Enraizador: o que é, vantagens e como usar esse fertilizante balanceado

Compartilhar:


enraizador

O enraizador, como o próprio nome sugere, é um produto utilizado para estimular o crescimento das raízes das plantas.

Também é um fertilizante balanceado e pode ser usado no replantio, na estaquia, na alporquia, na divisão de touceiras e em qualquer trato cultural que exija o desenvolvimento das plantas.

A formulação com macro e micronutrientes atua no enraizamento das plantinhas e auxilia na multiplicação das espécies vegetais.

Para ajudar, o Blog da Cobasi listou os métodos em que você pode utilizar o enraizador. Confira abaixo!

  • Transplantes
  • Implantação de jardins
  • Produção de mudas
  • Estaquia
  • Alporquia
  • Divisão de touceiras
  • Entre outros

Quais são as vantagens do enraizador?

O enraizador, além promover o crescimento saudável das plantas, tem muitas vantagens. O fertilizante evita a perda de mudas e ainda ajuda a proteger contra as mudanças climáticas.

Também existem opções de enraizador para plantas que são de fácil aplicação e que podem ser utilizadas até por leigos.

Como e quando usar o fertilizante balanceado?

A recomendação é usar o enraizador em tratos culturais que precisem das raízes favorecidas, como transplantes, estaquia, alporquia, implantação de jardins, produção de mudas e outros.

A forma e a dosagem da aplicação variam de acordo com o método escolhido. Existem técnicas que têm um menor grau de dificuldade.

A estaquia é, sem dúvida, a mais popular entre os processos de aquisição das mudas. O sucesso se deve à facilidade e praticidade na hora da implantação.

O conteúdo do enraizador costuma ser dissolvido na água, mas a quantidade indicada para o plantio pode depender da marca do fertilizante.  

Uma dica para não falhar durante o processo é separar o conteúdo já na quantidade certa e jamais guardá-lo, pois assim você evita o risco de contaminação fora da embalagem original.

Também não exagere na água ao regar a plantinha. Isso porque o excesso do líquido favorece a aparição de fungos e outros microrganismos, graças ao ambiente muito úmido.

Mas isso não significa que você deve descuidar com a água, tá? Não regar as mudinhas com frequência também pode ser um processo muito danoso.

A falta de água faz com que as plantas não se desenvolvam da maneira correta e o resultado pode ser bem frustrador.

Por isso, é superimportante regar a muda com frequência, mas sem exagerar, combinado? Outra dica valiosa é molhar a plantinha lentamente, mas não se esqueça de que esse é um processo que exige paciência, viu?

Você gostou do artigo do Blog da Cobasi sobre o enraizador de plantas? Confira abaixo outros temas que podem ser relevantes para você:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário