Cachorro com alergia: como diagnosticar e tratar

Compartilhar:


Cachorro com alergia: como diagnosticar e tratar

Cachorro com alergia é sinônimo de tutor preocupado. A angústia de ver seu pet se coçando, muitas vezes com lesões na pele, inchaço e outros sintomas, leva diversas pessoas e seus amigos peludos aos consultórios veterinários todos os dias.

As causas para alergia em cachorro são diversas, assim como os sintomas. Por isso, é importante saber ao que você deve estar atento, para agir o quanto antes. Fique com a gent até o final da leitura para entender melhor o assunto.

Como identificar cachorro com alergia

Se você não tem certeza se o seu cachorro está sofrendo de alergia ou não, existem algumas pistas que podem ajudar a descobrir. A alergia pode ser provocada por uma infinidade de substâncias, como poeira, picada de pulga e carrapato.

Os produtos de limpeza que não são de uso veterinário, o leite e até mesmo a ração que o pet ingere também podem causar alergia.

Também é possível que a alergia seja hereditária. Nesse caso, algumas raças são sabidamente mais propensas a apresentar alergia do que outras. É o caso do Bull Terrier, Bulldog (tanto o inglês quanto o francês), Pug, Shih Tzu e vários outros.

Sintomas em cachorro com alergia

A coceira é, sem dúvida, o principal sintoma de alergia em cachorro, mas não é o único. Inclusive, é importante saber diferenciar uma coceira esporádica, causada por um pouco de lama seca sobre os pelos, por exemplo, de uma coceira que é intensa e incontrolável. Essa última, quando muito intensa, não deixa o pet dormir ou se alimentar direito.

Outros sintomas provocados pela alergia são a queda de pelos, o surgimento de feridas, inchaço e inflamação. O cachorro pode apresentar secreção nos olhos, nos ouvidos, alterações nas gengivas e vários outros problemas.

Por isso, se você perceber qualquer uma dessas alterações no seu cachorro, não espere: leve o pet a uma consulta com o médico veterinário o quanto antes para que seja possível fazer um diagnóstico preciso e iniciar, o quanto antes, o tratamento mais adequado.

Tratamento para cachorro com alergia

Tratamento para cachorro com alergia

Até então, quando há suspeita de que um cachorro esteja com alergia, a conduta mais adotada pelos médicos veterinários é suspender todos os possíveis alérgenos (ou seja, as substâncias que podem estar provocando a alergia) e indicar uma ração hipoalergênica para cachorro.

Dependendo do caso, o médico veterinário pode indicar, também, shampoos e alguns outros medicamentos. Esses recursos podem ajudar a controlar o quadro, deixando o pet o mais confortável possível, para que possa se alimentar, dormir e brincar normalmente.

A partir de agora, os profissionais de saúde têm uma outra alternativa, que é a melhor ração para cães com alergia de pele. A Royal Canin desenvolveu Anallergenic, uma ração seca para cachorros com suspeita ou diagnóstico confirmado de alergia, que precisam de todo cuidado para manter a condição sob controle.

Ração Royal Canin Anallergenic para cães alérgicos

A ração Anallergenic foi desenvolvida de maneira a promover a saúde da barreira protetora natural da pele. Sua fórmula e processo de produção excluem as fontes de alérgenos, além de utilizar apenas péptidos com baixo pelo molecular, o que contribui para reduzir o risco de intolerância a determinados nutrientes.

Em adição, essa ração para cachorro alérgico possui um complexo de antioxidantes que ajuda a neutralizar os radicais livres do organismo.

Caso você seja tutor de um ou mais cães com suspeita de alergia, converse com o médico veterinário que faz o acompanhamento dos pets e inicie hoje mesmo o tratamento com Royal Canin. Conheça, também, a versão de Anallergenic indicada para gatos com problemas de alergia.

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário