Coleira Seresto: 8 meses de proteção

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:
Cachorro com coleira seresto

A coleira Seresto, do laboratório Bayer, é considerada uma inovação no mercado, pois funciona como antipulgas, carrapatos e repelente para mosquitos. Ela protege contra doenças graves, como a leishmaniose, babesiose e erlichiose, e ameniza alergias causadas pelas mordidas das pulgas. 

A alta eficácia da coleira mantém o pet protegido por até 8 meses. Ela pode ser usada em cães e gatos filhotes a partir de 7 semanas de vida, adultos e idosos. Veja todas as informações sobre a coleira antipulgas Seresto, tire suas dúvidas e entenda como usar o acessório da forma correta.

Como funciona coleira Seresto?

A ação protetora da Seresto funciona com dois princípios ativos que se completam. Imidacloprida é o responsável pela eliminação de pulgas adultas, larvas e piolhos. Já a substância Flumetrina age contra carrapatos e o mosquito-palha, transmissor da leishmaniose. 

O acessório libera gradualmente e de forma segura os ativos na pele e pelo do cão. Ele cria uma camada invisível que protege o pet dos parasitas quando estes entram em contato com o animal. Isso que dizer que os cachorros ou os gatos não precisam ser picados para as substâncias repelires pulgas, carrapatos e mosquitos. Muito mais seguro e eficaz!

A coleira Seresto não possui cheiro, não é oleosa e, ao contrário de outros produtos, você não precisa esfregar o acessório no corpo do cão, nem realizar qualquer outra ação para que ela comece a fazer efeito. Basta colocar no pescoço do animal.

Vermelhidão e coceira podem aparecer em cães que não estão acostumados a usar coleira, porém as reações desaparecem em até duas semanas. Caso a vermelhidão ou coceira piorem ou continuem após duas semanas, o indicado é retirar o acessório e dar banhos no cachorro até a retirada total das substâncias da pele.

Em outros casos, leve seu amigo ao veterinário para examinar reações mais graves e garantir a saúde dele. Este produto não é indicado para fêmeas gestantes ou em lactação.

Quanto tempo dura a Seresto?

A coleira pode ser usada em cães com mais de 7 semanas de vida e sua duração é de 8 meses. Os princípios ativos começam a agir após 24 horas, já eliminando pulgas adultas e, em 48 horas, acabando com os carrapatos presentes no animal.

Na hora da troca, a recomendação é fazer a substituição seguindo à risca o primeiro dia de uso e o último após os 8 meses.

A coleira antipulgas Seresto está disponível em dois tamanhos:

Como colocar a coleira antipulgas?

Cachorro usando seresto

É bem simples colocar a coleira Seresto no cachorro, basta seguir o passo a passo abaixo:

O primeiro passo é retirar o acessório da embalagem e remover os conectores plásticos que estão presentes ao longo da extensão do produto.

Depois, coloque o acessório em volta do pescoço do pet, deixando dois dedos de diferença entre a coleira e a pele para não apertar demais e nem ficar larga. E, por fim, corte a sobra deixando 2 cm de espaço para sobrar uma ponta. Não se esqueça de limpar as mãos após a aplicação.

É possível usar o produto com outra coleira para cachorro e com roupinhas.

Pode dar banho com a coleira Seresto?

A Seresto é resistente à água e você não precisa retirar o acessório se o animal for entrar na piscina ou tomar banho. Caso os princípios ativos forem parcialmente removidos, logo serão substituídos e o cão estará protegido novamente.

Se você retirar a coleira por algum motivo, os efeitos voltam a funcionar entre 24 e 48 horas. 

Pode cortar a coleira Seresto?

Sim, você pode cortar a coleira de acordo com o tamanho do pescoço do animal sem se preocupar com a eficácia do produto. 

Para cães filhotes que ainda estão em desenvolvimento, o ideal é prender o acessório e cortar só depois, visto que o cão cresce e você terá que ajustar o tamanho de acordo com o pescoço dele.

Coleira para Leishmaniose

Embalagem coleira seresto

A Leishmaniose canina é causada pela picada do mosquito-palha e a coleira Seresto é responsável por inibir a presença desses vetores. A Flumetrina é o princípio ativo que mantém o transmissor longe do animal.

Esta é uma zoonose, ou seja, doença transmissível para humanos. Por isso é de extrema importância manter o pet protegido. Se verificar sintomas da leishmaniose, como perda de peso, diarreia, fraqueza, febre e tosse, leve seu cão ao veterinário para um exame de detecção.

Controle do ambiente para manter seu pet longe de pulgas e carrapatos

Os tutores precisam saber que parte dos parasitas estão presentes no ambiente onde os animais vivem e não no corpo do bichinho. Por isso, é importante manter a casa e os pertences do seu amigo bem limpos e protegidos.

Coleira Seresto Gatos

Gato com coleira antipulgas seresto

Assim como nos cães, a coleira antipulgas para gatos da Seresto protege o felino por até 8 meses de parasitas adultos, larvas e piolhos, e carrapatos. O produto também atua na prevenção da leishmaniose, afastando o vetor transmissor da doença, o mosquito, e protegendo o bichano.

O mecanismo de atuação da coleira é idêntico, assim como os princípios ativos, imidacloprida e flumetrina. Ela pode ser usada em gatos com mais de 10 semanas de vida e as únicas reações adversas observadas foram alergias.

De qualquer forma, o acessório não é oleoso nem solta pó, o que é ótimo para animais mais sensíveis como os gatos. O produto não é recomendado para felinos gestantes ou em lactação.

Agora que você tem todas as informações sobre a coleira Seresto, basta escolher a ideal para o porte do seu pet. Entre as vantagens do produto está a praticidade e segurança a longo prazo, já que o pet fica seguro por um período maior e você não precisa se preocupar.

Pulgas e carrapatos são parasitas que podem transmitir doenças, sem contar que suas picadas causam desconforto no pet que pode levar a feridas dependendo do grau da coceira. Ao invés de esperar uma situação de risco, proteja seu amigo desde o início.

Interessado em cuidar da saúde do seu pet? Leia mais artigos repletos de informações no nosso blog:

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário