Cuidados com o gato no inverno

4 de março de 2021

Gatos
Cuidados com o gato no inverno

Gatos são animais que naturalmente buscam lugares quentinhos e aconchegantes para se abrigar. Durante o inverno, esse comportamento se intensifica, então é importante ficar atento aos sinais que o seu felino possa dar de que algo não vai bem.

No caso dos gatos idosos e dos filhotes, a atenção precisa ser redobrada, pois eles são naturalmente mais vulneráveis. Vem com a gente descobrir quais são os principais cuidados com gato no inverno para garantir que seu felino passe tranquilamente pela estação mais fria do ano!

Cuidados com gato no inverno: uma cama bem quentinha é um ótimo começo

Uma cama bem quentinha é um ótimo começo

Sabemos que gatos podem dormir nos mais diversos lugares, mas no inverno é natural que eles procurem se acomodar naqueles que oferecem mais calor. Uma boa caminha, com cobertores, almofadinhas e bichinhos de pelúcia, que ajudem a manter o calor, é uma excelente ideia para manter seu bichano aquecido.

Caso queira disponibilizar mais de uma cama em locais diferentes da casa, uma caixa de papelão forrada com cobertores fofinhos é uma excelente alternativa. Seu gatinho vai adorar!

Cuidados com gato no inverno: doenças que atacam no frio

O inverno chega trazendo grandes possibilidades de contrair gripe ou desenvolver bronquite ou asma. Para proteger seu gatinho, mantenha suas vacinas em dia, assim como as consultas com o médico veterinário, e evite a todo custo que ele fique exposto ao vento, às chuvas, ou às correntes de ar gelado que entram pelas frestas da casa.

Um dos principais cuidados com gato no inverno consiste em manter as consultas com o médico veterinário em dia e ficar atento aos sintomas que podem ser um sinal de alerta importante, como tosse e espirros, olhos produzindo remelas, febre, falta de apetite, perda de peso e dificuldade para respirar.

Os riscos de acidentes com gato no inverno

Os riscos de acidentes com gatos no inverno

Como os gatos procuram lugares quentes para conservar sua temperatura corporal no inverno, eles podem se meter em algumas encrencas sem saber. Por isso, cabe à nós zelar pela sua segurança e bem estar, fazendo uma vistoria na casa e identificando locais que apresentam potencial risco para os bichanos.

Os principais pontos de atenção para ter cuidado com gato no inverno, nesse caso, são os aparelhos eletrônicos, os fornos e fogões e os carros. Vamos explicar melhor.

Os aparelhos eletrônicos quando utilizados produzem, naturalmente, um certo nível de calor que pode atrair os gatos a se encostarem neles. Quem nunca viu uma foto de um gatinho deitado sobre um computador, não é? O perigo acontece quando há um fio solto ou desencapado, ou mesmo quando o gato mastiga a fiação, correndo risco de choque.

Com os fornos e fogões, o calor fica armazenado durante um bom tempo após o uso. Certifique-se de que a tampa está travada e, se for necessário, impeça a entrada do gato na cozinha até que o equipamento esteja resfriado e não apresente mais risco de queimadura.

Com os carros, os riscos são ainda maiores, pois geralmente as pessoas não vêem os gatos. É comum que os felinos busquem o compartimento do motor para se aquecer, se escondendo embaixo do caput do automóvel. Para evitar que um gatinho morra por ficar preso ali depois que o motor for ligado, buzine ou bata no caput para que eles se assustem e corram. É um gesto simples que pode salvar vidas!

Curtiu o artigo? Temos muito mais esperando por você, confira: