Gato com raiva: saiba os sintomas e como prevenir a doença

Compartilhar:


gato com raiva

A raiva é uma doença muito associada aos cachorros. Embora a incidência seja maior em cães, existem casos de gato com raiva. Infelizmente, os felinos também não estão isentos do problema e podem vir a óbito.

Essa zoonose (antropozoonose) é causada por um vírus do gênero Lyssavirus, da família Rhabdoviridae, que agride o sistema nervoso central. A enfermidade é motivo de bastante preocupação, sobretudo porque é letal na maioria dos casos.

Portanto, o tutor jamais deve descuidar da saúde do bichinho. Os gatinhos normalmente gostam de sair para passear e, por isso, ficam mais expostos ao contágio da raiva.  

Qual é a forma de transmissão do gato com raiva?

O gato com raiva geralmente é resultado de uma briga na rua. O pet pode ser infectado com a mordida de um animal doente. Outra forma de transmissão é a tentativa do felino de caçar bichos como morcegos e guaxinins, que também são capazes de passar o vírus.

Se você está se perguntando se gato transmite raiva para os humanos, saiba que essa é uma afirmativa verdadeira.

O gato transmite raiva, principalmente se o tutor for mordido pelo bichinho infectado. O contato da saliva do felino contaminado com o ser humano é perigoso nesse caso.

Como evitar a enfermidade?

Uma maneira simples de evitar gato com raiva é a vacinação. A taxa de eficácia chega a quase 100%, e seu amiguinho deve tomar a primeira dose ainda na infância, entre 3 e 4 meses de vida. Legal, né?!

A vacina da raiva para gato também precisa ser reforçada todos os anos. Portanto, não deixe de levar seu pet para receber o imunizante anualmente. Além de ser seguro, muitos estados oferecem a vacina antirrábica gratuitamente por meio de campanhas.

Outro ponto importante é acostumar o gato a ficar em casa. Isso porque os felinos que têm livre acesso à rua estão mais propensos a se envolver em brigas com animais. Além disso, infelizmente, eles ainda podem ser alvos de crueldade humana.

Os bichinhos que vivem na rua, como estão em contato com outros pets, ficam extremamente expostos a doenças contagiosas (como é o caso da raiva).

Quais são os sintomas mais comuns da doença?

A mudança de comportamento é típica em felinos com a enfermidade. O animal infectado pode apresentar agressividade e outras manifestações clínicas.

Além disso, há a possibilidade de o seu amiguinho ter sintomas como salivação em excesso, estrabismo (os olhos não conseguem fixar na mesma direção ao mesmo tempo), espasmos e tremores, convulsões, isolamento, entre outros.                                           

Como tratar casos de gato com raiva?

gato com raiva

Infelizmente, não existe tratamento para o gato com raiva. Esse é um mal que, quando identificado, costuma estar em estágio avançado, com o animalzinho já muito doente. Sendo assim, é crucial ter atenção à saúde do seu amigo de quatro patas. A adoção responsável é essencial, tá?

Também só é possível confirmar o diagnóstico após a morte do pet. A expectativa de vida do gato com raiva geralmente é de três a sete dias (depois da manifestação dos sintomas iniciais).

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

1 Comentário

  1. Ivete disse:

    Amei essa Matéria.

Deixe o seu comentário