Vacina para gatos: conheça o calendário de imunização felina

Compartilhar:


vacina para gatos

A vacina para gatos é uma das mais importantes formas para prevenir doenças. Por isso mesmo é um dos temas que mais gera dúvidas para os tutores de felinos.

Quais vacinas o gato deve tomar? Precisa imunizar o pet todo ano mesmo quando ele não sai de casa? Elas oferecem riscos? Confira o calendário de imunização felina e tire todas as suas dúvidas aqui!

Por que a vacinação em gatos é importante?

As vacinas são responsáveis por manter os gatos e até a sua família protegida de diversas doenças. Criados a partir de fragmentos ou vírus e bactérias inativados, os imunizantes estimulam a criação de anticorpos pelo próprio corpo do animal.

Dessa forma, essas células de defesa reduzem os efeitos ou impedem que o pet contraia doenças, algumas delas zoonoses. Ou seja, enfermidades que podem contaminar humanos e colocar você e sua família em risco. Vacinar é uma forma de proteger seu pet, sua família e acabar com doenças perigosas.

Além de levar seu pet no veterinário para aplicar a vacina para gato, é importante seguir o calendário de vacinação corretamente. Só assim seu gato estará protegido e saudável.

Calendário de vacinação de gatos

Assim como acontece com a gente, os gatos também têm um calendário de vacinação que deve ser seguido para garantir a imunização adequada. Entretanto, o protocolo vacinal pode variar de acordo com o médico-veterinário responsável e a idade do animal.

Protocolo de vacinação para gatos filhotes e adultos

Quando filhotes, os gatos se alimentam a partir do leite materno, uma importante fonte de nutrientes, vitaminas e anticorpos. Por possuir uma carga alta de anticorpos prontos, o leite é age como imunizante primeiros dias de vida do gatinho. 

Contudo, quando o gatinho cresce e passa pelo desmame, os anticorpos vão se desgastando e ele pode ficar exposto aos vírus e bactérias ao seu redor. Por isso, a melhor forma de garantir que o pet tenha uma vida saudável e sem riscos, é vacinando corretamente.

Normalmente, o protocolo de vacinação para os gatos começa entre 45 e 60 dias de vida e algumas vacinas podem ser aplicadas mais de uma dose. 

Tabela de vacinas para gatos filhotes

IdadeVacinaDoenças prevenidas
60 diasPrimeira dose – V3, V4 ou V5Panleucopenia, calicivírus, rinotraqueite e outras
85 diasPrimeira dose – FeLVLeucemia Felina (FeLV)
90 diasReforço – V3, V4 ou V5Panleucopenia, calicivírus, rinotraqueite e outras
105 diasReforço – FeLVLeucemia Felina (FeLV)
120 diasDose única antirrábicaRaiva
AnualV3, V4 ou V5; FeLV; AntirrábicaPanleucopenia, calicivírus, rinotraqueite e outras; Leucemia Felina (FeLV); Raiva
Este é um protocolo é bastante comum, mas os veterinários podem indicar outros. Siga a orientação do seu profissional de confiança.

A vacinação só deve ser feita por um médico-veterinário. Apesar da aplicação em si ser bastante simples, é importante ter diversos cuidados antes de imunizar o pet, como vermifugação prévia e exames. É fundamental a realização do teste de leucemia e imunodeficiência antes da aplicação da vacina contra FeLV.

Quando o pet se torna adulto o protocolo de vacinação muda e são necessários apenas reforços anuais.

Quais são as vacinas que os gatos devem tomar?

gato sendo vacinado
Até a aplicação varia de um veterinário para outro. Alguns profissionais recomendam que a vacina seja aplicada na perna do animal.

As principais vacinas para os gatos são a antirrábica e as vacinas polivalentes, ou seja, V3, V4 ou V5. Elas são responsáveis por proteger os felinos de doenças que podem matar.

Veja detalhes sobre elas e outras vacinas pets abaixo:

Vacinas polivalentes: V3, V4 e V5

As vacinas polivalentes são muito importantes para manter o gato saudável e livre de doenças perigosas. Elas são encontradas com os nomes de V3, V4 e V5 e a diferença entre elas se dá pela quantidade de antígenos que cada uma delas contém e, consequentemente, quantas doenças elas previnem.

Sendo assim, a V3 protege o felino contra 3 tipos de doenças, a V4 contra 4 tipos de doenças e a V5 contra 5 tipos de doenças felinas. Mas qual é a melhor vacina para gatos? Apenas o seu médico-veterinário pode dizer!

Conheça mais sobre cada uma delas:

Vacina V3 para gatos

Também conhecida como vacina tríplice ou trivalente, ela protege o animal contra panleucopenia, calicivirose e rinotraqueíte. Ou seja, ao tomar esta vacina, o felino fica protegido contra doenças respiratórias, doenças do sistema digestivo e sanguíneas. 

Vacina V4 para gatos

A vacina quádrupla ou simplesmente vacina V4 protege o pet contra panleucopenia, calicivirose e rinotraqueíte e também a clamidiose, uma doença que afeta o sistema respiratório dos gatos e os olhos.

Vacina V5 para gatos

A vacina quíntupla felina protege os gatos contra panleucopenia, calicivirose, rinotraqueíte, clamidiose e contra a leucemia felina. Mais conhecida como FeLV, essa doença tem grandes índices de mortalidade e é muito comum.

Nem todos os gatos podem receber esta vacina V5. Gatos que possuem o vírus da leucemia felina não podem receber esse imunizante. A doença é silenciosa e, por isso, é fundamental fazer o exame de FIV e FeLV antes de aplicar a vacina contra FeLV no seu gato.

Vacinação contra raiva para gatos

A Raiva é uma doença praticamente erradicada no Brasil e isso só foi possível por causa da ampla imunização dos animais de estimação. A vacinação da raiva é muito importante para cães e também gatos, mesmo aqueles que nunca saem de casa.

A raiva é uma doença séria e possui uma taxa de mortalidade altíssima. Além disso, esta doença é extremamente contagiosa e pode passar tanto para os animais, quanto para os humanos, sendo considerada uma zoonose.

O ideal, é que a vacina contra raiva para gatos seja aplicada com 12 semanas de vida, após a última dose da vacina polivalente. São necessários reforços anuais em gatos adultos.

Vacina para gatos: preço

vacinação em gatos

O preços das vacinas para gatos pode variar e muito! Tudo depende do tipo de vacina, do fabricante, da localidade e do preço definido pela clínica veterinária.

Vacina V3R$85 – R$150
Vacina V4R$85 – R$150
Vacina V5R$150 – R$200
Vacina antirrábicaR$50 – R$150
Os preços das vacinas variam bastante. Consulte o valor na sua clínica de confiança.

Levar seu pet para tomar vacina de gato uma vez por ano é muito importante para manter a saúde e aumentar a expectativa de vida dele. Nunca faça a imunização por conta própria ou em casas de ração. É fundamental que um profissional avalie o pet antes de aplicar os imunizantes. Quem ama, vacina!

Reações mais comuns às vacinas de gatos

Apesar de raro, alguns gatos podem apresentar reação após tomar algumas vacinas. No entanto, os sintomas tendem a ser leves e passar em torno de algumas horas. 

Os sintomas mais comuns após a aplicação das vacinas de gatos são:

  • Dor e inchaço na região da aplicação;
  • Coceiras pelo corpo;
  • Dificuldades respiratórias;
  • Vômitos ou diarreia;
  • Falta de coordenação;
  • Falta de apetite;
  • Sede;
  • Sonolência.

Caso os sintomas persistam, retorne com o animal ao veterinário que aplicou as vacinas. Desta forma, ele poderá indicar o tratamento ideal para a situação. 

Vacina anti-cio

Apesar de ainda ser muito usada, a vacina para gato não pegar cria é, na verdade, uma injeção hormonal extremamente perigosa. Os riscos são vários e vão desde infecções até a formação de tumores malignos. Ou seja, a vacina para cio de gato pode causar câncer.

Caso queira evitar que a sua gata fique prenha ou entre no cio, procure seu veterinário de confiança e avalie realizar a castração. O processo é cirúrgico, mas muito simples e que evita diversas doenças.

Agora que você já sabe tudo sobre vacinas para gato, procure o seu médico-veterinário de confiança e atualize a carteirinha de vacinação do seu pet! 

Ainda tem dúvidas sobre vacinação? Deixe a sua pergunta nos comentários.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário