Cachorro pode comer carne crua?

Compartilhar:


cachorro pode comer carne crua

Uma dúvida muito comum entre os tutores de animais de estimação é se o cachorro pode comer carne crua. O questionamento tem sido feito frequentemente nos últimos tempos por conta da domesticação do bichinho. Mas será que os cães perderam a capacidade de digerir esse tipo de alimento?

Se você busca a resposta para essa pergunta, saiba que o cachorro pode comer carne crua. Mas assim como a maioria dos alimentos oferecidos aos pets, é preciso redobrar os cuidados, uma vez que há certos riscos envolvidos.

Cachorro pode comer carne crua? Como servir o alimento ao pet?

O cachorro pode comer carne crua porque ele é um animal carnívoro. Os dentes dos cães possuem a forma ideal para ‘rasgar’ a carne e o organismo consegue digerir muito bem esse alimento. Isso acontece porque, antes da domesticação, os cães eram criaturas selvagens e dependiam da caça para comer na natureza.

Como carnívoros, os cachorros tinham outros animais como seu alvo favorito. Com o passar do tempo, eles começaram a ser criados pelos humanos, mas não perderam essas características.

Muitas pessoas acreditam que o bichinho não pode comer carne crua porque fica agressivo, porém essa história não procede. Sendo assim, o cachorro pode comer carne crua porque faz parte da sua natureza. Isso significa que o estômago e o intestino desse animal são próprios para o consumo do alimento nesse estado.

Os perigos de servir carne crua para seu cãozinho

O cachorro pode comer carne crua diante de algumas condições. O tutor precisa se certificar da procedência do alimento, a fim de evitar que o pet seja contaminado com doenças parasitárias. Uma das mais comuns é a salmonela, que pode trazer sérias consequências para o organismo do seu amigo de quatro patas.

Para prevenir esse transtorno, a recomendação é simples: não sirva a carne 100% crua ao cãozinho. Coloque o alimento por pouco tempo em uma chapa, pois assim você reduz o risco de que parasitas causem estragos à saúde do seu animal de estimação. A fim de obter o mesmo efeito, também é indicado cozinhar levemente a carne.

O cachorro pode comer carne crua, porém não é recomendado inserir vísceras de outros animais em sua dieta. Elas podem conter toxinas que, se consumidas a longo prazo, podem causar problemas de saúde. É preciso evitar especialmente as vísceras de bichos que tenham sido tratados com medicamentos, pois os resíduos são extremamente danosos ao pet.

A carne pode ter certa importância para a alimentação do seu animalzinho, mas a base da dieta deve ser sempre a ração para cachorros. O tutor jamais pode servir o alimento como a única fonte de proteínas do pet durante o dia.

Também é essencial que você procure um veterinário de confiança, visto que o especialista é a pessoa ideal para indicar a melhor alimentação para seu amiguinho de quatro patas e avaliar se ele pode, de fato, ingerir a carne crua.

Se você gostou do artigo do Blog da Cobasi, os temas abaixo também podem ser relevantes para você. Leia mais:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário