5 cachorros americanos que você precisa conhecer

Compartilhar:


A história da seleção das raças de cachorros é longa e aconteceu em quase todos os lugares do planeta, mas hoje vamos falar especificamente dos cachorros americanos.

Os Estados Unidos da América é um dos países mais ligados aos cuidados e à vida com os cães. Não por acaso, alguns dos grupos de criadores mais importantes do mundo são americanos como o American Kennel Club e o United Kennel Club.

Essa paixão pelos cães é herança da Inglaterra. Mas se a paixão pelos cães e pelo desenvolvimento das raças veio dos ingleses, foram as condições locais dos Estados Unidos que levaram ao surgimento dos cachorros americanos.

Como são os cachorros americanos?

As raças de cachorros americanos são muito diferentes entre si. Alguns surgiram para ajudar na caça, outros para proteger as casas , outros ainda para cuidar do gado ou até mesmo para puxar trenós na neve. E, claro, existem ainda as raças próprias para companhia.

De modo geral, poderíamos identificar as raças de cães americanos entre aqueles adaptados ao ambiente urbano e aqueles do campo. Para conhecer cada uma delas, vamos falar de 5 cachorros americanos que você precisa conhecer para ficar antenado no mundo dos canídeos:

Bulldog americano

Esse parente do Bulldog Inglês ainda mantém o vigor e a força daquela raça. Contudo, o focinho do Bulldog Americano é mais alongado e a estrutura do corpo também é melhor distribuída do que a do seu parente inglês. Isso faz com que essa raça seja mais saudável e atlética.

O Bulldog americano chegou nos Estados Unidos por volta de 1700 e desde então veio sofrendo mudanças que deram na raça como é hoje. No final da segunda metade do século XX, esse cachorro americano foi quase extinto, mas os criadores conseguiram recuperar alguns indivíduos.

Malamute do Alaska 

Especialmente adaptado ao frio, o Malamute do Alaska foi por séculos um dos principais responsáveis peltransporte das pessoas no Alaska.Aliás, foram os Inuits, os povos originários das regiões congeladas ao norte do continente americano, que selecionaram as características desse cachorro americano.

Acredita-se que eles tenham sido domesticados diretamente dos lobos, por isso o seu porte altivo e poderoso. Esta raça foi selecionada ao longo dos séculos para conseguir transportar cargas pesadas por grandes distâncias e em condições severas. Por isso é muito forte e enérgico. Precisa de espaço, bons passeios e, claro, um clima ameno.

Boston Terrier

O Boston Terrier veio do cruzamento entre um Boxer e o atualmente extinto Terrier inglês branco. E, claro, ele surgiu pela primeira vez na cidade de Boston. Pequeno e musculoso, as características do Boston Terrier selecionadas ao longo de gerações favoreceram os indivíduos mais fofos e menos brutos.

Porém, eles ainda conservam bastante da força e energia do Boxer e do Terrier Inglês. De todo modo, são muito brincalhões e excelentes cães de companhia, especialmente para famílias com crianças.

Cão Leopardo de Catahoula

Por fim, vamos falar desse cachorro americano que é um caso à parte. O pelo malhado e os olhos penetrantes já seriam o bastante para justificar a comparação do Catahoula com um leopardo, mas as semelhanças vão além.

Isso porque o Cão Leopardo de Catahoula, também conhecido como Catahoula Cur, é um exímio escalador de árvores e excelente caçador. Essa fera surgiu no estado de Louisiana e é um grande companheiro, embora o convívio com outros pets ou crianças pequenas possa ser um problema. 

Viu como os cachorros americanos são bem diferentes entre si? Se quiser saber mais dicas e curiosidades sobre o mundo dos cães, confira os posts que separamos abaixo especialmente para você:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário