Desmame de cachorro: veja como fazer da forma correta

Compartilhar:


desmame de cachorro

O leite materno nos primeiros dias de vida de um cachorro é essencial para sua saúde e bem-estar. Ele é quem vai garantir que o filhote possa se manter alimentado e com anticorpos  para ficar livre de doenças e possíveis baixas de imunidade. O desmame de cachorro, ou seja, a transição da alimentação com leite materno para comidas pastosas e sólidas, deve acontecer no tempo certo para que o animal possa se desenvolver corretamente. Hora de aprender mais sobre isso.

Quando acontece o desmame de cachorro

Nos cachorros, o desmame acontece a partir do primeiro mês de vida, quando começam a nascer os dentes dos filhotes. Logo, a mãe se encarrega de espaçar as mamadas, e o animal vai procurar outros alimentos para ingerir. No entanto, o processo acontece de forma gradual, tendo fim por volta das seis e oito semanas de vida do pet. A partir daí, os filhotes passam a optar cada vez menos pelo leite da mãe, o que influencia também para a secagem do leite da cadela.

No caso dos cachorros que ficaram órfãos e não conseguiram se alimentar com leite materno durante o primeiro mês de vida, com um desmame forçado, também tem solução. Você pode substituir pelos leites artificiais que possuem uma fórmula próxima ao leite materno das cadelas. Eles são capazes de oferecer os nutrientes necessários para o desenvolvimento do filhote. O leite deverá estar em temperatura ambiente e você pode oferecer com auxílio de uma mamadeira.

Como inserir alimentos na dieta de um filhote

Quando o desmame começar, o tutor precisa estar atento para inserir uma alimentação pastosa e sólida para o filhote. Aqui na Cobasi, você encontra diversas opções de rações úmidas e secas, papinhas para desmame, além de compostos especiais para cada fase do seu amigo. Para que não haja dúvidas e você não coloque a saúde do pet em risco, consulte um médico veterinário.

Na consulta, ele levará em consideração a raça, tempo de vida, histórico e até mesmo doenças pré-existentes para recomendar a melhor opção de alimentação. Durante os primeiros dias de transferência do leite materno para comidas pastosas e sólidas, você deverá acompanhar como o animal lida com alimento e se já consegue, sozinho, comer sem acidentes e maiores dificuldades. 

Aqui também é importante lembrar que o ideal para alimentação de qualquer pet é oferecer rações e suplementos pensados para cada espécie e idade. Soluções e alimentos caseiros podem ser perigosos para o seu pet, sobretudo para os que estão nos primeiros meses de vida. Opte sempre por produtos feitos especialmente para filhotes. 

Separamos mais informações sobre o mundo pet para você. Veja aqui:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário