinar sua desenvoltura na água. Além disso, suas nadadeiras são musculosas e ágeis. O bichinho faz sucesso na Antártica, mas nem todos vivem no frio. O pinguim-de-galápagos está na costa do Equador, por exemplo.

Kiwis

Agora, aqui está um animal que vai te surpreender! O Kiwi não faz sucesso pelas terras brasileiras, visto que seu habitat natural é a Nova Zelândia. Aliás, o bichinho é um dos símbolos do país!

De porte pequeno, com um bico enorme e hábitos noturnos, o Kiwi tem um olfato apurado e adora se alimentar de plantas, insetos e aranhas. Esta ave exótica tem mais ou menos o tamanho de uma galinha e atualmente há um projeto para impedir a extinção da ave ratita. Isso porque eles são presas fáceis na natureza.

Então, gostou de aprender mais sobre pássaros que não voam? A fauna é pura beleza e curiosidades sobre animais é o que mais existe por aí. Inclusive, que tal continuar sua leitura no nosso blog? Veja outros posts interessantes:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário